Perseguição Digital - Loraine Pivatto

Sinopse: Em Perseguição Digital, Joana vive o doloroso processo de reconstrução emocional, após o rompimento inesperado de uma relação afetiva. Muito abalada pela dor da rejeição e sem encontrar nenhuma explicação convincente para a atitude de seu amado, ela resolve virar o jogo, deixando de ser uma espectadora impotente e passando a tomar o controle da situação. Esperta e ardilosa, age como uma verdadeira 007 de saias, utilizando a tecnologia e o conhecimento computacional como valiosos aliados para rastrear os passos de Fernando. E assim, a cada nova descoberta, vai desvendando os mistérios e obtendo as tão esperadas respostas às perguntas que a atormentam. (Skoob)

Fazia três meses que Joana viu Fernando sair pela porta de casa. Ele a havia abandonado sem o menor remorso, sem nenhuma satisfação. E, para ela, aquilo não fazia nenhum sentido, já que até então tudo parecia tão bem entre eles... E o tempo não parecia estar curando tudo, como dizem.

Quem nunca sofreu por amor? Há uma fórmula para superar isso? E se você não quiser exatamente superar?

Joana encontrou sua fórmula. Por meios nem tão lícitos ou éticos, ela encontrou uma forma de estar perto de seu amor. Seria mesmo tão errado olhar - e apagar - recados da caixa postal? Ler o e-mail de Fernando e, às vezes - por que não? - responder por ele? Ela só queria entender por que ele estava agindo daquela forma, por que não dizia ao menos o que aconteceu para mudar tanto.

A perseguição silenciosa não era, entretanto, tão benéfica para Joana. Saber cada detalhe do dia-a-dia do homem que amava, inclusive aqueles que mulher nenhuma gostaria de saber, a fazia sofrer cada vez mais. Mas era impossível deixar de perceber o amor e o desejo no olhar de Fernando cada vez que se encontravam. E, entre tudo, isso era o que mais a deixava confusa.

"Joana lembrava de todos os detalhes e palavras ditas naquela noite. Lembrava de todas as vírgulas, olhares e suspiros.
'Joana, tente aceitar. O nosso amor acabou. Não há mais sintonia entre nós. Eu não me sinto feliz, preciso de uma nova vida, conhecer outras pessoas, sinto-me sufocado ao seu lado.'
Como posso aceitar isso? Como acabou? Para mim nada acabou. Tudo continua no mesmo lugar de sempre, meu sentimento por ele é o mesmo, ou melhor, é a cada dia maior, é tão grande que quase nem cabe dentro de mim. Como ele pôde falar do nosso amor assim, com tanto descaso, como se fosse um sapato velho que você usa até furar a sola e depois joga no lixo, vai na loja e compra outro?" (Pág. 15)

Desde que li a sinopse do livro, me encantei pela história. Era realmente uma trama bem diferente de tudo que eu já tinha lido, e minha curiosidade ficou aguçadíssima. Mesmo assim, fiquei muito surpresa - de forma positiva, claro - quando me vi completamente absorvida e presa pelo livro. Não significa que tenha me identificado pelos personagens, mas os compreendi, e isso foi mais que o suficiente.

No início do livro, Joana se sente vazia. Mesmo após três meses sozinha, não é menor a falta que sente de Fernando. Cada respiração sem ele parece um tormento sem fim, e isso vai fazendo com que ela perca qualquer noção de realidade. Eu a definiria, neste momento, como surtada, o que percebi logo na primeira cena. E toda essa tristeza acabou com qualquer resquício que poderia ter de amor próprio. Joana implorava por Fernando a cada encontro, e só não digo que se humilhava pois ele acabava correspondendo.

Mesmo com suas atitudes singulares, foi impossível não imergir na montanha russa emocional de Joana. Chorei e ri com ela, amei e odiei. Não concordava com o fato de ela correr tanto atrás do Fernando, ou ainda de não se importar com os erros que ele cometeu, querendo apenas tê-lo ao seu lado. Sentia que ela estava se anulando, independente das razões que tinha para achar que ele ainda a amava. Percebi como é tênue a linha entre determinação e obsessão, e a personagem ora estava de um lado, ora de outro.

Eu odiei e amei Fernando. Não há como explicar isso, mas é mais ou menos como amar alguém que nos faz sofrer. Gostei muito também do fato de ter sido abordado o tema adoção, principalmente quando se refere a crianças mais crescidas.

A linguagem utilizada por Loraine não tem nada de sofisticada e é, por vezes, até mesmo coloquial, o que não reduziu em nada a riqueza do texto. Apesar de ter lido algumas críticas nas resenhas do skoob, eu gostei muito do fato de a autora intercalar as narrações em primeira e terceira pessoa. Essa ferramenta nos permite visualizar o que todos os personagens pensam de suas vivências, mesmo que a narrativa tenha Joana como foco principal. Outro ponto que me agradou foram os títulos dos capítulos, que brincam com os ditados populares os inserindo em perspectivas da informática.

É uma história bela, que vale muito a leitura. Só tenho a agradecer à Loraine que me disponibilizou seu livro. Fiquei encantada com o trabalho da autora, desejo mais e mais sucesso daqui para frente.
j
j

31 comentários:

  1. A história parece interessante mesmo! E a temática é bem atual, né? Pior que deve ter gente que faz isso mesmo...

    Fiquei curiosa para ler!

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Só leio resenhas positivas desse livro. Os autores nacionais estão arrasando...
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oii Ju. Já tinha visto esse livro e as resenhas que tinha lido, não me empolgaram de maneira nenhuma. Sua resenha me deu um novo vislumbre do livro.

    É realmente complicado separações mal resolvidas, na qual não temos certeza do pq do fim. Acho que isso foi o que mais atormentou a Joana, né?

    Beijos,
    Mah | Livro e Coração

    ResponderExcluir
  4. Achei bem interessante a história e fiquei louca para ler!

    Gabi

    ResponderExcluir
  5. Oi Julia!
    Quando vi a capa, achei que fosse algum suspense. Então li a sinopse, percebi meu engano e vi que a capa faz todo o sentido com a história! Quase seria uma boa escolha pro "Parece, mas não é"! Hehe...

    Esse me pareceu ser o tipo de livro que dá agonia enquanto lido. Só de ler a sinopse eu já imaginei o sofrimento de Joana e senti aquela vontade de dizer pra personagem "Não faça isso!"
    Acho que, como você disse, esse deve ser um livro em que é possível e necessário compreender as personagens mais do que se identificar ou concordar!

    Gostei da sua resenha, deu pra passar uma boa noção do que o livro parece ser e do que você achou dele!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro. Achei super interessante a história.
    E achei bacana até o fato de vc amar e odiar o personagem, quer dizer que ele é bem construído.
    Quero ler.
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Ei Julia!

    Ainda não li o livro, mas já gostei pelo fato dele despertar vários tipos de emoções.
    Parabéns pela resenha ^^

    Bjins

    ResponderExcluir
  8. Já li este livro e gostei bastante
    O misterio que a escritora coloca por causa da separação é muito bom
    Além de nos ensinar muitas coisas
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Júlia!

    Acabei de ler a sua resenha e fico muito feliz que tenha gostado e se envolvido tanto com os personagens. Isso só me incentiva a continuar escrevendo. Obrigada pelo espaço no seu blog e por todo o seu carinho e atenção. Grande beijo, Loraine

    ResponderExcluir
  10. Ah, e parabéns pela resenha, que ficou muito bem escrita. Você conseguiu expressar bem os seus sentimentos com a leitura. Continue sempre escrevendo resenhas tão boas como essa. Bjos

    ResponderExcluir
  11. Pelo o que li na resenha, a história parece ser bem diferente. Fiquei curiosa apesar de desconfiar que essa personagem principal do livro é meio doida rss =P

    teh mais

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha!
    Fiquei super na curiosidade de ler esse livro agora!
    Preciso ler haha, achei super interessante e o tema é bem diferenciado.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Bem...esse é um livro que eu acho que não leria, pelo menos agora, haha! Essa temática é bem "forte", especialmente para mim nesse momento. Entendo o que uma mulher sente quando é "abandonada", aquela vontade de voltar a fazer parte da vida da pessoa que a gente ama e tudo mais. Mas acho que não dá para julgar alguém que age assim, mas também sei que não faria nada do gênero. É algo extremamente difícil de se passar...e de se controlar. Acho que quando eu estiver em um momento "mais alegre", ler algo do gênero poderia me fazer bem, até, já que fiquei curiosa para saber do final, haha! Mas tudo tem o seu momento. E legal que a obra é brasileira...mais um bônus!

    Beijo!!

    ResponderExcluir
  14. Hey (:
    Esse livro parece ser muito legal, faz um tempinho que estou querendo ler, mas não está naquela lista dos que eu preciso comprar urgentemente UAHSUUS Adorei a resenha (:

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  15. Julia,
    Quando li a sinopse desse livro, fiquei imaginando que essa Joana deveria ter um bom motivo para insistir tanto no tal do Fernando. Acho que a autora passa uma noção do que é o amor mesmo, dos limites que ele é capaz de transpor, da saudade... A protagonista definitivamente não concorda com aquela história de quem ama, liberta. haha
    Sinto que há algo subentendido entre eles, algo que o faz amá-la, embora a tenha abandonado, algo que ela sente estar ocorrendo com ele, algo que não a deixou desistir.
    Gostei muito da sua resenha, bem discutida e explicada. Realmente me convenceu =)

    Beijinhos,
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  16. A capa lembra um pouco de suspense, nao parece ser o q realmente é....rs
    Gostei, parece ser lega...

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Julia, eu já li várias resenhas sobre esse livro e todas falam muito bem dele. Porém, ainda não tive a curiosidade de lê-lo.
    Talvez um dia eu mude de ideia.=)

    Beijocas e linda semana pra vc!

    ResponderExcluir
  18. Oi Julia!
    Pelo que você contou da história, parece bem interessante e real. Aposto que tem muita gente por aí que fica bisbilhotando os emails e redes sociais dos parceiros...
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  19. Fiquei curiosa tbm, me parece ser um bom livro :)
    Gostei bastante da capa, retrata bem o titulo ^^

    Beijos,Pam
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Nossa, parece muito bom!
    É muito legal ver o trabalho de uma autora brasileira, pois geralmente só divulgam o trabalho de estrangeiros, e o Brasil tem muito pra mostrar!
    Participando da promoção e torcendo muito pra ganhar! rs

    ResponderExcluir
  21. Oi Ju :)
    Sempre tive vontade de ler esse livro! O tema abordado desperta muito minha curiosidade! Fiquei muito curiosa para ler agora!
    Sua resenha ficou excelente! Quero muito ler esse livro!
    Obrigada pela visita e pelo comentário!
    Tem post novo no blog: Promoção 6 meses
    Passa lá :)
    Beijos, Nath
    @brgnat
    Books in Wonderland - http://www.booksinwonderland.com

    ResponderExcluir
  22. Ah, confesso que não gosto muito dessa capa, não sei porque :s Porém tenho muito vontade de lê-lo. Estava participando de um book tour que continha esse livro, mas infelizmente tive que sair, no entanto espero poder lê-lo em breve. Quanto a sua resenha, adorei, ficou ótima.

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  23. Ei Julia,

    Eu já li e gostei muito, não fiquei muito fã do Fernando e me irritava ela correr tanto atrás dele rsrs. Mas depois as coisas se explicam e tal ne rs

    bjos
    Nanda

    ResponderExcluir
  24. Adorei a sinopse! O livro parece ter uma história linda e triste ao mesmo tempo.
    E a resenha está ótima você conseguiu trasmitir o que sentiu ao ler o livro. Fiquei interessada em ler.
    Beijos.

    Books E Desenhos

    ResponderExcluir
  25. Oi Julia!

    A May já leu esse livro no BT e gostou bastante também da história. Eu tenho uma certa curiosidade, confesso, mas ainda não me empolguei a ponto de querer comprar, sabe? Vamos ver um dia... rs

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  26. OI Ju!

    Eu gosto de livros q mexam com meus sentimentos. Gostei de saber que esse permite o leitor se envolver ao ponte de chorar e rir.

    Sempre tive vontade de ler esse livro, agora então... a curiosidade voltou multiplicada por 2.

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  27. Oi Julia! :D

    Eu só vi esse livro uma vez, e mesmo assim foi só a capa mesmo; essa é a primeira resenha que leio. Gostei muito do quote, da sinopse e da sua resenha. Fiquei muito curiosa pra ler o livro, porque achei o enredo diferente dos que venho lido ultimamente!
    Gostei também do fato da narração ser intercalada entre 1° e 3° pessoa, porque eu prefiro livro narrados em 1° pessoa, mas em 3° pessoa da uma visão mais geral.
    Fiquei com vontade de ler, sua resenha me prendeu. ^^

    Bjuu'

    ResponderExcluir
  28. ei Ju,
    nunca li esse livro, mas confesso que ele me atrai bastante.
    Ainda vou querer ler e espero não me decepcionar. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  29. Oi Julia sempre tive muita curiosidade de ler esse livro, a história parece ser bem diferente e absorvente.

    Espero poder ler em breve e curtir muito.
    Xero.

    ResponderExcluir
  30. Oi Julia, nossa. Eu li o livro e também fiz resenha dele, mas a sua realmente mexeu comigo. Tu escreve muito bem, eu ainda estou aprendendo!
    Fiquei até querendo ler novamente o livro. ;)

    http://www.tocporleitura.com/

    ResponderExcluir
  31. Oi Julinha, eu já li o livro e assim como vc tbm me encantei pela historia.
    [E tão envolvente, tao linda, tao emocionante!!
    Eu chorei e sorri.. ameei demais!!
    Vc já viu minha resenha dele? http://rapha-doceencanto.blogspot.com/2011/06/perseguicao-digital-loraine-pivatto.html

    Parabens pela belissima resenha!!

    Beeijão
    Rapha - Doce Encanto

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.