A Janela de Overton - Glenn Beck

Fonte da Imagem: Mademoiselle Loves Books
Sinopse: Um plano para destruir a America, há centenas de anos sendo planejado, está prestes a ser colocado em prática. Uma poderosa técnica chamada Overton Window que pode modificar nossas vidas, nossas leis e nosso futuro. Ela funciona manipulando a percepção pública para que nossas ideias pensadas anteriormente pareçam ser radicalmente aceitas. Mude a Janela e mude o debate. Mude o debate e mude o país. Para Noah Gardner, um executivo de Relações Públicas com 20 e poucos anos, é seguro dizer que a teoria política é a única coisa em sua mente. Inteligente, solteiro, bonito e isolado dos problemas do mundo com a riqueza e o poder de seu pai, Noah é muito mais preocupado com o futuro de sua vida social do que o futuro de seu país. Mas tudo isso muda quando Noah encontra Molly Ross, uma mulher que é consumida pelo conhecimento de que a América que conhecemos está prestes a ser perdida para sempre. Ela e seu grupo de patriotas se comprometeram a recordar o passado e lutar por um futuro, mas Noah, convencido de que são apenas teorias de conspiração erradas, não está interessado em emprestar suas habilidades consideráveis para a sua causa. E, então, o mundo muda. Um ataque sem precedentes sobre o solo dos E.U.A. sacode o país para o núcleo e coloca em movimento um plano assustador, décadas sendo formulado, para transformar a America e demonizar todos os que se interpõem NO caminho. Em meio ao caos, muitos não sabem a diferença entre a teoria da conspiração e conspiração realidade ou, mais importante, em qual lado lutar.Mas para Noah, a escolha é clara: Expor o plano, revelando os conspiradores por trás dele, é a única maneira de salvar tanto a mulher que ele ama quanto sua liberdade. (Skoob)
BECK, Gleen. A Janela de Overton. Novo Conceito: 2011, 384 p.
 
Um plano para acabar com a atual estrutura política e econômica dos Estados Unidos e do mundo vem sendo articulado há muito tempo, e seu apogeu se aproxima. A Janela de Overton, mecanismo utilizado para medir o grau de aceitação dos cidadãos em relação a determinadas idéias, está se movendo para o lado que eles desejam. Uma idéia, que normalmente se pensaria absurda, pode se tornar aparentemente plausível diante de uma situação de ameaça. Mas essa ameaça seria real?

Noah Gardner, filho de um poderoso homem das relações públicas, sabe muito bem que grande parte de acontecimentos "inesperados" e "imprevisíveis" nem sempre podem ser classificados assim. É essa a função das relações públicas: fazer com que todos pensem conforme se deseja e o que importa para a empresa que realiza o trabalho é apenas quem paga.

Tal situação é plenamente aceita por Noah, até que ele conhece Molly. No início, ele não vê futuro no que ela e seu grupo pretendem alcançar, mas começa a conhecer o outro lado da moeda e a perceber que nem tudo é como acreditava ser...

A Janela de Overton, de Glenn Beck, pode ser sintetizado e definido em uma palavra: conspiração. O que está por trás dos acontecimentos e desastres mais "incontestáveis" de nossa história? Quem, afinal, nunca ouviu uma teoria da conspiração sobre o que realmente teria acontecido em 11 de setembro? E é a partir desse tipo de idéia o autor começa a tecer uma teoria da conspiração muito maior, sobre planos de modificar todas as bases da sociedade como conhecemos, desde o sistema de produção à forma de governo.

"- [...] Sempre existiram apenas quatro tipos de pessoas no mundo: os visionários, que escolhem a rota, e somos muito poucos; os gananciosos e corruptíveis, que são úteis, porque fazem qualquer coisa em nome do lucro a curto prazo; os revolucionários, um bando de pensadores retrógrados e violentos cuja única missão é atravancar o caminho do progresso; e as massas [...].
Eles são bem mais numerosos que nós e se multiplicam a cada dia. [...] E no meio dessa superpopulação, que está inchando o mundo além do ponto de ruptura, não há muitos Mozart, Einstein, Pascal, Salk, Shekespeare ou Geoge Washington. São uns comilões inúteis e retardados mentais, que estão esgotando a capacidade do planeta."

Irrefutável dizer que Glenn Beck nos traz muito assunto no que pensar, principalmente quando tais teorias têm seus principais fundamentos baseados em fatos. O autor, inclusive, traz uma lista, nas últimas páginas, de sites e livros que comprovam vários acontecimentos e idéias apontadas no texto, citando, contudo, tanto no prólogo quanto no epílogo, que os fatos são verídicos, mas foram colocados de forma a dar corpo ao enredo. Glenn Beck deixa a nós a incumbência de decidir o que é real e o que é ficção, mas nos desafia a pesquisar e a buscar respostas.

Particularmente, ainda esperava mais do livro. Mesmo que a leitura tenha sido muito agradável, não fiquei surpresa nem fascinada com qualquer detalhe do livro. Um detalhe que me deixou mais consternada é que talvez tenha ficado desapontada com a crueldade de um determinado personagem no fim do livro, mas isso já vinha sendo apontado durante a história toda, e eu só não queria acreditar que alguém fosse mesmo capaz disso.

Molly é o tipo de personagem que gosto, nem mocinha demais, mas longe de ser vilã; determinada na medida certa e bem esperta. Noah, entretanto, não me agradou; apesar de ser um tipo atraente, era um tanto ingênuo para quem conhecia tantas coisas, mas talvez isso acontecesse em virtude de ele se sentir protegido por toda a influência do pai.

Mesmo assim, é um livro que vale ser lido, por trazer um outro ponto de vista em relação aos acontecimentos e à política como um todo. A editora Novo Conceito caprichou na capa e as letras são grandes, então o tamanho do livro engana um pouco, pois pode ser lido rapidinho.

j
j

26 comentários:

  1. Ah, confesso que adoro a capa desse livro, porém o tema em geral tratado não é um dos meus preferidos, confesso que não o leria, no entanto adorei a sua resenha, foi bem objetiva :D

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  2. Estou doida para ler esse livro Ju, ele chama bastante minha atenção mesmooo.
    Já li resenhas não muito positivas sobre ele, mas mesmo assim sou curiosa para conhecer. rsrsrs.
    Gostei muito da sua resenha, quando ler o livro vou ler com "os pés no chão". ^^


    beijos.

    Lu - http://www.leiturasedevaneios.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Julia!
    Ahh, estou louca pra ler esse livro. Mas agora tô um pouco sem tempo por causa das provas, seminários e etc. D:
    Mas sua resenha serviu pra aumentar minha vontade de lê-lo.
    Gostei do quote, e dos detalhes que você informou!
    Parabéns pela resenha!

    Bjuu' ^^

    ResponderExcluir
  4. O livro não faz meu estilo, mas confesso que fiquei tentada a lê-lo.
    Quem sabe?

    Beijos e parabéns pela resenha.

    Bia | Blog Livros e Atitudes

    ResponderExcluir
  5. Oi Julia!
    Sou doida pra ler o livro e adoro quando essas idéias de conspiração são fundamentadas em fatos reais, sempre nos deixam com aquela dúvida sobre até que ponto a história é uma ficção.
    Pena que não é tão surpreendente!
    Quando ler, digo o que achei ;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Estou curiosa em relação a este livro
    A tematica me parece otima e não da pra não ler
    E sempre estão falando bem
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Ju!
    Adoro essa capa gente!

    E sou super curiosa por esse livro, acho a ideia beem interessante. E as resenhas que leio me deixa cada vez mais curiosa.

    O tamanho do livro engana? Sabe que eu sempre achei que ele fosse grosso.

    beijos
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  8. Julia quero muito ler esse livro, a resenha me deixou bem interessada (antes eu não estava).

    Essa capa é realmente muito linda.

    Beijos -glowofthemoonlight-

    ResponderExcluir
  9. Hey, Julia!

    Embora não seja o meu estilo de livro, esse parece ser bem legal. Talvez um dia eu leia. :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Ei Julia!

    A capa é mesmo linda! A NC está arrasando neste quesito.

    Confesso que não me empolguei com a história. Acho que este livro deixarei passar ;)

    Bjins

    ResponderExcluir
  11. Oi Julia, ainda não li este livro,mas lendo sua resenha confirmou em mim o desejo de não ler. Motivo estritamente pessoal, esses americanos tem uma paranoia em autodestruição, que peloamordeseus!!! acaba que eles tiveram uma desgraceira por lá! Imagina, todo que poderia acontecer de ruim neste mundo eles colocam lá e perincipalmente em NY, nossa!
    Desculpa!!!
    Mas sua resenha está ótima, bju

    ResponderExcluir
  12. Acho que todo mundo põe tantas expectativas em cima deste livro, que as vezes pode desapontar no fim. Mas também, cada um tem um gosto né!
    Mesmo assim, morro de vontade de ler.

    Beijos,
    Abrigo Literário.

    ResponderExcluir
  13. Tirando que tem tipo um glossário no final né, isso engana também. Tô bem no finalzinho desse livro e tô AMANDO *_* sou suspeita pra falar, porque amo esse tema haha
    Amei a resenha Juh
    Beijos
    Bruna
    www.desbravandohistorias.com.br

    ResponderExcluir
  14. Ei Julia,

    Acho a capa muito linda, a NC tem arrasado no trabalho visual. Este não tenho muita vontade de ler, a trama não me empolga muito.

    As resenhas vejo muita gente elogiando muito e outros que não gostaram rs. Fiquei curiosa para saber o que o tal personagem fez no final kkk

    bjos
    Nanda

    ResponderExcluir
  15. Oi Ju (:
    Tenho curiosidade em ler esse livro, parece ser bom. Não tenho muitas expectativas, tenho medo de me desapontar UASHAUHS Isso sempre acontece Q Enfim, ótima resenha.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  16. Ei, Julia!
    Tenho esse livro aqui em casa e cheguei a ler umas 50 páginas e desisti. O tema não é um dos meus preferidos e, na epoca, eu não tava muito no clima para politica e teorias de conspiração. Quem sabe mais para frente eu o pegue para ler. Boa resenha, ressaltou pontos importantes. :)

    Beijos
    Mulher gosta de falar

    ResponderExcluir
  17. Oi Ju! ^^
    Nossa, eu to querendo tanto ler a Janela de Overton.. parece ser MUITO bom! Mas fico meio com o pé atrás as vzs, eu adoro essas coisas de conspiração, mas tem umas coisas que acho forçadas e tenho medo de nao curtir o livro e ter que ler até o fim :( rs Mas pela sua resenha, parece bom mesmo ^^

    Beeeijos, nanda
    www.julguepelacapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Eu não li o livro, poderia ler, mas a sinopse não me atraiu muito. A capa ta bem legal,talvez lendo até goste..

    Bjs
    ^^

    ResponderExcluir
  19. Esse é um dos livros que eu quero ler, essa coisa de conspiração sempre me atraiu e eu adorooooo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Eu quero muito ler este livro, principalmente pelo que ele trata e pela capa que é lindona! A resenha ficou ótima, direta e no ponto!

    Beijos!
    http://pronomeinterrogativo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos perídos mais
    marcantes da vida. Mais o que o adolescente pensa disso?
    (sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Blog de uma adolescente"

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog segue lá,
    ficarei muito feliz. Desde já obrigada;
    tenha uma ótima semana, beijos.

    ResponderExcluir
  22. Gostei da sinopse do livro, bem interessante.
    Me interessei a ler,
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Oi Julia!
    Eu gostei da tematica do livro. Mesmo não tendo uma trama surpreendente, acredito que eu vá gostar.
    Parabéns pela resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Amo livro nessa temática. Me parece ser um pouco ao estilo Dan Brown, certo? Me interessei muito, já tem um tempinho que estou de olho nesse livro *-*

    Beijos ;*
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Júlia!
    Eu tenho tanta vontade de ler esse livro. Adoro histórias com tema de conspiração. A Novo Conceito mandou super bem nessa capa, ficou linda!
    Adorei a resenha e fiquei curiosa com o que o tal personagem malvado fez no final.rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Júlia xD
    Bem mais uma resenha que gostou não gostando do livro se é que vc me entende hehe
    muita coisa boa na estória, mas nada de surpreendente.
    Acho que a dúvida que eu tinha se lia ou não, já n tenho mais :z
    bjs!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.