Lulital: a magia começa - Pri Beletato

Sinopse: As vésperas de seu aniversário Cindy tem sua vida transformada pela descoberta de um mistério cujo ápice gira em torno da morte da própria mãe. Ao se aprofundar neste mistério ela descobre um mundo paralelo ao nosso, onde seres mágicos ganham vida e acaba descobrindo sua verdadeira identidade. Em meio a tantas descobertas se vê parte de uma antiga lenda a qual ela terá de protagonizar se quiser salvar este reino mágico recém descoberto, além de descobrir o que aconteceu com sua mãe. Entre tantas aventuras e mistérios Cindy ainda terá de lidar com um repentino romance, o qual poderá colocar em risco muito mais que sua própria vida.
Seu regresso inusitado até sua cidade natal onde sua mãe desapareceu há dez anos tende a se tornar o maior acontecimento de toda sua vida.
Seu regresso a Luanda desencadeará uma série de mistérios e descobertas que levarão Cindy a viver momentos além de sua imaginação, momentos que serão capazes de decidir o futuro de sua existência.
Magia, Mistério, aventura e descobertas infindáveis farão com que uma decisão deva ser tomada.
"Aquele era o momento, eu estava ali e contemplava tudo ao meu redor. Eu via o sofrimento, eu via a tristeza e o desespero daqueles que eu mais amava. Uma escolha deveria ser tomada para que Lulital pudesse ser salva. O tempo corria e eu estava ali sem coragem para decidir. De repente, o fim se aproximou...." (Skoob)
BELETATO, Pri. Lulital. Dracaena, 2011. 152 p.


Quando volta à cidade onde nasceu e passou parte da sua infância, Cindy não se sente tão feliz com isso. A cidade de Luanda, mesmo tendo em sua essência várias memórias boas para a garota, representava também sua pior perda, o motivo pelo qual ela e seu pai deixaram a cidade dez anos antes: o sumiço de sua mãe e a aceitação de sua morte.

As coisas, entretanto, não ficam assim tão ruins para Cindy como ela pressupunha. Logo que se encontra novamente com suas amigas e conhece pessoas interessantes (leia-se, alguém interessante) na cidade, aquela mudança começa a ser vista de forma positiva por ela. Até que um passeio, próximo ao bosque onde sua mãe desapareceu, desencadeia os mistérios há muito depositados no fundo das memórias dos cidadãos da cidade. Buscando solucionar os problemas conseqüentes a isso, Cindy acaba adentrando, junto aos seus amigos, em um universo novo, repleto de seres mágicos e lendas antigas. Mas para salvar esse reino mágico, ela terá de mergulhar de cabeça nessas lendas e vivê-las, o que pode custar muito mais que sua vida.

"Aquele era o momento, eu estava ali e contemplava tudo ao meu redor. Eu via o sofrimento, eu via a tristeza e o desespero daqueles que eu mais amava. Uma escolha deveria ser tomada para que Lulital pudesse ser salva. O tempo corria e eu estava ali, sem coragem para decidir. De repente, o fim se aproximou."
 
Magia: essa é exatamente a palavra para definir Lulital – a magia começa, de Pri Beletato. Imagine um lugar onde todas as lógicas do seu mundo são inválidas. Imagine aquele lugar que você sempre sonhou conhecer, ou onde imaginou estar nas suas brincadeiras de criança. O que senti, enquanto passava as páginas do livro, era como se tivesse voltado a ser aquela menina que sonhava ter asas, conhecer seres estranhos e uma realidade diferente. Com certeza Lulital é o mundo da minha imaginação de infância.

Notei semelhanças, nesse livro, com histórias já conhecidas, o que na verdade me agradou bastante. Durante a leitura, alguns momentos me trouxeram à mente O Leão,  A Feiticeira e O Guarda-Roupa, das Crônicas de Nárnia, já que em Lulital há um portal e uma profecia que fala sobre um ser especial que viria a mudar a situação de opressão pela qual os seres mágicos passavam; ao mesmo tempo, esse mesmo portal de entrada me deu uma imagem de Alice no país das maravilhas, com uma queda em um mundo completamente diferente e, à princípio, incompreensível; outros trechos também me lembraram de Percy Jackson, como um labirinto de algo semelhante a um minotauro. Pri conseguiu, entretanto, conciliar todos esses ingredientes em uma mistura diferente e criativa.

Achei os personagens fofos, mas não consegui me identificar com eles, infelizmente. Senti como se a narração, mesmo tendo sido escrita em primeira pessoa, fosse objetiva demais, tirando um pouco o brilho das passagens. Li em um blog essa semana – no momento não consigo me recordar qual –, que a pessoa dizia ser detalhista, mesmo que para alguns leitores esses tipo de coisa pudesse tornar a leitura cansativa. Mas eu também sou, e muito. Faz toda a diferença, na minha concepção, dizer (só como exemplo) que “Cindy caminhou em direção ao lago” e que “Cindy sentia a adrenalina percorrer seu corpo, e o vento revolvia seus cabelos enquanto avistava ao longe o lago para onde se dirigia”. Claro que parece pura enrolação, mas a segunda frase mostra mais sentimento, mais envolvimento, simplesmente mais detalhes. Essa mesma objetividade acabou me afastando um pouco do romance. Lucas era um garoto que tinha tudo para me conquistar, e os momentos dos dois juntos eram uma gracinha, apenas.

Independente desses pontos, Pri Beletato conseguiu construir uma história encantadora, talvez um pouco mais infantil do que eu esperava, mas com uma personagem cheia de sonhos e de força de vontade que me despertou as lembranças mais puras da menina sonhadora que um dia eu mesma fui. Por ser seu primeiro livro, já mostra todo o potencial de uma escritora de sucesso. E apesar de ter sido em uma simples frase no último parágrafo, aquele final até então perfeito abre espaço para uma esperada continuação.

O trabalho da Editora Dracaena também foi valoroso. A capa é ainda mais linda pessoalmente, e a diagramação é maravilhosa, com páginas amarelinhas e fonte em um tamanho ótimo para a leitura. Os inícios dos capitulos são simples, mas bem feitos, o que dá um toque de carinho ao trabalho realizado para a obra. A revisão deixou passar alguns errinhos quase insignificantes, que não atrapalham em nada a leitura. Aproveito para agradecer à editora pela oportunidade de conhecer a obra.



Onde Comprar:

Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

21 comentários:

  1. Oi Ju!
    Concordo absolutamente com você, esses detalhes enriquecem a narrativa e nos envolvem muito mais nela, também sinto falta quando me deparo com narrativas muito objetivas.
    Enfim, de qualquer forma, o livro parece ser encantador e achei uma graça você dizer que ele remeteu você a sua infância!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Eu também concordo que os detalhes são fundamentais, não é pura enrolação, são fundamentais para nos fazer ver e sentir o mesmo que os personagens estão sentindo.
    Como eu AMO magia e coisas do tipo este livro já esta na minha listinha para comprar! Sua resenha ficou ótima!
    Adorei a indicação.
    Beijos
    http://www.senhoritaliberdade.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Julia!!!
    Adorei a sua resenha!!
    Ainda não tive a oportunidade de ler o livro da Pri, mas espero conseguir algum dia acompanhar seu trabalho, já a admiro e torço muito pelo seu sucesso!
    Soube expressar muito bem seu ponto de vista e espero também gostar do livro tanto quanto você.
    Bom findi.
    Bjos.


    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  4. Achei incrível esse livro, misturando várias estórias fantásticas em um só e de uma forma original! Quero ter a oportunidade de lê-lo qualquer dia ><

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nenhum livro da editora dracena, mas tenho muita curiosidade. Lulital parece ser ótimo! Desde o lançamento eu já estou interessada nele. Pena que você não teve essa ligação mais forte com os personagens... É legal quando nos identificamos com eles, né?
    Também adoro as descrições e isso, de maneira alguma, é um ponto negativo para mim! :]



    Beijinhos, Amanda Cristina.
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  6. Oii!
    Ainda não li Lulital, mas parece ser um livro fofo mesmo! *-*
    A história parece ser encantadora!
    Beijos

    Elidiane - leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela resenha! A capa deste livro é linda... Adorei*
    Beijos

    http://pollymomentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Conhecendo o blog, muito bonito!
    Ótima resenha, eu não conhecia esse livro.
    Mas talvez não seja meu gênero. rs

    Lucas / Era uma vez...
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Faz tempo que olhei esse lançamento, que se não me engano foi aqui, e realmente me interessei, fora a capa lindíssima, né?

    Beijos

    Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  10. Ju, vc leu Lulital *-* QUERO TAAAANTO.
    Eu tenho lido livros de fadas e tenho me decepcionado MUITO. E isso tem me deixado triste, pq é uma criatura fantástica que eu gosto demais.
    E só de ler na sua resenha "Magia: essa é exatamente a palavra para definir Lulital" já fico feliz! Pois isso é o que falta nos outros livros com o mesmo tema.
    E sério que n teve nenhum personagem que te prendeu? ><
    E sobre a capa, eu preferia mt mais a outra que antes do livro ser lançado eles mudaram *chora*
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Ainda não tive oportunidade de ler este livro
    Mas tenho muita vontade, ainda mais por ser de uma blogueira assim comos todas nos

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Ju.
    Adorei a capa desse livro, tão atraente.
    Então, adoro livros com conteúdo fantasia e aparentemente através da sua resenha, ele me aparentou ser isso. Fiquei curiosa para lê-lo.

    Beijos,
    Mah - Livro e Coração

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu tenho muita vontade de ler este livro e pela sua resenha deu para ver que ele é muito bom! Fiquei mais curiosa!!
    Ai, essa capa é muito linda mesmo!!

    Bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu to querendo me afastar de livros que tenham uma temática infantil porque tive uma decepção recentemente, e to um pouco afastada disso.
    Mas parece ter um enredo bem legal! Quem sabe mais frente, quando essa minha decepção literária passar.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  15. Tenho muita vontade de ler o livro, com seu parecer sobre ele, só aumentou.
    parabéns viu?
    beijos
    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde Julia,

    ão conecia esse livro, mas parece bem interessante, parabéns pela resenha...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Julia!
    Acho a capa desse livro linda, mas não me atreveria a entrar nesse tipo de leitura agora. Não estou muito no clima de fadas no momento, então é melhor deixar de lado por enquanto. Também gosto de livros detalhados, muita objetividade acaba por vezes tirando o clima de fantasia da história.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oi Julia!
    Adorei sua resenha. É a primeira que vejo do livro ^^
    Ele parece ser bem mágico mesmo. Quanto á narrativa objetiva, não sei de qual lado fico: da narrativa objetiva, ou da narrativa detalhista! Existe um meio termo? As vezes, acho que é necessário a detalhista, mas acho que se sempre for detalhista, cansa! HUAHA.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Oi Julia acompanho o blog do qual a Pri era uma das escritoras e acompanhei o desenrolar da construção desde o começo.
    Fico feliz que ela tenha conseguido publicar um livro com uma história legal.

    Eu curto detalhes, mas se eles forem muitos me cansam e eu acabo desgostando da leitura.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  20. oie,
    Quero muito ler esse livro, tb pela capa, tb pela resenha e pq acho a Pri uma fofa.
    Acho que sua resenha foi muito boa até como feedback pra ela pois se vai rolar uma continuação é importante saber o que dá pra melhorar. Eu não sou muito explicativa pq pra mim, tudo é muito rapido, to penando um pouco com meu livro por conta disso, desses detalhes que vc falou e que fazem sim a diferença.
    bjocas

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.