Tortura cor-de-rosa - Lycia Barros

Sinopse: Ao mudar-se para São Paulo com seus pais, Ava pensou que poderia ter uma vida normal, como a de todas as meninas da sua idade, que têm amigas com quem conversar, com quem sair e com quem divertir-se naquela cidade cosmopolita. O novo bairro é bonito e elegante, e o novo colégio parece-lhe uma promessa de novos dias por viver, repletos de bons acontecimentos.
Porém, já no primeiro dia de aula, Ava descobre que nem mesmo ali a vida é perfeita. Sem que saiba direito como, torna-se alvo de uma garota cruel, que está sempre cercada por fiéis seguidoras, com as quais forma uma espécia de gang. É quando tem início o bullying, que tornará a vida de Ava um inimaginável e completo inferno. (Skoob)
BARROS, Lycia. Tortura cor-de-rosa. Atitude, 2011. 149 p.


Ava nunca conseguiu ser uma garota normal. Não porque não tivesse os mesmos interesses das outras, mas porque seu pai, um militar que recebia incentivos para mudar de cidade, acabava por levar a ela e sua mãe para outro lugar assim que Ava começava a se enturmar. Ela, então, aprendeu a se prender apenas aos seus sonhos e aos livros que tanto a encantavam.

Ao chegar em São Paulo, após mais uma mudança, Ava não contava com a má sorte que teria que enfrentar. Jaque - uma garota que tinha todos do colégio em suas mãos, por motivos que Ava não conseguia entender - passa a perseguir e infernizar a vida de Ava, principalmente quando descobre que seu alvo amoroso, Lucas, está interessado na “garota nova”.

Para dificultar ainda mais as coisas, a mãe de Ava, com quem ela nunca teve um relacionamento muito carinhoso, descobre estar com câncer, e a garota só tem uma pessoa em que pode confiar: Yoshie, sua colega de sala, e outra vítima de Jaque.

Há algum tempo tenho o interesse crescente de ler algo de Lycia Barros, ainda mais quando vejo tantos comentários positivos sobre suas obras. Quando vi Tortura cor-de-rosaas meninas também sabem ser cruéis disponível na Biblioteca de minha cidade, não pensei duas vezes, mesmo tendo uma pilha imensa de livros em casa.

Como já se imagina pela capa e pelo título, o livro é voltado para o público mais adolescente e contém pouquíssimas páginas. Não se pode dizer que é uma leitura apaixonante, especialmente para quem não se encaixa ao público-alvo. A narrativa de Lycia, contudo, é tão gostosa e envolvente, que se torna improvável não querer chegar logo ao fim desta história.

O tema central do texto, o bullying, foi bem retratado, mesmo que de uma forma mais amena, mas era possível perceber como uma pessoa se sentiria se colocada nesta situação e como esse ato trazia conseqüências significativas para essas vidas.

O que eu mais gostei no livro, detalhe que a autora conseguiu inserir com sutileza e de forma que não tornava o assunto maçante, era a fé inabalável de Ava, e a vida que levava de acordo com sua religião. Apesar de ter citado qual seria essa religião, em nenhum momento Lycia impôs dogmas aos leitores, elaborando apenas o contexto geral de viver plena e dignamente, algo comum a qualquer religião. O discurso de moral implícito nessas passagens foi colocado da mesma forma, sugestivo mas discreto, permitindo que cada um tire suas próprias lições para a vida.

Apesar de não ser bem meu estilo de leitura, gostei muito da forma como a autora escreve, e relembrei vários momentos de minha própria adolescência. Não será um livro a me marcar, mas me despertou ainda mais a curiosidade de conhecer outras obras da autora.
Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

20 comentários:

  1. tb nao é meu estilo de leitura, mas acho q leria sabe xp

    ResponderExcluir
  2. Oi Julia!
    Também estou querendo ler algo da Lycia há tempos! Todo mundo fala da sua ótima narrativa e de seu modo maravilhoso de envolver o leitor. Mas acho que não começaria por essa leitura, a não ser que, como você, o pegasse emprestado de alguém ou de algum lugar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. gostei muito da sinopse desse livro principalmente pq a história se passa em São Paulo e também por causa do tema pena que os livros de autores brasileiros são caros =(

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Gosto de livro como este, com um tema forte e que eu acho que deve ser refletido muito, pois hj em dia isso acontece muito.
    Fiquei com vontade de ler.

    Bjinhs*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/2012/09/dicas-de-leitura-com-marco-antonio.html

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro
    Mas essa capa super linda com estilo de celular já me agrada muito

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. haha, nem tinha reparado no estilo de celular ;x

    ResponderExcluir
  7. Oi Júlia, tudo bem?
    Gostei muito da sua resenha e achei bem interessante o tema do livro e acredito que se tivesse a oportunidade de ler esse livro na adolescência acredito que me marcaria. Parece ser um livro simples, mas que cativa. Vou colocar na lista de leitura e quem sabe presentear algumas de minhas priminhas.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  8. Só li um livro da Lycia, e pelo visto eles são bem semelhantes!
    O ruim é que, ao que parece, TODOS dela tem referências religiosas! Isso irrita um pouco! =/
    Estou protelando muito para ler outro dela aqui em casa...
    Mas não digo que é ruim.
    Ela só podia ser mais imparcial às vezes.
    A resenha está ótima, babe!
    Um beijo,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Não curto muito livros que envolvem religião. Não sei o motivo, apenas não me agradam.
    E sinceramente, não gostei da sinopse do livro e nem da capa.
    Mas gostei da sua resenha. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  10. Não é um livro que seja meu estilo de leitura, Ju, mas acho que leria só por ser da Lycia, já que tenho muita vontade MESMO de ler algo dela. Sorte sua ter encontrado na biblioteca! Será que eu encontro por aqui também?

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  11. Olá Julia!
    Até então nunca li nada desse autora, e confesso que também não tenho muita curiosidade. Achei a capa desse livro meio estranha e a história em si não é muito o meu tipo de leitura. Mas, adorei a sua sinceridade na resenha:)

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  12. Eu sei bem como é essa tortura cor-de-rosa senti ela na pele, rs. Ainda não li nenhum livro sobre bullyng apesar de existir vários por ai com esse tema e ele me interessar muito.
    É legal a autora abordar a religião e a fé sem impor nada a ninguém.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  13. Oi Ju!
    Esse eu ainda não li, mas amei os outros da Lycia que li ( A Bandeja, Entre a Mente e o Coração e Uma Herança de Amor). Essa narrativa gostosa e a questão da fé sem imposição de religião são características das obras dela, então acho que você vai gostar bastante dos outros livros, principalmente por serem mais adultos!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  14. Pelo que você falou, aposto que também irei lembrar da minha própria adolescência quando ler o livro.
    Já tive que aguentar cada coisa naquela época...
    Esse tipo de livro é muito bom pra passar o tempo heheh :)

    ResponderExcluir
  15. Oi Ju!
    Já li alguns comentários sobre o livro, mas nunca parei para ler. Achei a história interessante, apesar de clichê... Fiquei curiosa!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oie Julia =D

    Esse livro parece ter aquelas histórias bem clichês de comédias teens americanas, ou é impressão minha?

    Eu tenho uma certa curiosidade de ler este livro, mas assim com a sua pilha a minha aqui esta enorme rs...

    Adorei a resenha!

    bjus;***

    anereis.
    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  17. Sua resenha ficou legal, mas esse tbm não é muito meu estilo de leitura! Não compraria.
    Beijos!
    Paloma Viricio_ Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  18. A leitura é bem gostosa e a Lycia sabe escrever como ninguém. Vale mesmo a pena, principalmente para quem tá começando na leitura! :D
    Beijos,K.
    Girl SPoiled

    ResponderExcluir
  19. Eu não gosto muito de livros que não marcam muito, quando a história não é chocante. Mas é bom, quando lemos livros assim, que podemos descobrir novos autores. E melhor ainda quando eles são ótimos. Gostei da parte que você comentou sobre a fé da personagem. Mesmo sendo um livro que não tenho muita vontade de ler, vou me lembrar do nome da autora quando me deparar com algum livro dela :)
    Bjos.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Julia!
    Eu também sou louca para ler algum livro da Lycia Barros, mas até hoje ainda não tive oportunidade. Acho que esse foi o único que eu ainda não tinha ouvido falar, mas ele não faz muito o meu estilo. Adolescência é realmente uma fase muito difícil e ainda existem pessoas que são capazes de piorá-la ainda mais. =/
    Beijos!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.