Cidade dos Ossos - Cassandra Clare


Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria. (Skoob)
CLARE, Cassandra. Cidade dos Ossos. Instrumentos Mortais #1. Galera Record, 2010. 476 p.


Clarissa Fray, mais conhecida como Clary, tinha uma vida aparentemente comum junto a sua mãe, Jocelyn; seu pai morreu quando era pequena, mas ela tinha a presença constante de Luke, grande amigo da Família. Quando estava prestes a completar 16 anos, algo fugiu à sua rotina: quando vai, na companhia de seu amigo Simon, ao clube noturno Pandemônio, um rapaz chama sua atenção. Ele não percebe que está sendo seguido e, ao tentar ajudá-lo, ela o vê sendo assassinado.

Jace, Isabelle e Alex, os assassinos, não entendem como uma mundana pode vê-los, e Clary não pode fazer nada além de fingir que aquilo nunca aconteceu, já que o corpo desapareceu e ninguém mais além dela enxerga os culpados daquilo.

No meio de toda essa confusão e depois de reencontros com Jace, o garoto que ela crê ser um assassino, um telefonema de sua mãe mostra que algo está muito errado. Clary agora precisaria lidar com o seqüestro de Jocelyn, alguns demônios, renegados e outros seres do submundo em seu rastro, e para isso precisa seguir com Jace para o Instituto, onde poderia encontrar respostas para suas novas visões, para o que aconteceu com sua mãe e sobre sua própria vida.

- Ele é mesmo?
Isabelle não olhou para ela.
- Ele quem é o quê?
- Jace. Ele é realmente um péssimo mentiroso?
Agora Isabelle olhava para Clary. Seus olhos eram grandes, escuros e pareciam inesperadamente pensativos.
- Ele não é nem um pouco mentiroso. Não sobre coisas importantes. Ele conta verdades terríveis, mas não mente. – Ela fez uma pausa antes de acrescentar silenciosamente: - Por isso, como regra geral, é melhor não perguntar nada a ele, a não ser que saiba que pode suportar a verdade. (p. 152) 

Cidade dos Ossos, de Cassandra Clare, tem ingredientes de uma história arrasadora, com muita aventura e romance. A escrita fluida de Cassandra permite um envolvimento maior com os personagens, e os elementos míticos inseridos na trama, por si só, já conferem magia o suficiente para mergulhar de cabeça.

Toda essa mistura "perfeita", contudo, não fez com que me apaixonasse logo no início pela história. Mesmo com personagens bastante carismáticos, estes pareceram-me, a principio, um tanto sem personalidade, pois demorei a conseguir criar uma imagem mental dos mesmos. Em razão disso, o envolvimento demorou a acontecer. Outro ponto é que, apesar de toda a aparente originalidade do enredo criado por Clare, algumas passagens remetiam o tempo todo a outras semelhantes e já consagradas, como as de J.K. Rowling e de Rick Riordan, tornando certos contextos cansativos.

Apenas a partir da terceira parte do livro é que a leitura deixa de se arrastar, tomando-se o final em apenas um fôlego. Respostas para questionamentos que se abriram no início do livro, mistérios que começam a fazer sentido e serem revelados, e reviravoltas que tornam tudo ainda mais emocionante.

Ainda assim, não há como não ir se encantando com os personagens. Clary é uma garota cheia de dúvidas e medos, mas que não deixa se humilhar nem se abater. Jace, apesar de toda a arrogância que apresenta, usa disso como escudo e fortaleza, para esconder as partes mais sensíveis dentro de si. Alec e Isabelle mostram ter coração, e oferecem apoio incondicional um ao outro e a Jace, como se fossem mesmo uma família. Simon é um personagem fofo e até bobo, com um coração enorme e sempre disposto a ajudar. Além desses, Clary fica completamente sem saber em quem confiar, e as cartas vão sendo colocadas sobre a mesa aos poucos, mantendo a expectativa por mais tempo.

Se tivesse de classificar o livro, ele não passaria de “bom”, mas o final faz a leitura valer a pena e, mesmo não deixando muitos tópicos em aberto, a pergunta que ficou, a partir da reviravolta que dá tom ao livro, deixa caminhos suficientes para um novo enredo: e agora?

Aos marinheiros de primeira viagem, fiquem avisados: todas as histórias são verdadeiras.
Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

20 comentários:

  1. Oi Ju!
    Eu não consegui me envolver muito com o livro todo. As semelhanças com HP me irritou em vários momentos!
    Porém, concordo, o final é de tirar o fôlego e foi o único momento que me vi completamente vidrada às páginas.
    Confesso que o trailer do filme me deixou mais empolgada para assistir do que eu estava considerando só o livro!
    Achei legal ver que não sou a única aberração que não surtou com essa série! o/
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Eu até entendo o sentimento de "não se apaixonar imediatamente pelo livro". Eu com Vampire Academy foi assim:) Só depois que fui enlouquecer...
    Eu amo a série Os Instrumentos Mortais! Então minha opinião é diferente da sua :P Mas mesmo assim, adorei sua resenha porque gosto do jeito que você comenta um livro.
    Talvez Cidade das Cinzas lhe deixe surtando. O Simon vai crescer na história, prepare-se!

    ResponderExcluir
  3. Amei a resenha! Gosto mais da prequel do que dessa série, e o meu favorito é Cidade das cinzas. Detestei (MUITO) Cidade de vidro, então nem pretendo continuar a ler.

    ResponderExcluir
  4. Li até Cidade das cinzas e acho a sequência melhor. Não achei Cidade dos Ossos cansativo, mas acho que ela exagera nos seres fantásticos. Parece uma festa dos monstros, rs.
    Mas gosto da história.

    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu nao estou lendo livros de ficção mais (por enquanto só). To numa fase de ler psicanálise, de Freud. Mas falam muito bem desse livro, e parece ser ótimo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oie!!
    Eu morro de vontade e curiosidade para ler esta série!!
    Eu adoro as capas, são maravilhosas e tem brilho!!

    Bjinhs*

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Adorei conhecer seu blog!
    Seguindo

    Beijos
    Rízia - Livroterapias
    Livroterapias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Detesto MUITO quando o livro é morno e chega no final dá aquela reviravolta e te faz querer ler o outro livro imediatamente. Me sinto traída, sabe? AHSAHUSAHUS Parece que o livro me enganou durante várias páginas.
    Mas ao mesmo tempo isso é legal, mostra que a história é capaz de prender. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  9. Oi Ju,
    Já li um livro dessa autora e gostei bastante. Tenho muita curiosidade por essa serie, leio algumas resenhas que me empolgam bastantes, mas outras me deixa com aquela sensação que não é tudo isso.
    Parabéns pela resenha
    Beijos

    Mari - Stories And Advice


    ResponderExcluir
  10. Oii Ju!!
    O primeiro livro da série também foi classificado como Bom, por mim, dei 4 estrelas, mas ansiei pelo próximo, e quando este chegou, a leitura foi muito mais agradável, rápida e viciante do que àquele.
    Adorei Cidade das cinzas e até agora não sei como ainda não devorei Cidade de vidro, rs.
    Espero que continue lendo a série e que seja melhor para vocÊ, assim como foi para mim.
    Beijo!!

    ResponderExcluir
  11. Oi Juu! Como vai? Apesar de tantos elogios para essa série, não sinto vontade de lê-la. Talvez pelo toque 'sobrenatural misturado com romance', ou por que tem tantos elogios, rs! Mas realmente é uma série que não me chama atenção, mas quem sabe futuramente?

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Oii Ju! ^^
    Nossa, eu sou completamente viciada nessa série!
    Te garanto que o segundo é bem melhor que o primeiro, e o terceiro... senhor, impossível de desgrudar! KKKKK, Já li o quarto e é igualmente bom. Sei lá, tem gente que nao curte, é coisa de gênero, mas eu e muitos amigos gostamos demais! rs. Dê uma chance pros proximos, haha. Até mesmo porque os filmes tao vindo aí ;)

    Beijos, Nanda
    Julgue pela Capa

    ResponderExcluir
  13. Oie Ju
    eu tmb não curti o primeiro livro, mas agradeci a insistência em continuar lendo a série, que melhorou muito a partir do segundo livro, e me fez ficar apaixonada no terceiro.
    BJs

    ResponderExcluir
  14. Oi Ju! Esta série é a minha favorita, amo demais. Eu quase abandonei, pois este primeiro livro tem um começo cansativo, mas depois, UAU! Que final. Parabéns pela resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  15. Oie Julia =D

    Ai Senhor!! Tenho que criar vergonha na cara e ler este livro :$

    Comprei ele na época do lançamente e até agora não li.

    Eu até prefiro que o livro se arraste um pouco e me surpreenda no final do que ao contrário rs...

    Sua resenha me deixou curiosa e com mais vergonha ainda de não ter lido o livro ainda XD

    Parabéns!

    bjus;***

    anereis.
    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  16. Ei Julia!

    Confesso, eu amei o livro.
    No início fiquei confusa pq tudo acontece rápido, mas os personagens me conquistaram facilmente. Você tem que ler a sequência =)

    E o final é mesmo de matar.

    Bjins

    ResponderExcluir
  17. Esse livro vai virar filme, né?
    Até que fiquei com vontade de ler agora hehe!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde Julia,

    Tenho muita vontade de ler essa série....gosto das capas...parabéns pela resenha...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  19. O Julia, tudo bem?
    Ainda não li esse nenhum livro da série, não sei bem o porquê, mas talvez de uma chance se um deles vir parar na minha mão, porque eu confesso que não tenho coragem de pagar quase 50 neles.
    PS: Como assim todas as histórias são verdadeiras????
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  20. Oi Julia!
    Então, essa é a primeira resenha que leio que não cai de amores por essa série. Eu não li os livros, e admito que estava bem curiosa em razão das resenhas que li. Mas gostei da tua escrita mais pé no chão, que fala sobre o que achou do livro de uma forma mais séria. Não vou dizer que perdi a vontade de conhecer a história, mas se um dia for ler, vai ser uma leitura mais centrada.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.