A Lenda do Lago Dourado - Edson Vanzella Pereira



"- Se é de geração em geração, quer dizer que todos os meus irmãos também têm a força?
- A força é um mistério; pode ser que sim e pode ser que não, mas te digo: poucos são os escolhidos. Você é um e precisa saber que um enviado da Luz torna-se objeto de obsessão de um Enviado Negro, que faz de tudo para destruí-lo. Por isso, nunca se destaque em nada do que faça, até ter certeza de que o Agente Negro foi derrotado" (p. 66)

Nos Estados Unidos da América, David Baltimore vivia de maneira simples com sua família na cidade de Morangovilles, mas era dotado com uma inteligência acima do normal, e chamou tanto a atenção por isso que foi convocado pelo programa Superdotados do governo, o qual selecionava jovens cientistas. O que tinha tudo para ser um novo início para ele e sua família terminaria de forma trágica: David, em uma viagem internacional para o Rio de Janeiro, foi atingido por uma bala perdida e ficou entre a vida e a morte.

Simultaneamente, perto de casa, Lisa, mãe de David, levava os outros dois filhos, Max e Peggy, para visitarem o antigo lado dourado, que guardava consigo uma lenda: aqueles que vissem os raios dourados saindo das águas do lago eram convocados a receber o "poder da luz". Mesmo que parecesse só uma história para os moradores da região, Max viu, nessa visita, os raios dourados e, abençoado com o referido poder, ficou incumbido de lutar contra o agente enviado pela Fraternidade da Escuridão e salvar os homens de um mal como este. Max descobriu ainda que seu irmão David, agora impossibilitado, também tinha essa missão, além de um terceiro garoto, sobre o qual precisava descobrir.

Sinopse do Skoob aqui.

A Lenda do Lago Dourado, escrito pelo autor brasileiro Edson Vanzella Pereira, não se passa no Brasil, o que achei um tanto estranho, de início. Os autores nacionais têm dado prioridade aos nossos espaços e o público leitor tem se agradado muito disso, mas, depois que o enredo começa a se desenvolver, fica compreensível: são programas, estratégias de governo, locais e lendas que não são nossas, e o autor acaba tendo um pouco mais de autonomia para criar. Assim, essa contextualização geográfica não atrapalha, e o lugar acaba sendo indiferente.

A escrita do autor é bem desenvolvida e gostosa - as páginas passam rápido e não notei um só erro na edição, o que torna a leitura mais prazerosa. A mistura de ficção científica, mistério, aventura e fantasia, dão a um enredo improvável um toque original. Houve até um romance bonitinho na história, mas, no meio de tantas outras informações, ele acabou não sendo ponto chave.

Contudo, o fato de os personagens principais serem adolescentes - mesmo que tenham QI acima da média e estejam envolvidos em espionagens com agências do governo - acabou dando um tom juvenil à história, aspecto que se agravou um pouco com explicações detalhadas para cada mistério. Não que isso seja ruim, mas acho que não estava no meu melhor momento para uma leitura nesse estilo.

Durante a leitura do livro, travei uma troca de e-mails com o autor, e gostei muito disso. Edson mostrou ansiedade para saber o que pensava mais uma leitora, e respeitou minhas opiniões, mesmo quando não eram tão positivas. Mas o mais proveitoso foi a troca de ideias. O autor confirmou o que eu tinha pensando da obra, que debate temas importantes e em foco como os avanços científicos e as possibilidades de uso das novas descobertas (inclusive para fins não tão nobres), a necessidade de buscar aquilo que se deseja e de construir uma sociedade baseada no amor e respeito e no bem coletivo.

É, no geral, uma história divertida e leve, mas que ficou devendo em algo para me fisgar de verdade. Isso não quer dizer que não valha a pena - vale destacar que as notas no Skoob estão bem altas.


Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

19 comentários:

  1. Ganhei esse livro em uma promoção, mas ainda não chegou. Segunda resenha positiva que leio.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste Carissa, para mim foi uma leitura boa, mas ainda faltou algo.

      Excluir
  2. o que mais gosto na blogosfera literária,é descobrir autores novos,livros novos e se forem nacionais,eu fico toda babona,porque tenho amigas que estão na luta para publicar seus livros e sei como é difícil. bom,eu não conhecia o autor,e achei muito interessante a sinopse do livro.sua resenha me deixou curiosa,parece ser um livro original que mistura temas.tem até romance oras! rsrs achei a capa super caprichada,muito bonita mesmo.vou procurar saber mais sobre o livro e marcá-lo no meu skoob =) bj!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs, também sou um pouco assim Ana ;) Essa relação que a gente consegue criar com os autores nacionais são especiais ;)

      Excluir
  3. Oi Ju! Muito legal esta abertura do autor para discutir sobre o livro, ultimamente está complicado encontrar autores que aceitem crítica. Eu achei a premissa legal, gostaria de conferir uma hora dessas e ver o que acho. Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Cida, quem sabe você goste. Sempre vale dar uma chance.

      Excluir
  4. Nossa, nunca tinha ouvido falar desse autor. Mas gostei muuuito da proposta! A gente precisa ficar mais por dentro de autores nacionais, e valorizar as nossas obras também né?
    Um beijo
    www.fizdecanetinha.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos mesmo Karla. Já descobri histórias incríveis por aqui ;)

      Excluir
  5. Nao conhecia esse livro, mas parece ser bem interessante
    E gostei bastante da posição do leitor

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Ju*
    A história do livro e a temática em si são interessantes. Não é bem do meu gosto literário, mas com certeza eu leria.
    Gostei muito da capa e é o que mais me chama atenção.

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Nessa, a capa chama bastante a atenção.

      Excluir
  7. Oi Júlia quando comecei a ler sua resenha também achei estranho quando vi que a história se passava nos Estados Unidos, mas se você diz que o autor conseguiu desenvolver tão bem a história que isso não atrapalhou em nada, tudo bem.
    É bastante legal quando existe esse respeito por parte do autor de aceitar nossas críticas mesmo não sendo positivas. Isso me faz admirá-lo ainda mais.
    Achei a trama e o enredo bem interessantes, apesar de não fazer parte do meu foco literário.

    Beijos
    Caline - Mundo de papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Caline, também não era meu foco, mas recebi de parceria e gostei.
      Adoro também quando há esse respeito, é difícil um autor aceitar bem.

      Excluir
  8. Achei estranho não se passar no Brasil, mas você explicou direitinho! HAUHU Enfim, me deu vontade de ler, vou procurar na saraiva daqui da minha cidade!
    Beijos
    http://leveditliv.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs, não fica tão estranho quando se lê.

      Excluir
  9. Não conhecia o livro... Mas parece ser bom!

    Adolecentro

    ResponderExcluir
  10. Oie Ju
    não conhecia o livro, mas gosto quando tramas nacionais se passam no Brasil,é claro que abro uma exceção quando o enredo praticamente pede uma ambientação diferente.
    Parece ser muito bom, e a temática diferente da qual estou acostumada, então vou anotar a dica aqui.
    bjos

    ResponderExcluir
  11. Oii Julinha! Faz tempinho que nao passava por aqui tb hahahaha
    #vidacorrida

    Gostei da resenha. Bom saber que nao encontrou nenhum erro na edição, sinal de que a Dracaena está melhorando, pois uma das coisas que estragava na editora era a falta de revisão..
    Parece ser um livro interessante, mas nao faz meu tipo hsauhsu

    Beijão

    ResponderExcluir
  12. Oi Julia!

    O livro parece ser bom. Mesmo com os pontos que voce ressaltou, acho que vale arriscar a leitura! Depois te digo o que achei!

    Beijokas
    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.