Eu sei o que você está pensando - John Verdon

"- [...] A mente é uma massa de contradições e conflitos. Nós mentimos para fazer com que os outros confiem em nós. Escondemos nosso eu verdadeiro em busca da intimidade. Nossas estratégias para perseguir a felicidade acabam afastando-a. Quando estamos errados é que mais nos empenhamos em provar que estamos certos." (p. 90)

Bilhetes sem remetente e que surpreendem: aquele que envia conhece tão bem o destinatário que consegue saber o que ele pensa, a ponto de acertar um número, dentre tantos. E, depois de ameaças cada vez mais concretas, o destinatário acaba morto.

David Guney, detetive aposentado, se envolve quase que por acaso neste caso de assassinato em série, repleto de inúmeras pistas que não fazem sentido e que parecem levar do nada para lugar nenhum. Como apanhar um criminoso sobre o qual não se sabe nada e que parece conhecer intimamente suas vítimas?

Eu sei o que você está pensando, de John Verdan, trata-se de um romance policial que conta com todos os elementos que deixam uma história do gênero viciante. Um quebra cabeças aparentemente sem solução, um detetive com rápido raciocínio e um criminoso que parece ainda mais genial. É um desafio que, no entanto, envolve tantas vidas e mortes que não é tão fácil assim esperar para ver o que acontece a seguir.

Para os que gostam do suspense que os policiais têm, esse é o livro perfeito: uma história bem amarrada, inteligente, e que não falta em nenhum aspecto da vida dos personagens. O autor soube colocar todos os elementos na hora certa para gerar aquela sensação de "não pode ser", que acaba deixando os leitores grudados a cada página. Além disso, o livro tem uma premissa original, indispensável neste tipo de obra; o "lugar comum" e o clichê não funcionam para o gênero, já que a graça está no tentar advinhar, e errar.

Toda a obra é narrada em terceira pessoa, mas o enfoque psicológico acontece apenas com o detetive, e todos os demais personagens são vistos sob seu ponto de vista. Gostei desse tipo de narrativa, por não deixar a desejar quanto à narração em primeira pessoa, mas dá um tom impessoal que se faz necessário neste tipo de enredo.

E o detalhe que mais gostei em Guney, o protagonista do livro, é que, mesmo que seu lado racional se sobressaia, há um lado humano e sensível por traz de seu cérebro veloz que o torna um personagem complexo - e, sem soltar spoilers, é esse o aspecto que consegue fazer o final da história quase fofo, apesar de tudo.

Mesmo com todos os pontos positivos que citei acima, demorei um pouco para concluir a leitura, pois ainda que não sejam tantas páginas e não haja tanta intensidade, elas são densas - há muita informação e raciocínio em cada uma delas, o que torna o enredo mais lento até que se chegue ao ponto alto da narrativa. Para quem anda com a mente cansada, talvez não seja uma das leituras mais fáceis por causa destes últimos aspectos, mas é uma história que envolve, e vale bastante a pena.

Alguns comentaram aqui no blog que há outros livros do autor que são uma espécie de continuação deste primeiro, mas tenho a impressão de serem independentes. Assim que tiver possibilidade, pretendo lê-los também, só não sei quando vai acontecer, já que ainda não tenho os livros.

~~*~~*~~


Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

42 comentários:

  1. Acho que eu curtiria ler esse livro, pelo fato dele ser denso e ter muito informação, gosto de livros que nos faça passar muito tempo com eles. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, espero que tenha a oportunidade de ler.

      Excluir
  2. Oi Ju*
    Até gosto do estilo, livro policial, mas faz tempo que não leio algo do tipo.
    Pelo que você diz parece ser bom, quem sabe eu leia.

    Beijos*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa, também fazia um tempo que não lia nada assim, mas foi uma boa escolha.

      Excluir
  3. opa,não conhecia esse autor,me lembrou um pouco os livros do Harlan Coben,que é meu divo!! rsrs bom, você disse um detalhe importantíssimo pra quem vai ler esse tipo de livro,mente cansada não vai desenrolar fácil,romances policiais geralemente vem cheios de informação,mas se for bem elaborado e conseguir prender atenção,ler rapidinho!pela resenha,o autor acertou em criar essa expectativa entre detetive e assasino,com esse diferencial do lado mais humano do detetive David,bacana! vou já marcar no meu skoob e procurar ler o quanto antes. e Ju,amei o quote lá em cima,não podia ser mais verdadeiro. =) bj!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Ana, não li nada do Harlan ainda, mas parece ser o mesmo estilo mesmo.

      Excluir
  4. Se não é um livro bom para quem está com a mente cansada, acho que não é pra mim agora MESMO! Parece ser um suspense bem bacana e até faz um bom tempo que não leio nada nesse estilo, então... Quem sabe mais pra frente. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Lu, cansada a leitura se arrasta mais, e acabamos não aproveitando tanto.

      Excluir
  5. Oie Ju =)

    Faço minha as palavras da Luara:"Se não é um livro bom para quem está com a mente cansada, acho que não é pra mim agora MESMO!"

    Eu até gosto de suspense, mas ou ele tem que ser bem leve e não me assustar muito, ou tem que ser bem assustador do começo ao fim. Livros que perdem o ritmo conforme a leitura avança me incomodam um pouco.

    Gosto da temática desse livro em especial, não sei se é pelo nome ou alguma coisa na sinopse dele que me chama atenção, mas vou deixar para ler ele quando a minha mente estiver mais relaxada.


    Bjus;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs, é complicado, né? Ele é leve até, não assusta não.

      Excluir
  6. Oi Ju
    Tenho super curiosidade nesse livro.
    Adoro suspense, policial mais ainda.
    E parece mexer bastante com o psicológico..

    Parabéns pela resenha.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro bom Nana, mas nada pesado demais.

      Excluir
  7. Ei Julia,

    Eu tenho curiosidade com este livro porque ainda não li nada do autor, mas tenho medo de não gostar por ser mais denso e mais parado,sei la. Por outro lado eu adoro policial e suspense hummmm. Acho que vai para os desejados hehe.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs, Nanda, a proposta do livro é ótima, e a maioria dos que leram caíram de amores.

      Excluir
  8. Oi Ju!
    Todos falam super bem dos livros deste autor, em especial "Eu Sei o que Você está Pensando", e como gosto bastante do gênero, creio que possa ser uma excelente pedida!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi So, se você gosta bastante do estilo, vale bastante a leitura.

      Excluir
  9. Oi Ju, tentei ler esse livro há um tempo e não consegui passar das primeiras páginas. Lendo sua resenha nem parecia ser o mesmo livro que eu tentei ler e não consegui.
    Achei a leitura bem chata e entediante apesar de amar romance policiais. Engraçado como um mesmo livro pode despertar opiniões tão diferentes.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Caline, mas acho que pode ser o fato de ele demorar a se desenvolver. Se tivesse um andamento mais rápido, talvez agradasse mais.

      Excluir
  10. Não tenho o costume de ler esse tipo de livro
    Mas sempre que encontro uma resenha assim, fico com vontade de ler

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. às vezes é bom variar os estilos. Se quiser um nesse, vale a dica.

      Excluir
  11. Nunca li nada do autor, mas tenho muita vontade. Gosto muito do estilo.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carissa, os leitores normalmente se agradam muito com a história.

      Excluir
  12. Oi Ju! Eu não li nada deste autor, mas sempre que leio resenhas dos livros dele são bem positivas. Mais um para a minha lista.

    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também leio Cida. Foi por isso, inclusive, que tive vontade de ler.

      Excluir
  13. Oi Julia, tudo bem?
    Eu achei a premissa do livro bem interessante, mas confesso que como ainda estou me recuperado de uma ressaca eu estou deixando livros assim mais de lado. Mas a dica está anotada.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs, realmente este não é o mais indicado para ressacas.

      Excluir
  14. Primeira resenha que leio do livro, quando vi a sinopse eu fiquei bem interessada, parece ser uma grande história, mas ando com a cabeça tão cheia de coisas que estou procurando por livros leves por agora, mas não vou deixar de coloca-lo em minha listinha de leituras futuras! Ótima resenha!

    Adorei o blog, estou te seguindo. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou mais para esse estilo Claris :) Coisas leves estão mais no meu foco.

      Excluir
  15. Olá, Ju!
    É a primeira resenha que leio a respeito desse livro, realmente parece ser bem interessante. Eu particularmente nunca li um romance policial, mas sua resenha me fez querer lê-lo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corre para ler pelo menos um policial, então, porque sempre agrada a maioria das pessoas.

      Excluir
  16. Olá Julia,

    Tinha bastante curiosidade em relação a esse livro e sua resenha me esclareceu muito, vai para a lista de desejados....abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marco, que bom que a premissa agradou. Espero que goste, se ler.

      Excluir
  17. Ei Julia!
    Eu até que gostei do livro também, principalmente por causa desse tal mistério de adivinhar o número. O final foi até satisfatório :D

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Pam, ganhei ele no sorteio do seu blog! rsrs

      Excluir
  18. Oie Ju
    essa é a primeira resenha que leio do livro e ressalta seus pontos positivos. A maioria classificava como um livro cansativo, e enfadonho. Bom saber que tem um toque de fofura vinda do personagem.
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim não chegou nem perto do enfadonho, apesar de ser uma leitura bastante detalhista.

      Excluir
  19. Oi, Ju!
    Eu comprei esse livro assim que foi lançado e até hoje não consegui tempo para ler. Adoro livros com investigação policial e algum criminoso inteligente envolvido, na verdade esse é o meu tipo de leitura favorita! Só acho que ainda vou demorar um pouco para ler, acho que vou acabar abandonando o livro pela metade se começar agora justamente por ser uma leitura densa.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Dé, por isso fiz o aviso. Eu mesma quase fiz isso.

      Excluir
  20. Oi!
    Quando esse livro foi lançado aqui eu ganhei um marcador de páginas dele, lembro de ter pensado em comprar mas, por motivos que não sei, esqueci totalmente dele! Porém a sua resenha fez a minha vontade de ler "Eu sei o que você está pensando" voltar! Obrigada hahaha
    Beijos:*
    Ellen
    http://landofsomething.com/

    ResponderExcluir
  21. Não sei se leria, pq não faz muito meu estilo. Eu até leio vez ou outra um livro do gênero, mas muito pouco. Ainda tenho que ler os que tenho aqui do Harlan Coben e James Patterson rsrs

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também leio bem pouco Kel, esse foi mais porque ganhei mesmo.

      Excluir
  22. Oi, Julia! Sempre vejo elogios sobre esse livro do autor, e apesar de adora o gênero, não sei se leria. Tenho sérios problemas com leituras mais densas, então depende muito do momento. Mas confesso que fiquei bem curiosa depois da sua resenha e acho que vale sim dar uma chance a ele.

    Beijos, http://leituradavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.