Novidades #56: Grupo Editorial Novo Conceito


As novidades não param no mundo literário, e Grupo Editorial Novo Conceito está sempre com ótimos lançamentos. Com lançamento previsto para Novembro, um dos livros da Editora tem sido bastante comentado:


Um dos lançamentos de não-ficção mais aguardados de 2013 chega às livrarias em novembro e conta a história de Amanda Lindhout, jornalista, vítima de um sequestro que durou 460 dias na Somália.

Em entrevista à revista Harpers Bazaar a autora diz que "A Casa do céu é o lugar onde me imaginava toda vez que a violência batia na carne e não havia luz ao redor. É o nome que escolhi para contar a minha experiência. O livro traz na capa, pássaros libertos".

Leia a matéria na integra na edição de outubro da revista Harper's Bazaar ou acesse blog da Editora.



Outra novidade da Editora é que ela já está com presença confirmada na Bienal do Livro da Bahia, que acontece de 6 a 17 de novembro deste ano. Maiores informações podem ser encontradas aqui.


Por fim, como estou atrasada sobre as publicações dos lançamentos do Grupo, vou deixar para falar sobre os livros publicados que foram em Setembro e em Outubro em um outro post. Mas vale comentar o livro escolhido para ser publicado no formato digital ao fim da Bienal do Rio de Janeiro:


Três amigas inseparáveis que, apesar de não possuírem laços sanguíneos e de terem aparência bem diferente, são como irmãs. Frequentam o último ano no mesmo colégio, têm uma banda de rock e nomes perfeitos para virar apelidos: Amanda (Mands), Pamela (Pam) e Analice (Ana). Longe de serem as garotas mais populares da escola, são conhecidas como “bruxinhas”. Não pela aparência, mas pelo seu visual dark. O uniforme do tradicional e luxuoso colégio Hall é bastante tradicional, composto de saia quadriculada, camisa branca e terno preto, mas cada aluno marca seu estilo da forma que achar melhor. As bruxinhas capricham na maquiagem e nos acessórios: sombra e lápis pretos, colares de crucifixo, batom sempre bem escuro.
O trio decide fazer um feitiço para tentar trazer de volta à vida o famoso bruxo do século XVII Nicolas Byron. Querem aprender mais sobre as artes das bruxarias. As meninas acham que não deu certo e desencanam, mas no dia seguinte aparece um novato no colégio.
O garoto chama a atenção: olhos azuis, alto, cabelo castanho-claro penteado para trás de um jeito meio formal. Rosto bonito, lábios bem contornados, sorriso de tirar o fôlego. Dá para ver, apesar do terno preto, seu belo porte físico. Faz a alegria das alunas nas aulas de educação física, especialmente a de natação. Seu nome é... Nicolas Byron.
Agora as bruxinhas ficam com essa dúvida na cabeça: será que este é o famoso bruxo que invocaram ou é apenas uma terrível coincidência de nomes?
Para descobrir a verdade, as amigas passam por muitas confusões, situações engraçadas e uma delas se envolve em um romance daqueles, fadado a uma triste maldição. Diversas surpresas as esperam.
Será que a maldição será quebrada?




Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

10 comentários:

  1. A NC tem tantas novidades fantásticas

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. a casa do céu tem a capa linda, mas não leria o livro

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. Oie Ju =)

    A NC sempre tem novidades maravilhosas *-*
    Quero muito ler O Feitiço e A Casa do Céu parece ser lindo tão!

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. Oi Ju! Eu adorei a premissa de Feitiço e achei uma pena não ter a versão impressa, eu não consigo ler e-books e vou ter que deixar esta história passar. Bjos!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Julia!
    A Casa do Céu deve ser tenso... Li a história da autora na revista Época e é bem chocante.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Oie Ju
    apesar de gostar de não-ficção, esse livro não despertou meu interesse. Mas quando lançar, sei que vou ficar querendo ler rs
    Feitiço não faz meu estilo.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  7. legal a NC na Bienal da Bahia =) espero que quem for aproveite! quanto aos livros, A Casa do Céu, apesar de não ser o tipo de livro que leria de imediato, é bem interessante e tem uma capa muito legal. já Feitiço com essa capa de revista Capricho, não me interessou em nada. bj Ju!!

    ResponderExcluir
  8. Gostei da Resenha, o livro deve ser bem forte.

    Publiquei meu livro, se puder dar uma passadinha lá no blog fiz uma matéria sobre. Segue o link abaixo:

    http://www.blogdojoseagenor.com.br/2013/10/livro-o-caminho-do-renascer-jose-agenor.html

    José Agenor

    ResponderExcluir
  9. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Julia,


    Quero muito ler A Casa do céu...parece uma história emocionante...a NC esta demais...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.