Seis coisas impossíveis - Fiona Wood

Sinopse: Dan Cereill levou um encontrão da vida: seu pai faliu, assumiu que é gay e separou-se de sua mãe, tudo de uma vez só. Enquanto isso, sua mãe recebeu de herança uma casa tombada pelo patrimônio histórico que cheira a xixi de cachorro, mas que não pode ser reformada...
E, agora, Dan está vivendo em uma casa-relíquia que parece um chiqueiro, com uma mãe supertriste e sem conseguir falar com o pai — que ele ama muito.
Suas únicas distrações são sua vizinha perfeita, Estelle, e uma lista de coisas impossíveis de fazer, como:
1. Beijar a garota.
2. Arrumar um emprego.
3. Dar uma animada na mãe.
4. Tentar não ser um nerd completo.
5. Falar com o pai quando ele liga.
6. Descobrir como ser bom e não sair abandonando os outros por aí...
Mas impossível mesmo será:
1. Não torcer para que Dan supere seus problemas.
2. Não rir muito com os devaneios dele.
3. Não querer ter um cachorrinho como Howard.
4. Não desejar que a mãe de Dan encontre a felicidade.
5. Parar de ler este livro.
6. Não querer abraçar o livro depois de tê-lo terminado... (Skoob)
WOOD, Fiona. Seis Coisas Impossíveis. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2013. 272 p.

A vida de Dan Cereill teve uma mudança completa de uma hora para outra. E não foi para melhor. Seu pai faliu, assumiu que é gay, e o garoto e sua mãe tiveram de se mudar para a casa que era de tia Adelaide, a qual receberam de herança (e que veio com Howard, um cachorro, de "brinde"). Dan ainda teve de sair da escola particular onde sempre estudou para uma instituição pública - e só esperava não ser um perdedor completo. O único ponto positivo nisso tudo era Estelle: a garota linda que morava na casa ao lado e estudava na nova escola de Dan.

"Estelle sai pelo portão de sua casa bem quando estou saindo, e vamos para a escola juntos. Por que essa amizade toda de repente? Fico desconfiado. Talvez ela tenha notado que eu estava chorando ontem e decidiu que sou um caso de caridade. Mas quer saber? Posso conviver com essa possibilidade." (p. 157 - 158)

Há algum tempo tenho evitado livros adolescentes, porque a maioria deles simplesmente me irrita. Seis coisas impossíveis, de Fiona Wood, quase foi deixado de lado por esse motivo. Mas os comentários sobre o livro no Goodreads me fizeram mudar de ideia e solicitei o livro à editora. Com certeza, não me arrependi.


"- Bom, acho que a gente pode ver o copo meio cheio, não é?

- Isso só funciona quando há alguma coisa dentro do copo - retrucou. - Infelizmente, nosso copo está vazio." (p. 16)


Dan é um garoto tímido e fofo, com inseguranças normais de um adolescente de 15 anos. Sua inteligência ajuda muito nas notas e em suas tiradinhas engraçadas, mas não com Estelle, já que, a princípio, ele não consegue nem falar com a garota. Mas conseguimos ver, ao poucos, o desenvolvimento do personagem, alguma maturidade e mais iniciativa. Isso é sempre bom, especialmente quando nos vemos torcendo para que ele realize sua lista de coisas impossíveis.

A narração do livro é feita em primeira pessoa, o que ajuda para a compreender a cabeça de Dan. Não fez falta conhecer o ponto de vista dos outros personagens, acredito que em razão da simplicidade do enredo. No início, fiquei me perguntando o que tinha de interessante no livro, afinal, mas logo que passou seu "choque de realidade", as coisas que aconteciam com Dan e seus pensamentos se tornaram bem engraçados, e não era difícil eu soltar algumas boas gargalhadas.

Os capítulos curtinhos e dinâmicos, não se prendem em detalhes insignificantes, o que dá mais velocidade à leitura e impede que a história fique cansativa em qualquer momento. O enredo é simples, como já comentei, então a graça está na forma com que Fiona constrói as passagens. E como diz a parte de trás da capa, terminamos com um calorzinho no coração, querendo abraçar o livro depois de terminar. E também queremos um Howard para nós, com certeza.


Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

13 comentários:

  1. Oi Ju*
    Até este momento este livro não havia chamado a minha atenção. Mas vc fez despertar uma certa curiosidade, me deu vontade de ler.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  2. Oi Julia, tudo bem flor?
    Esse livro me encantou desde que li a sinopse, e a cada nova resenha fico cada vez mais curiosa. Ótima resenha.
    Abraços
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  3. Não solicitei esse livro porque à primeira vista não me interessou, mas pelo o que disse parece ser divertidinho...não tenho vontade de lê-lo.
    Beijos!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  4. Oie Ju
    eu ao contrário, amo histórias adolescentes
    Estava até comentando com uma amiga que eu gosto de ler livros assim, porque amadureci muito cedo e não vivi minha adolescência.
    Estou muito curiosa para ler esse livro, e pela sua resenha já vi que vou me apaixonar.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  5. achei a sinopse muito legal, Dan é uma figura, acontece tanta coisa com ele e com só 15 anos, não se afoga na auto piedade, é um adolescente que encara as barras. me pareceu um livro leve e fácil de ler. já tá marcado no meu skoob, espero poder lê-lo em breve =0

    ResponderExcluir
  6. Ei Julia

    Este eu não ia pedir, ai mudei de ideia no último minuto e peguei também, mais por ser narrado por um menino. Espero gostar tbm, parece ser bem fofo e divertido.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Não solicitamos o livro pq achamos que tinha potencial para ser uma leitura meio arrastada.
    Pelo visto estavamos enganados. Seis Coisas Impossíveis parece ser o tipo de leitura leve e despretensiosa.
    Abraço,
    Alê
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Ju!
    Eu adoro histórias adolescentes, ao contrário de você. Foi por isso que solicitei e estou com as expectativas lá no alto, até porque não chegou ainda. :(
    Ainda bem que ele é bem rapidinho, eu gosto muito disso! <3

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  9. Eu já tinha visto este livro por ai, mas ele não me chamou nenhum pouco a atenção, achei a capa feia e estranha. A resenha ficou ótima, me despertou um pouco da curiosidade, para saber como vai ser o desenrolar do romance entre os dois. Eu adoro livros teen então talvez eu o leia, mas ele não vai ser passado na frente de outros que já tenho em uma lista de prioridade.

    ResponderExcluir
  10. Oie Ju =)

    Ah!!! Por mais que a sinopse desse livro seja interessante e a sua resenha tenha me deixado levemente com peso na consciência de não ter dado lá muita atenção para ele, acho que não ando no clima para narrativas assim.

    Eu gosto bastante de livro levinhos desse tipo, mas ando precisando de um bom livro de fantasia para me levar a terras desconhecias e fugir dessa loucura rs...

    Parabéns pela resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  11. Oi
    Ah, eu entendo esse seu receio com livros adolescentes (acho que estamos ficando velhas), eu tmb já pego algum desses livros esperando o pior. Isso aconteceu com o livro da minha postagem nova (espero sua visita), o título era infantil, o nome mais ainda, mas no livro o personagem amadurece e lida com problemas tão reais que me surpreendeu! Eu achei muito interessante, fiquei curiosa para saber qual a lista completa de coisas impossíveis, gostei dele ser leve e rápido, de ser engraçado ao mesmo tempo em que parece tratar de assuntos mais pesados (como a falência, a mudança, o pai assumindo ser gay). E não tem nda melhor do que terminar um livro com esse sentimento e acabar abraçando ele no final, já isso com alguns livros! kkkk
    indicação maravilhosa!
    bjinhus

    -TÍTULOS DE LIVROS

    ResponderExcluir
  12. Oi Júlia, esse livro é provavelmente minha próxima leitura. Assim como você não estava muito empolgada, mas depois de dar uma olhada no Goodreads fiquei mais animada. Faz um tempão que não leio livros adolescentes, espero gostar bastante dele.

    Beijos
    Caline
    http://mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá Julia,

    Esse livro eu perdi a data da solicitação, mas tinha dúvidas em relação a ele, mas sua resenha me deixou com vontade de lê-lo....parabéns...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.