Jogos Vorazes + Em Chamas - Susanne Collins

“– Tínhamos que salvá-la porque você é o tordo, Katniss – disse Haymitch. – Enquanto você viver, a revolução vive.
O pássaro, o broche, a canção, as amoras, o relógio, o biscoito, o vestido em chamas. Eu sou o tordo. O que sobreviveu apesar dos planos da Capital. O símbolo da rebelião.” (p. 408)

COLLINS, Suzane. Jogos Vorazes. Rio de Janeiro: Rocco Jovens Leitores, 2011. (Jogos Vorazes, v. I)
COLLINS, Suzane. Em chamas. Rio de Janeiro: Rocco Jovens Leitores, 2011. (Jogos Vorazes, v. II)


No mês de março de 2012, em uma varanda próxima do mar, eu concluía a leitura de Jogos Vorazes. Lembro-me de como fiquei, ao fim da leitura, por vários minutos com aquele livro no meu colo, olhando para a capa, tentando entender o que tinha sido tudo aquilo. Tudo aquilo que eu nunca soube expressar, tanto que a resenha do livro nunca foi ao ar neste blog.

Claro que vocês não estão interessados em saber nada disso, mas a coincidência é que, agora, quase dois anos depois de ter lido o primeiro livro, Em Chamas finalmente me chegou às mãos. E não pude deixar de observar que na cena do desfecho do livro, para mim, ocorreu exatamente da mesma forma, no mesmo lugar, em uma tarde muito semelhante àquela de 2012. E, do mesmo modo como se deu da primeira vez, precisei de bastante tempo para digerir a conclusão da obra.

Como não quero citar nenhum spoiler sobre qualquer dos dois livros, não vou fazer uma resenha estruturada como todas as outras; vou apenas citar, brevemente, minha opinião sobre a série, até agora.

Susane Collins conseguiu construir um mundo distópico completamente horrível, sangrento, mas não impossível, como todas as séries desse estilo literário. O principal: ela conseguiu criar personagens complexos e transmitir todas as emoções por meio das palavras, toda a raiva, a tristeza, o amor... Toda essa mistura de sentimentos acaba por refletir nos leitores que, invariavelmente, sentirão-se imersos naquele mundo distorcido e nos sofrimentos de Katniss.

Depois da presença de Katniss nos Jogos Vorazes, algo se acendeu nos corações dos habitantes de Panem, e vem mudança por aí. Mas, assim como a protagonista não sabe muita coisa, nós não sabemos, e o medo do desconhecido pode nos dar coragem ou nos petrificar de medo. Mudança: essa palavrinha que pode significar tanto e nada ao mesmo tempo, dependendo da postura que se toma frente a ela.

Eu estou com o coração na mão e o livro A Esperança também, que será uma das minhas próximas leituras. Estou com medo das mudanças que vêm por aí, mas aquela pontinha de esperança apareceu também, quase como se eu mesma vivesse toda a história da série, junto com a protagonista. A leitura é recomendada, sem dúvida alguma.



Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

13 comentários:

  1. Li o primeiro livro e amei
    Mas agora estou triste, por não ter mais o segundo para ler

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oiee =)
    essa série ainda não li, mas quero ler, e acredito que será esse ano e um livro atrás do outro.
    Nem vi o filme por esse motivo, espero ser conquistada como a grande maioria foi, pois eu costumo ser do contra o que é muito fervor para a maioria, para mim é morno :|

    Beliscões da Máh ♥
    Blog
    Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oi Julia, essas série é bem forte a autora não poupa os personagens, não poupa as situações. É um livro cruel, doloroso e que mexe com nossas emoções. Meu livro preferido da série e Em Chamas, o filme ficou bem fiel.
    Confesso que Esperança foi meio decepcionante, esperava bem mais e de certa forma ele não atingiu minhas expectativas. Apesar de não ter gostado do final, acho que não podia ser diferente. Espero que você curta.

    Beijos
    Caline
    mundo-de-papel1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Ju*

    Eu li jogos vorazes em dezembro do ano passado e logo quero ler em chamas. Eu adorei o livro e o filme tbm.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  5. Julia, sou apaixonada por essa trilogia! Desde que comecei o primeiro, não consegui mais largar a história... só não gostei muito do final de A Esperança, mas enfim, são livros que valem a pena se ter na estante!

    Ps. seu blog é incrível! Virei seguidora e sempre que der passarei por aqui.

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. oi
    eu fiquei perdidamente apaixonada por essa trilogia e concordo com tudo o que você falou, mas diferente de você eu não consegui esperar tanto tempo entre as leituras, fui devorando um atrás do outro. Muitas pessoas não gostaram do rumo que Esperança teve, mas eu particularmente gostei, espero para ver sua opinião sobre o livro final da série.
    tem postagem nova no meu blog
    espero sua visita
    bjs

    -TÍTULOS DE LIVROS

    ResponderExcluir
  7. Oi Julia, tudo bem?
    Essa trilogia é uma das minhas favoritas, sem sombra de dúvidas. Simplesmente amo, de paixão. E assim como você disse, não acho impossível esse mundo descrito, infelizmente o coração humano tem maldade suficiente. Espero que você termine a leitura de Esperança logo. Esse pra mim foi o livro mais difícil, não por não ser bom, mas pelos acontecimentos.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  8. Essa é uma das minha trilogias favoritas, sou apaixonada pela história e os personagens. Adorei a resenha e concordo com você em várias partes. E espero que você goste de A Esperança, eu gostei bastante do último livro da trilogia apesar de algumas coisas que me irritaram.

    Beijos
    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie Ju
    a trilogia JV foi uma das leituras mais marcantes pra mim. Em especial o segundo livro.
    A esperança foi o mais fraco dos três, apesar de ter gostado do desfecho da obra.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Ju,

    Essa série é muito boa e nos deixa com o coração na mão....kk...você vai gostar de esperança....parabéns pela resenha....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Julia!
    Diferentemente de você, eu não gosto da trilogia Jogos Vorazes. Para ser mais sincero, detesto-a. Uma das piores distopias que li.
    A Katniss irritou-me em todos os livros, confesso. E a história em si não me agradou.
    Enfim, fico feliz que tenhas gostado. Isso é bom.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito da sua resenha, expressou bem sua opinião e me deixou com vontade de reler os livros. Os livros me deixaram com o coração na mão também. Achei o primeiro melhor que o segundo, e agora estou louca para ler A Esperança, mas ainda não comprei/ganhei, pretendo ler antes do filme, porque já estou mega ansiosa! HAHAHA

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  13. Ju, eu devo ser uma das pouquíssimas pessoas que não gosta de Jogos Vorazes. =/ talvez porque distopia não seja um dos meus temas literários preferidos, eu não consegui engrenar na trilogia. mas concordo com você quando diz que a autora criou um futuro caótico para as pessoas mas não impossível. um dia desses tava conversando com outra amiga sobre isso. bom, falta eu ler A Esperança, vamos ver se esse eu gosto =) bj!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.