Prazeres Proibidos - Laura Lee Guhrke


“O que havia com essa mulher que ele não conseguia tirá-la do pensamento? Havia um tempo em que ele mal a percebia. Um tempo em que ele nem mesmo pensava nela a menos que ela estivesse na sua frente, gaguejando explicações sobre traduções de Latim que ele houvesse questionado ou descrevendo os significados dos detalhes de algum mosaico em particular. Ela havia obedecido toda ordem que ele dera, sem uma palavra de protesto. Não importava quanto isso demandasse ou quanto as expectativas dele eram irracionais, ela sempre as havia superado. [...]
Em algum momento, depois de cinco meses em sua casa, ela havia se transformado em algo que ele nunca tinha encontrado antes, alguém que fazia pouco caso de sua posição, de seu título, e dele mesmo, alguém que sempre estivera lá, ele imaginou, escondida atrás de uma máscara impessoal, eficiente, por causa do seu salário.” (p. 245-246 - tradução livre)

GUHRKE, Laura Lee. Guilty Pleasures. New York: Avon Books, 2004.


Depois da morte de seu pai, Daphne Wade ficou sozinha no mundo. Sua mãe havia morrido quando ela ainda era uma criança, e seu avô materno não queria reconhecê-la. Depois de viajar boa parte do mundo acompanhando seu pai no trabalho de restaurar peças antigas, a única esperança de Daphne era um convite do Duque de Tremore, que pretendia abrir um museu com objetos de uma vila romana que descobrira soterrada em suas terras, e que havia mandado passagens para que o ilustre restaurador trabalhasse com ele na Inglaterra. Ela não esperava, porém, que, à primeira vista, se apaixonaria por seu patrão.

Anthony Tremore pensava em encontrar uma mulher para se tornar sua duquesa, mas o amor não era uma opção. Depois de ver tanta tragédia por causa deste sentimento, ele pensava pedir a mão de uma mulher que queria apenas o título e que pudesse cumprir bem o papel de esposa. Mesmo com essas idéias em vista, sua principal preocupação no momento era terminar o trabalho de restauração das peças para poder abrir o museu no prazo combinado. Só que o pedido de demissão de Miss Wade poria tudo a perder, e ele precisava garantir a permanência daquela mulher tão eficiente para que o trabalho pudesse ser concluído.

Prazeres Proibidos, de Laura Lee Guhrke, já foi lançado há bastante tempo, mas ainda não publicado no Brasil. A capa em português é a versão portuguesa, e por aqui apenas um livro da mesma série foi publicado, fora da ordem: Muito mais que uma princesa. Minha curiosidade para ler esta obra se deu por dois motivos: li comentários muito positivos sobre a escrita da autora em outros blogs e, na minha tentativa de inserir mais livros em inglês entre minhas leituras, este específico estava em promoção. Depois de um bom tempo com ele em casa, já havia passado da hora de ler o livro, e a experiência foi ótima.

Better than chocolate”. Uma frase na capa, escrita por Julia Quinn, logo me fez comparar as autoras, mesmo ainda sem conhecer a obra desta última. Em resenhas que li, os romances históricos da minha xará, publicados no Brasil pela Editora Arqueiro, são repletos de romance, leveza e um humor delicioso. E, sem dúvida alguma, estes são os ingredientes principais também desta história.

O desenvolvimento do enredo se dá no ritmo perfeito. O romance não acontece de uma hora para outra, o leitor acompanha o envolvimento de Anthony e Daphne, que é bem lento, e mesmo que pareça ser um contexto totalmente clichê, algumas surpresas estão presentes no livro.

O casal se envolve em um jogo de conquista e, quando se acha que as coisas vão por um caminho, tudo muda novamente. Obviamente, não é nada muito surpreendente, mas tem o toque certo para manter a leitura interessante. O enredo é cheio de momentos bonitinhos e a história, o tempo todo, nos enche de suspiros. A inocência e o orgulho de Daphne às vezes incomodam, porque parecem emperrar o andamento das coisas, mas sua inteligência e sua birra me divertiram também.

Demorei um pouco para concluir a leitura do livro porque ainda não tenho o mesmo ritmo para ler em inglês que tenho em português. Mas nada impediu de curtir o enredo e querer ler sempre um pouquinho a mais, pois a história é deliciosa de ler. Quero muito ler os demais livros da série, mas em inglês (mesmo porque ainda não foram traduzidos), e não sei quando poderei comprá-los. Quem tiver a oportunidade, é uma ótima pedida.





Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

10 comentários:

  1. Ei Julia

    Eu quero ler a série na ordem, adorei este, mas preciso comprar o 2 e 3 de Portugal. Em inglês não me animo ainda, até devia, mas sou mole demais e desanimo. :P
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Julia,
    Apesar de "Better than chocolate" ser um elogio e tanto, o livro realmente não faz meu estilo.
    Ler em inglês é ótimo para aumentar o vocabulário e melhorar a fluências, mas nos primeiros livros é normal ler mais devagar mesmo. Mas tem que continuar insistindo que daqui a pouco vc nem vê diferença entre ler em portugues ou em ingles.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oiii!!!
    Sou super fã desse tipo de leitura! <3 Gostei de saber que o romance não é daqueles rápidos demais, gosto do envolvimento contínuo dos personagens!
    Beijos

    Elidiane
    Leitura Entre Amigas

    ResponderExcluir
  4. Oi Ju*
    Eu não conhecia este livro, mas a temática me agrada. Fiquei curiosa para ler.
    Achei essa capa linda.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  5. Olá Ju,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, mas confesso que não me despertou interesse....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia essa série
    Mas a resenha me chamou muita atenção
    Amo esse tipo de romance

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oie Ju =)

    Aiw *---* Eu quero muito ler essa série! Li apenas o primeiro livro (que fui descobrir que era o ultimo). Acho que vou ter que ler em inglês também, por que pelo visto vai ser difícil lançarem os livros por aqui =/

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  8. Não conhecia NADA da autora até agora e sinceramente, não sei se é açgp que eu leria rs Mas não nego que parece interessante mesmo que eu ande lendo mais fantasia medieval no momento rs

    Beijos,
    Larissa♥

    - Vitamina de Pimenta -

    ResponderExcluir
  9. Oi Julia, tudo bem?
    Já li muito mais que uma princesa e gostei de mais do enredo e da escrita da autora. Não sabia que era uma série, e vou procurar saber mais a respeito. Será que o livro ainda está em promoção? Vou procurar. Ótima resenha.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  10. Oi Julia!
    Não conhecia o livro nem a autora, mas gostei da resenha. Adoro romances, então já adicionei a wishlist.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.