Leituras do Mês - Junho


Mais um mês se foi rapidinho. A partir de amanhã já estamos no segundo semestre do ano, e os dias se passam como água. As aulas da faculdade ainda não acabaram e tenho que estudar muito nestes próximos dias, por conta das provas finais. Mesmo assim, dá para aproveitar algumas leituras e consegui fazer render este mês, apesar de tudo.


http://conjuntodaobra.blogspot.com.br/2014/06/silo-hugh-howey.htmlhttp://conjuntodaobra.blogspot.com.br/2014/06/incendeia-me-tahereh-mafi.html

 

A primeira leitura que concluí em junho foi Silo, que recebi da Editora Intrínseca, e já tem resenha no blog. Logo depois li Incendeia-me, que me encheu de amor por todos os personagens, e também já tem resenha. Para ler, basta clicar nas capas.

Li ainda No limite da atração, que, para ser sincera, esperava mais. Em seguida, fui atraída por Até eu te encontrar, que me cativou pela simplicidade, e a resenha deve ir ao ar ainda esta semana.

Hey, Mr. Postman:

E é claro que as editoras sempre vêm cheinha de surpresas incríveis alegrar as visitas que o correio nos faz.


Recebi os lançamentos de Julho da Editora Novo Conceito e estou mais do que ansiosa para ler todos. Até Man Repeller, que é do selo Novas Ideias, que eu geralmente não curto muito, está bastante interessante e me deixou bem curiosa.


Recebi A Culpa é das Estrelas da Editora Intrínseca. Eu tinha certo bloqueio para ler este livro, mas o lançamento do filme e a edição com a capa do mesmo me convenceram de uma vez.


Todo dia veio de uma troca pelo Skoob, novinho, com plástico e tudo. Adorei, e pretendo ler este livro logo.

E para vocês, o que chegou de bom, e quais as melhores leituras do mês?

Leia Mais
11 comentários
Compartilhe:

Novidades #71: Julho com a Novo Conceito


Eu sou apaixonada pelos livros da Novo Conceito, e acho que já deixei bem claro isso por aqui. Por mais que, às vezes, as capas pequem um pouco, sempre há algo que me atrai para as histórias e não saio ilesa a quase nenhum livro, mesmo que, mais tarde, possa não gostar dele como esperava.

Para este mês de julho, a Editora preparou novidades lindas, livros independentes e continuações de séries de deixar o mundo literário fervendo. Eu estou louca para ler todos eles, então vamos conferir:



Quantos de nós podemos contar com uma segunda chance? Grayson Tyler enfrentou uma tragédia três anos atrás. Agora, ele está recomeçando sua vida nas montanhas da Califórnia. Talvez a paisagem calma, com céu azul, mar e montanhas, o ajude a se esquecer do passado infeliz. Nesse refúgio, ele também deseja ser esquecido por todos que o fizeram sofrer.

A tranquilidade vai embora para sempre no dia em que a energia vibrante de Lori Sullivan invade a sua vida. Uma bailarina tão linda quanto impertinente, que não costuma levar desaforo para casa e não está nem um pouco interessada em agradar. O magnetismo entre os dois promete tirar, literalmente, o sossego de Grayson, mas o fazendeiro solitário não está disposto a baixar a guarda.
Ele não vai deixar essa novata virar sua vida de cabeça para baixo.



Na noite em que o escritor best-seller Vinícius Becker lançou A Máquina de Contar Histórias , o novo romance e livro mais aguardado do ano, sua esposa Viviana faleceu sozinha num quarto de hospital. Odiado em casa por tantas ausências para cuidar da carreira literária, ele vê o chão se abrir sob seus pés. Sem o grande amor da sua vida, sem o carinho das filhas, sem amigos... O lugar pelo qual ele tanto lutou revela-se aquele em que nunca desejou estar. Vinícius teve o mundo nas mãos, e agora, sozinho, precisa se reinventar para reconquistar o amor das filhas e seu espaço no coração da família V. Uma história emocionante, cheia de significados entrelaçados pela literatura, mostrando que o amor de um pai, por mais dura que seja a situação, nunca morre nem se perde.


No interior das muralhas de Baalboden, à sombra do brutal Comandante da cidade, Rachel Adams guarda um segredo. Enquanto as outras garotas fazem vestidos e obedecem a seus Protetores, Rachel é capaz de sobreviver nas florestas e de manejar uma espada com destreza. Quando seu pai, Jared, é declarado morto em uma missão, o Comandante designa para Rachel um novo Protetor: Logan, o aprendiz de seu pai, o mesmo rapaz a quem Rachel declarou o seu amor há dois anos, e o mesmo que a rejeitou.

Com nada além da forte convicção de que seu pai está vivo, Rachel decide fugir e encontrá-lo por conta própria. Mas uma traição contra o Comandante tem um preço alto, e o destino que a aguarda nas Terras Ermas pode destruí-la.

Aos 19 anos, Logan McEntire possui várias faces. Órfão. Rebelde. Inventor. Aprendiz do principal mensageiro da cidade, Logan se concentra em aperfeiçoar seus conhecimentos para escapar
da tirania de Baalboden. Mas seus planos não incluíam tornar-se responsável pela impulsiva filha do seu mentor. Logan está determinado a protegê-la, mas, quando seu plano de fuga fracassa e Rachel é obrigada a suportar as consequências, ele percebe que há mais sentimentos em jogo
do que a simples decepção de Jared.

Enquanto Rachel e Logan lutam para atravessar as Terras Ermas, perseguidos por um monstro que ninguém pode matar e por um batalhão de assassinos com sede de sangue, eles descobrem o romance, a decepção e a verdade que pode desencadear uma guerra latente há vários anos e cada vez mais perto de explodir.



Em uma noite, Indie faz um pedido para uma estrela. Ela quer muito reencontrar a sua lagosta de estimação, e também quer que sua irmã Bibi volte a gostar dela. Mas ter os seus desejos realizados pode exigir dedicação integral! Indie trabalha no teatro durante o dia, mostrando a Bibi e seus amigos o quanto ela pode ser útil. À noite, ela procura sua lagosta perdida, e para isso conta com a ajuda de seu novo grande amigo, Owen. Tudo vai bem até que Bibi e sua turma começam a pegar no pé de Owen, o maior exemplo de nerd e futuro loser. Será que Indie vai conseguir manter em segredo sua amizade com Owen? Será que, para ser uma pessoa melhor, Indie precisa mesmo ser diferente?


No quarto livro da série Bruxos e Bruxas, Whit e Wisty, agora membros do Conselho, estão tentando reconstruir a cidade depois de derrotar O Único Que É O Único, o vilão mais malvado do mundo.
Quando tudo parece correr bem, surge uma nova ameaça, personificada na figura do cruel Rei da Montanha. Ele é um mago indestrutível, que deseja a todo custo dominar a cidade. Sem água e prestes a ficar sem alimentos, a população conta com os irmãos Allgood para sobreviver.
A aventura e o suspense fazem o leitor prender a respiração a cada vez que um capítulo termina. Mas, com um título como esse, não poderia faltar romance no novo livro de James Patterson...
Wisty está encantada pelo jovem Heath, que compreende tão bem os seus dilemas afinal, ele também é um bruxo. Talvez Wisty possa se unir a Heath na guerra contra o Rei da Montanha. Mas o que será que Whit acha disso?
Se você ama romance, mistério e ação, O Beijo é o seu livro! Páginas muito intensas, desfechos surpreendentes... Mais uma prova de que James Patterson é o maior autor da sua geração.



Em seu primeiro livro, a badalada blogueira e queridinha do mundo fashion conta suas divertidas memórias. Com jeito insolente, uma franqueza desconcertante e fotos de seu arquivo pessoal, Leandra compartilha detalhes da noite em que perdeu a virgindade, quando esqueceu de tirar as meias soquetes brancas, e descreve o momento em que percebeu que a clutch Hermès vintage da sua avó, feita de pele de avestruz, poderia guardar muito mais do que a chave e o celular.
Leandra é a prova de que não precisamos trair nosso estilo repelente nem mesmo ao procurar o vestido de noiva (que pode ser muito bem ser combinado com uma jaquetinha perfecto de organza).
Exibindo as opiniões originalíssimas de uma blogueira que ganhou milhões de fãs, este livro reúne experiências divertidas e meio bizarras, uma história amor superdoce e, acima de tudo, um lembrete para celebrarmos um mundo que é feito pelas mulheres e para as mulheres.

E vocês, gostaram de algum?

Leia Mais
10 comentários
Compartilhe:

Incendeia-me - Tahereh Mafi

Sinopse: UM DIA EU POSSO ROMPER UM DIA EU POSSO R O M P E R E ME LIBERTAR NADA MAIS VAI SER IGUAL O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado. Juliette foi a única que restou no caminho d O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O Restabelecimento não sobreviverá. Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira. (Skoob)
MAFI, Tahereh. Incendeia-me. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014. 


A trilogia Estilhaça-me me pegou de surpresa. Li o primeiro livro esperando algo, mas logo me vi envolvida em um enredo completamente diferente – e muito melhor do que eu imaginava. O segundo volume pareceu um aquecimento, um meio termo entre a introdução e aquilo que ainda estava por vir e, apesar de não entregar o jogo, deu um gostinho do Tahereh Mafi preparava. Agora, Incendeia-me veio para abalar estruturas, enfeitiçar os que ainda resistiam e derreter de vez todo o gelo de nossos corações.

"Palavras, eu penso, são criaturas muito imprevisíveis. Nenhuma arma, nenhuma espada, nenhum exército nem rei um dia será mais poderoso que uma frase. As espadas podem cortar e matar, mas as palavras vão golpear e ficar..." (p. 116)

Juliette mudou, intensamente agora. O leitor percebe logo essa mudança, e a personagem também, e isso reflete inclusive nos pequenos detalhes, bem como na própria narrativa, feita em primeira pessoa pela protagonista: não há um único tachado em todo o livro, o que mostra que a insegurança é algo que está fora do vocabulário de Juliette; bem resolvida, suas palavras têm uma nova força e, além das belas frases que sempre se fizeram presentes na escrita de Mafi, há agora uma intensidade que deixa o leitor inebriado. É fácil se perder na leitura e esquecer de todo o resto. 

Se existia dúvidas em relação ao triângulo amoroso, toda e qualquer barreira existente é derrubada neste livro, e os sentimentos desaguam com tanta força que nenhum argumento contra conseguiria resistir. É o certo e o perfeito se concretizando de uma só vez. E é tanto, mas tanto amor neste livro, que é quase como se nossos corações pudessem explodir ou, pelo menos, saltitar de felicidade.

"E nós somos aspas, invertidas e de ponta-cabeça, agarradas uma à outra no final desta sentença de vida. Presos por vidas que não escolhemos". (p. 282) 

Porém, como nos livros anteriores, a obra não trata apenas de romance. O “poderes especiais” são trabalhados com maior clareza e existe uma guerra a travar. Essa mistura dá o toque de adrenalina na medida para as cenas de ação, que sempre estão bem colocadas no contexto, sem destoar de todo o resto. 

E os personagens... são simplesmente fantásticos. Às vezes me questiono como a autora conseguiu passar para o papel características tão bem delimitadas sem se perder e ainda nos conquistar tão profundamente. Warner e Adam, com suas qualidades e imperfeições, já tinham seu espaço cativo, mas James, todo o Ponto Ômega e – principalmente – Kenji, conseguiram mostrar facetas lindas e inesperadas. 

Sentirei falta de todos eles, mas sinto que não poderia ter sido melhor. Talvez, apenas, a história merecesse um capítulo mais para contar o depois, sem deixar reticências tão grandes. Ainda assim, terminei a leitura com a sensação de “dever cumprido”, um calorzinho no coração, e intensamente apaixonada pela saga criada por Tahereh Mafi.


#1 - Estilhaça-me
#2 - Liberta-me
#3 - Incendeia-me

Contos:
#1,5 - Destrua-me
#2,5 - Fragmenta-me
 

Leia Mais
10 comentários
Compartilhe:

Conjuntando #24: Maio em fotos

Ok, ok... Eu sei que maio já acabou faz tempo, mas eu não podia deixar o que apareceu lá no Instagram do blog. Não fiz isso antes porque até então a programação das postagens aqui estavam tão cheias que não foi possível encaixar esta. Mas, antes tarde do que nunca, não é?

 
 

 E vocês, o que mais curtiram de maio?




Leia Mais
4 comentários
Compartilhe:

Resultados: Promoções

Olá queridos,

Há algum tempo estou devendo o resultado de algumas promoções. Algumas delas até já entrei em contato com os ganhadores, mas não tinha tido a oportunidade de divulgar aqui. Então, mãos à obra!

http://conjuntodaobra.blogspot.com.br/2014/05/promocao-3-anos-do-aritmetica-das-letras.html 

A primeira delas é a promoção de Aniversário de 3 anos do blog Aritmética das Letras. Os sorteados foram:

a Rafflecopter giveaway

~~*~~*~~
http://conjuntodaobra.blogspot.com.br/2014/05/promocao-o-segredo-do-meu-marido.html

A segunda promoção, que eu fiquei devendo resultado por aqui, foi do livro O segredo do meu marido, sorteado em parceria com a Editora Intrínseca. A sortuda foi a Raquel, que inclusive já recebeu o prêmio.

a Rafflecopter giveaway

~~*~~*~~

http://conjuntodaobra.blogspot.com.br/2014/06/oitnb-orange-is-new-black.html

A última promoção pendente é a Ação #OITNB, em parceria com a Editora Intrínseca, que sortearia, via Facebook, um exemplar do livro Orange is the new black + uma camiseta personalizada.

A sorteada foi Maria Francisca, conforme resultado aqui.

~~*~~*~~

ATUALIZADO EM 23/06/2014:
 

Eu já tinha feito a apuração do resultado, mas esqueci de divulgar inicialmente o resultado desta promoção aqui. Quem levará para casa o prêmio do Aniversário do Conjunto da Obra por maior participação ativa em todas as promoções será Luciane Rodrigues! Ela fez 353 pontos, muito além de qualquer outro concorrente. Depois dela, apenas Cibele dos Santos, com 276 pontos, e a Ana Lúcia, participante nata do blog, com 289 pontos. Tentarei enviar uns mimos para vocês também.

~~*~~*~~

Parabéns aos sortudos e obrigada mais uma vez pela participação. E não esqueçam que já há novas promoções valendo aqui no blog. Clique aqui e participe.


Leia Mais
4 comentários
Compartilhe:

Promoção: Silo



Comentei no último post as impressões a respeito do livro Silo, da Editora Intrínseca, e sobre a originalidade do mundo criado na narrativa de Hugh Howey. Para que outro leitor tenha a oportunidade de conhecer a história, a editora resolveu disponibilizar um exemplar do livro para sorteio!

Por isso, em parceria com a Editora, o Conjunto da Obra premiará um de seus leitores, que poderá adentrar no mundo do Silo.

Para participar é simples: basta seguir o blog  Conjunto da Obra pelo Google Friend Connect (clicar em "Participar deste site" na barra lateral direita) e preencher essa entrada no formulário. Depois, várias outras entradas serão abertas, para quem quiser ter ainda mais chances.


a Rafflecopter giveaway

As inscrições serão feitas por meio da ferramenta Rafflecopter. Para os que ainda têm dúvidas sobre como utilizá-la, podem ver este tutorial aqui. As inscrições são válidas até dia 16 de julho, e o resultado será divulgado em até 7 dias.

Após o resultado, o Conjunto da Obra entrará em contato com o vencedor por e-mail, que deverá ser respondido em até 48 horas. O exemplar será remetido pela Editora Intrínseca.


Leia Mais
15 comentários
Compartilhe:

Silo - Hugh Howey

O que você faria se o mundo lá fora fosse fatal, se o ar que respira pudesse matá-lo? E se vivesse confinado em um lugar em que cada nascimento precisa ser precedido por uma morte, e uma escolha errada pode significar o fim de toda a humanidade? Essa é a história de Juliette. Esse é o mundo do Silo. Em uma paisagem destruída e hostil, em um futuro ao qual poucos tiveram o azar de sobreviver, uma comunidade resiste, confinada em um gigantesco silo subterrâneo. Lá dentro, mulheres e homens vivem enclausurados, sob regulamentos estritos, cercados por segredos e mentiras. Para continuar ali, eles precisam seguir as regras, mas há quem se recuse a fazer isso. Essas pessoas são as que ousam sonhar e ter esperança, e que contagiam os outros com seu otimismo. Um crime cuja punição é simples e mortal. Elas são levadas para o lado de fora. Juliette é uma dessas pessoas. E talvez seja a última.

HOWEY, Hugh. Silo. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2014. 512 p.


“[...] As coisas estavam mal, de alto a baixo. 
Um grande conjunto de engrenagens tinha saído do lugar. 
Dava para ouvir o barulho da semana anterior, as batidas e o clangor, 
a máquina saindo com um ronco de seus suportes e deixando mortos em seu rastro.
E Juliette era a única que ouvia o barulho. 
Era a única que sabia do problema, mas não sabia em quem
 podia confiar para ajudá-la a resolvê-lo.” (p. 187) 


O futuro distópico descrito em Silo, escrito por Hugh Howey, é apresentado aos poucos aos leitores, que descobrem os elementos mais importantes no decorrer da história, junto com os personagens. Essa formatação, quase como uma ampulheta, foi uma contribuição positiva para a narrativa, por ditar o ritmo da leitura e, principalmente, por mostrar informações para que déssemos um sentido para elas e, no momento seguinte, percebermos que estávamos errados. Construído entremeado por essas reviravoltas, o livro atiça a curiosidade e instiga a descobrir em que está dissimulada a verdadeira natureza do Silo, cuja realidade se mostra um pouco mais a cada capítulo. É fascinante descobri-la assim, aos poucos, mas frustrante ao mesmo tempo, por termos que desfazer todas as conclusões a que chegamos quase sempre, porque o autor simplesmente desviou o foco e nos fez chegar às conclusões erradas.

Os personagens criados por Howey são complexos, inteiros, humanos. Eles são inconstantes e nos fazem ter opiniões conflitantes sobre eles. Ainda assim, é difícil não se envolver por cada um, não compreender suas atitudes, sejam elas certas ou erradas. Nem um deles é bom ou mau, apenas age certo ou errado em alguns momentos. Podemos conhecê-los inteiramente pela divisão criada por Howey: há diversos núcleos, que aparecem mais ou menos conforme a divisão do próprio livro, que é separado em partes. A narrativa é sempre em terceira pessoa, mas sempre pelo ponto de vista de um único personagem.

"Melhor se unir a um fantasma do que se assombrado por ele.
Melhor não ter vida do que ter uma vida vazia..." (p. 112)

 O único problema a ser citado na obra, que advém dessa mesma estrutura do texto, é que a escrita é detalhista ao extremo, fazendo comparações e descrevendo os mínimos detalhes de qualquer ação realizada pelos personagens, o que torna o texto extenso e, por vezes, cansativo. Não que seja chato, pois a linguagem utilizada pelo autor permite filosofar sobre as coisas mais simples; apenas desnecessário: não era preciso mais de um parágrafo ou dois para contar sobre subidas e descidas pelas escadas do Silo, por exemplo, mas o autor se prende nas minúcias. O livro, por isso, se torna demasiado longo para não muitos acontecimentos.

Ainda assim, a obra tem sua originalidade e não peca nas explicações. Ela dá as que são essenciais, apenas para tornar o funcionamento do Silo e a vida dos envolvidos crível, sem se aprofundar muito. Acredito que seja porque o próximo volume, aparentemente, contará como tudo teve início, esclarecendo o que ficou em suspenso em Silo.






Leia Mais
15 comentários
Compartilhe:

Novidades #70: Lançamentos Intrínseca - Junho


É muito bom quando as editoras anunciam seus lançamentos e gostamos de vários deles. São livros e mais livros que queremos muito ler, tanto que fica difícil escolher qual deles ler primeiro.

É o caso da Editora Intrínseca, que divulgou recentemente os livros que estarão nas livrarias este mês. Tem livro para todos os gostos:



A culinária francesa sempre despertou paixões, seja pela sofisticação, pelos sabores delicados ou pelos aromas perfumados. Foram todas essas características que hipnotizaram Rachel Khoo e a levaram a se mudar para um pequeno apartamento em Paris e mergulhar de cabeça na gastronomia mais chic do mundo. Formada na prestigiosa escola de culinária Le Cordon Bleu, Rachel passou a dar seu toque especial a vários pratos renomados como o boeuf bourguignon e o coq au vin.

A pequena cozinha em Paris traz mais de cem receitas entre pratos simples, como a soupe au pistou, lanches para o fim de tarde e piqueniques, refeições completas para a família e os amigos, sobremesas deliciosas e versões especiais dos clássicos, indo muito além dos livros de culinária tradicionais. A jovem chef britânica complementa suas criações com curiosidades sobre cada prato e detalhes do dia a dia na capital francesa. Do irreverente muffin de croque madame ao frango com limão e lavanda, Rachel celebra e desmistifica a culinária francesa, revelando como é fácil transportar para a nossa casa a beleza e o aconchego parisienses. E tudo com ingredientes que podem ser encontrados no supermercado da esquina.




Quando Isabela decide terminar o relacionamento de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota, as amigas acham que ela enlouqueceu. Afinal, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências, existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos. Parece fácil, mas, atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, das tentações da balada e, principalmente, entender que príncipe encantado é artigo em falta no mercado.

Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.


Berlim, 2011. Adolf Hitler voltou. E ele está führioso. Não há mais Evan Braun, nem partido nazista, nem guerra. Além disso, Hitler mal pode identificar sua amada pátria, infestada de imigrantes e governada por uma mulher. As pessoas, claro, o reconhecem – como um imitador talentoso que se recusa a sair do personagem. Até que o impensável acontece: o discurso de Hitler torna-se um campeão de audiência no Youtube, ele ganha um programa de televisão e todos querem ouvi-lo. Tudo isso enquanto ele tenta convencer as pessoas de que sim, ele é realmente quem diz ser, e, sim, ele quer mesmo dizer o que está dizendo.

Ele está de volta é uma sátira mordaz sobre a sociedade contemporânea governada pela mídia. Uma história bizarramente inteligente, bizarramente engraçada e bizarramente plausível contada pela perspectiva de um personagem repulsivo, carismático e até mesmo ridículo, mas indiscutivelmente marcante.




Frank Machianno leva uma vida tranquila no litoral de San Diego, onde é conhecido por ser um empresário comprometido e um pai e ex-marido exemplar. Mas nem sempre foi assim. No passado, ele já foi conhecido como Frankie Machine, um perigoso assassino de aluguel. E quando o filho do atual chefe da máfia lhe pede um favor, Frank se vê obrigado a atender e as ameaças de sua antiga profissão voltam a atormentá-lo. Alguém do passado o quer morto e ele precisa descobrir quem e por quê. O problema é que o rol de candidatos é tão extenso quanto a lista telefônica da Califórnia e o tempo de Frankie está acabando.





Joia não conheceu seu irmão, John, que morreu ao saltar do penhasco justamente no dia em que ela nasceu. O garoto tinha o apelido de Passarinho, dado pelo avô, que adorava ver o menino se divertir subindo e pulando de qualquer lugar. Após sua morte, o avô de Joia parou de falar, e a menina cresceu em uma casa tomada por segredos, silêncio e culpa. Até que, aos doze anos, ela conhece um garoto misterioso que também se chama John. O avô está convencido de que esse novo amigo é um duppy – um espírito maldoso –, mas Joia sabe que isso não é verdade. E talvez em John esteja a chave para quebrar a maldição que caiu sobre a família de Joia desde que Passarinho morreu.


Madelyn Hawkins está cansada. Cansada de ser sempre perfeita. Cansada de tirar A em tudo. Cansada de seguir à risca os planos que os pais fizeram para ela. Cansada de ser algo que não é, algo que não quer ser. E então ela conhece Bennet Cartwright. Inteligente, sensível, engraçado. A seu lado, ela se sente livre e independente. Uma história de amor que poderia muito bem ter um final feliz, não fosse por um detalhe: Maddie tem apenas dezesseis anos, e Bennet, além de ter vinte e cinco anos, é seu professor. Para piorar a situação, ao ver que o sentimento é recíproco, ela decide não revelar sua idade. Não demora muito para que as coisas comecem a dar errado, e os efeitos da farsa de Maddie ganham contorno devastadores quando a verdade vem à tona.


E aí, quais vocês gostaram mais?

Leia Mais
14 comentários
Compartilhe:

Especial #14: Música em Matarana


Música! Música move a vida, alimenta a alma e está onde quer que estejamos. Música sempre se faz presente, seja numa batida de pé, num tamborilar dos dedos, em nossa mente.

E não poderia ser diferente nos livros que lemos. É como se cada obra vibrasse seu ritmo, impusesse à nossa imaginação sua própria trilha.

Hoje, me foi dada a responsabilidade de colocar neste post as músicas que pulsam dos livros da série Matarana. Espero conseguir fazer isso de forma minimamente competente e mostrar a vocês, com bases musicais, um pouquinho das emoções que a escrita desta autora fantástica que é Janice Diniz consegue nos provocar.



A Janice não sabe, mas ela me ajudou a montar essa playlist neste e em outros posts no Facebook ;)


 








Algumas mais fortes, outras mais românticas ou melancólicas... Mas todas as músicas remetem facilmente a um outro lugar, a um outro momento, e criam aquele clima apaixonante da cidade de Matarana. Lembro de algumas que, inclusive, foram citadas pela autora e inserida no próprio contexto dos livros, o que as identificou ainda mais com a série.

Se vocês gostaram da seleção, que tal conhecer também nosso time de caubóis?




Leia Mais
9 comentários
Compartilhe:

Especial #13: Semana Janice Diniz


Olá galerinha! Tudo bem?

O Inteiramente Diva se juntou com outras blogueiras amigas para preparar uma semana especial, em nossos blogs, dedicada a diva-escritora-amiga Janice Diniz. Ela vem nos encantando com as suas histórias, nos apresentando personagens que cativam por serem humanos e críveis – mas nem por isso menos encantadores – e narrativas capazes de transportar o leitor para os universos criados por essa mente tão brilhante! Durante essa semana nós estaremos postando diversos conteúdos, inspirados nas obras e personagens criados pela Janice, e esperamos despertar em você, querido leitor, a vontade de conhecer a escrita amor dessa autora! Nós temos a certeza que ela vai conseguir te conquistar, assim como nos conquistou.

Confira os sites das séries da autora: Série Matarana e Cowboys de Santa Fé

E para nos alegrar ainda mais, que tal um sorteio valendo uns mimos lindos?! 

a Rafflecopter giveaway

O 1º sorteado ganhará 4 bottons (3 da série Matarana e 1 de Profundo Amor) + marcador da série Matarana e teremos mais 3 sorteados que ganharão marcador da série também, ok? Participem e boa sorte!

As postagens que valerão como chances extras para o sorteio serão atualizadas nesse post conforme forem ao ar, segundo o calendário abaixo:

- 10/06: Conjunto da Obra;
- 11/06: Inteiramente Diva;
- 12/06: Seja Cult;
- 13/06: Livros & Fuxicos;
- 14/06: Minha Vida Literária;
- 15/06: Meu Jardim de Livros.

Leia Mais
4 comentários
Compartilhe:

Promoção: Liberta-me


Neste mês de junho foi lançado o terceiro e último livro da série Estilhaça-me pela Editora Novo Conceito. O livro, intitulado Incendeia-me, já foi bastante comentado em outros blogs como um livro ótimo para finalizar uma série que deixará saudades.

Na última quarta-feira, publiquei no blog a resenha do livro Liberta-me, segundo volume da trilogia. E como muitos ainda não tiveram a oportunidade de ler o segundo livro, o Conjunto da Obra vai sortear um exemplar do mesmo para deixar alguém mais feliz.

Para participar é simples: basta seguir o blog  Conjunto da Obra pelo Google Friend Connect (clicar em "Participar deste site" na barra lateral direita) e preencher essas entradas no formulário. Depois, várias outras entradas serão abertas, para quem quiser ter ainda mais chances.

a Rafflecopter giveaway

As inscrições serão feitas por meio da ferramenta Rafflecopter. Para os que ainda têm dúvidas sobre como utilizá-la, podem ver este tutorial aqui. As inscrições são válidas até dia 02 de julho, e o resultado será divulgado em até 7 dias.

Após o resultado, o Conjunto da Obra entrará em contato com o vencedor por e-mail, que deverá ser respondido em até 48 horas. O exemplar será remetido em até 30 dias.

Participe ;)

Leia Mais
7 comentários
Compartilhe: