TAG: Problemas de um leitor

Oi galerinha, como vocês estão?

Fui indicada para muitas tags recentemente, então de vez em quando vocês verão alguma nova por aqui. Na de hoje, fui indicada pela Nessa, do blog Diário de Incentivo à Leitura, e o objetivo é que os blogueiros respondam algumas perguntas sobre os problemas que mais afligem os leitores.


1. Você tem 20 mil livros para ler. Como você decide o vai que ler?
R: Sou totalmente aleatória. Eu não tenho uma regra para decidir, geralmente leio o que tenho vontade no momento. Minhas exceções são as parcerias do blog, que eu dou prioridade, mas sempre intercalo com algum que seja meu.

2. Você está no meio de um livro, mas não está gostando. Você para ou continua?
R: Depende. Se eu não estou gostando, mas, apesar de eu não conseguir me envolver com a história, a leitura flui, o que acontece na maioria das vezes, eu continuo. Se não estou gostando mesmo e não tenho vontade de ler, tento intercalar com outros, para dar uma última oportunidade.
Se nem assim a leitura anda, eu deixo o livro de lado. Mas é muito, muito difícil mesmo eu fazer isso. Quando eu começo uma história, geralmente levo ela até o fim, senão corro o risco de ficar com os personagens na cabeça e a dúvida sobre o que teria acontecido com eles não me deixa em paz. rsrs

3. O fim do ano está chegando e você está perto, mas não tão perto de finalizar sua meta de leitura. O que você pretende fazer e como?
R: Nada. As minhas metas são mais um controle, não uma obrigação. Ler tem de ser um prazer, não um prazo a cumprir. Já tenho o bastante disso no meu trabalho e na minha vida - sou movida por metas. Mas isso não se aplica à leitura. Às vezes rende, às vezes não. E eu faço faculdade, trabalho, tenho casa para cuidar, preciso me dar um desconto.

4. As capas de uma série que você ama são horríveis! Como você lida com isso?
R: Apesar de gostar muito de capas bonitas, como todo mundo, elas não definem os livros que eu leio ou não. Até porque não são as capas que dizem se um livro é bom, isso não é termômetro. Além disso, muitas vezes uma capa que parece feia, passa a fazer todo o sentido depois que o livro é lido, e você percebe que não poderia haver capa mais perfeita. Acho que lido muito bem com isso. rsrs

5. Todo mundo, incluindo sua mãe, gostam de um livro que você não gosta. Como você compartilha esses sentimentos?
R: Sem drama. Se eu não gosto, não gosto. Não vou dizer que gosto para agradar alguém. Já teve caso, inclusive, de eu ler um livro, não gostar, e indicar para minha irmã dizendo que ela iria amar. E ela amou. 

6. Você está lendo um livro e você está prestes a começar a chorar em público. Como você lida com isso?
R: Essa é difícil. Eu odeio chorar, ainda mais em público. Mas sou totalmente coração mole e não é difícil me fazer chorar. Quando eu vejo que vou entrar em desespero com o livro, fecho ele, respiro fundo, e me determino a terminar quando chegar em casa. Se é o caso de apenas marejar os olhos, ou deixar cair algumas lágrimas silenciosas, eu continuo. Dou uma secadinha no canto dos olhos de vez em quando e vamos lá! rsrs

7. A sequência do livro que você ama acabou de sair, mas você esqueceu parte da história anterior. Você lê o anterior novamente? Pula para a sequência? Lê uma sinopse ou resenha? Chora de frustração?!
R: Pulo para a sequência. Se eu não lembro realmente nada, mesmo depois de começar a ler a continuação, eu tento ler algo sobre o livro para relembrar - a sinopse, uma resenha, um comentário. Nunca precisei voltar a ler um livro para poder continuar uma série, só voltei a ler um livro que já li quando a vontade era de reler mesmo.

8. Você não quer que ninguém, NINGUÉM, pegue seus livros emprestados. Como você educadamente diz às pessoas NÃO quando eles perguntam?
R: Bom, eu já tive ciúmes dos meus livros a ponto de não emprestar. Emprestava apenas para quem eu confiava inteiramente, e somente depois de dar centenas de instruções. Muitas vezes a pessoa desistia, percebendo que eu não queria emprestar. rsrs Hoje eu desapeguei quase 100%. Digo: esse livro é muito bom, quer ler? Eu empresto! Criei um carinho especial pelos livros mais batidos, usados, já que significa que eles foram realmente lidos. Mesmo quando eles não voltam ou demoram muito para voltar. Eu provavelmente não vou reler, o que significa que eles ficariam parados na estante, e como sei com quem estão todos, só pergunto de vez em quando se já leu, quando vai me devolver, mas sem me estressar com isso. Criei uma nova filosofia sobre a circulação da leitura. É difícil, mas precisamos desapegar. Só não empresto os que não li ainda, mas sempre garanto que, depois que eu ler, empresto sem problemas. 

9. Déficit de Atenção. Você não conseguiu ler os livros que queria no último mês. O que você faz para voltar a ler mais?
R: Como já comentei antes, não dá para eu me estressar com isso. Ler é o meu lazer, se eu não consigo ler muito, paciência. Tenho compromissos demais na minha rotina, então só posso esperar pelas férias para ler mais. Nada a fazer.

10. Há muitos livros novos que foram lançados e que você está morrendo de vontade de ler! Quantos deles você realmente compra?
R: Dificilmente compro algum. Eu tenho livros parados na estante que quero muito ler, então quando não leio os livros de parceria, recorro a eles. Claro que tem vários lançamentos que eu gostaria de ler, mas seriam outros que ficariam parados na estante, e eu dou valor ao meu dinheiro. É mais fácil eu comprar algum para dar de presente, ou ganhar algum de presente. Em 2015 só comprei 7 livros para mim, não devo ter gastado mais de R$10 em cada um, mas acho que comprei o dobro dessa quantidade para presente.

11. Depois de ter comprado os novos livros que você tanto queria, quanto tempo eles ficam em sua prateleira antes de você realmente ler?
R: Como não compro muitos, não ficam tanto assim. Dos novos que compro, acho que eles ficam, no máximo, um ano, quando eu realmente estou enrolada para ler, porque eu sempre dou prioridade para eles nas minhas férias.

E vocês, como lidam com os problemas que afligem todo leitor? Não vou indicar ninguém para a tag hoje, mas respondam se acharem legal, adorarei ver as respostas!

Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

6 comentários:

  1. Oi Ju!

    Eu sempre dou preferência para os livros de parceria... Por isso só solicito aqueles que realmente quero ler, se não ficam um ano parados na estante. Eu ainda não gosto muito de emprestar, nunca tive boas experiências. Uma coisa é o livro ser lido, estar batido e tal, mas ainda assim conservado; outra coisa é comerem macarrão em cima do seu livro, né? Eu ainda compro muitos livros, mas ultimamente compro bem menos. Agora ganho a maioria, o que eu acho que é bom. AHUEHAUEHAE

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vixi, macarrão? é, eu nunca passei por uma situação assim, ainda bem!

      Beijos

      Excluir
  2. Oi Júlia
    Sou bem parecida com você no que se trata desses problemas. Não fico neurada com minhas metas, empresto livros (menos os que ainda não li), leio com calma... A única coisa que difere é que já abandonei alguns livros. Quando a leitura não me prende, eu tento intercalar, se não rola, eu deixo de lado pra tentar numa outra oportunidade.
    Beijinhos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
  3. Oi Ju
    Curti suas respostas!!
    Ai, eu ja cheguei a emprestar meus livros. O ultimo que emprestei acabei dando para a pessoa, pois ela deixou cair no chão e arrastou não sei como, ficou todo sujo e capa rasgada. Ela queria me pagar, mas ai como era uma amiga eu disse que não precisava e ja que ela nao tinha terminado de ler, disse que podia ate ficar com ele. Ai decidi que nunca mais vou emprestar, pq se pra quem eu confio acontece essas coisas imagina os outros. tenho ciumes das minhas coisas, gosto de ter meu livro intacto sabe. Eu cuido, carrego numa sacolinha da arqueiro e tal pra não estragar, uso capas de tecido, dai empresto e volta assim, não dá né.

    Tenho poucos livros parados na estante, pois os que estavam a decadas e eu não iria ler fui no sebo e troquei. As vezes eu comprava por impulso e acaba não lendo, e com o tempo não lia mesmo. Ultimamente eu leio os de parceria quando chegam, e vou lendo os comprados em seguida. Sem pilhas.


    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Ju! Muito legal essa Tag, gostei muito das suas respostas, só empresto livros para amigos de extrema confiança, pois já aconteceu do livro volta estragado e nunca me devolver, estou tentando nunca mais ler séries cuja as sequencias não tenho ou ainda nem saiu, pois esses dias li um que o final me deixou com ódio mortal da autora.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a tag, o problema que mais me identifiquei foi o de estar lendo em público e surgir um trecho emocionante do livro e escorrer umas lágrimas, já aconteceu diversas vezes isso comigo, achei bem divertida e criativa a tag.

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.