Another - Yukio Ayatsuji

Sinopse: Koichi Sakakibara é um ginasial comum de saúde frágil. Após uma crise pulmonar e uma repentina viagem de seu pai, o jovem é obrigado a se mudar para a cidade natal de sua falecida mãe, Yomiyama, e ficar sob os cuidados de seus avós maternos. Ao se transferir para a Escola Ginasial Yomiyama do Norte, o garoto percebe um estranho clima de tensão entre seus colegas e os professores responsáveis pela sala. O garoto foi enviado para a Turma 3-3, uma sala especial. O que Koichi não sabia é que um inexplicável fenômeno ronda essa classe e que, enquanto ele tenta chegar ao fundo dos segredos e acidentes sem sentido do seu novo cotidiano, uma inegável e fatídica verdade se revelaria: "Esse é um ano que tem!" Grande sucesso no Japão, o romance de suspense Another rompeu as barreiras da literatura impressa e foi adaptado em mangá, animê e ainda se aventurou em um longa-metragem em live-action para os cinemas. No Brasil, tanto a animação quanto o mangá chegaram oficialmente em 2013. O mangá, publicado pela Editora JBC, se tornou um dos maiores sucessos do ano, e agora você tem a oportunidade de ler o livro que deu origem a ele! (Skoob)
AYATSUJI, Yukio. Another. JBC, 2015. 392 p.

Este é daqueles livros que, infelizmente, poucos que acessam o blog irão ler. Isso, porque ele é vendido apenas em bancas e Comic Shops, o que dificulta sua aquisição para os leitores que frequentam apenas livrarias. Mesmo assim, gostei demais para não incluir sua resenha.

Koichi é um garoto de 15 anos que sofre de um problema chamado de Pneumotórax espontâneo primário. Ocorre quando uma parte do pulmão se rasga e um pouco de ar escapa para o tórax, provocando dor no peito e dificuldade na respiração. A pessoa precisa ser internada até o tecido se regenerar. Isso ocorre em algumas pessoas, sem uma causa aparente, que sofrem de estresse, ou um grande susto.

Entenderam o drama? Logo em uma história de terror! Rssssssssss


No início da história, Koichi saiu de Tóquio e foi morar com os avós maternos na pequena cidade de Yomiyama. Quando começa a frequentar as aulas no novo colégio, descobre que existe uma maldição, ou um fenômeno, como eles preferem chamar, que mata alunos ou professores, e seus familiares, ligados à turma 3-3, durante todo o ano letivo, a menos que uma contramedida seja tomada para evitar isso.

Esse fenômeno começou 26 anos antes, quando Misaki, o aluno mais popular da sala, morre de forma inesperada. Como todos ficam transtornados, decidem fingir que ele ainda está presente, inclusive os professores. No fim do ano, na foto de formatura, eles descobrem algo que não esperavam: Misaki aparece na foto!

"Devagar, voltei a colocar o celular no ouvido. Então, ouvi um som seco, muito alto. Parecia o som do celular se chocando contra o chão. E, então, o ruído voltou com toda a força. No instante em que a ligação entre os dois aparelhos estava prestes a ser interrompida... Ouvir por um instante, mas claramente, o gemido de dor da (...)."

No ano seguinte, as mortes começam. Sempre um aluno por mês, ou algum seu familiar, de forma acidental. Alguns anos depois, eles finalmente conseguem encontrar uma forma de impedir que alguém morra: precisam fingir que um dos alunos da sala não existe, como se ele fosse o próprio Misaki.

Koichi, sem saber disso, insiste em conversar com Mei, uma menina da sala que usa um tapa-olho, só que ela foi a escolhida para ser ignorada. Ao fazer isso, Koichi interrompe a contramedida e as mortes recomeçam.

Sem dúvidas, os japoneses sabem como criar histórias de terror. As situações que acompanhamos são bem construídas e os personagens cativantes e misteriosos. A leitura aumenta nossa imaginação, e, em certos momentos, cheguei a olhar se não havia alguém atrás de mim! Kkkkkkkkkk

"Uma das regras que a Reiko me contou a noite me veio a mente. Se escutar um corvo grasnar na cobertura da escola, precisa sair de lá começando com... o pé direito? Ou o pé esquerdo? Não me lembrava. Tive a impressão de que era com o pé esquerdo... mas enquanto eu tentava me lembrar, a Mei abriu a porta e desapareceu. Ela entrou com o pé direito."

Uma coisa importante nesse tipo de história, é a descrição do ambiente onde as coisas acontecem. É necessário existir um detalhamento dos lugares, criar a atmosfera propícia para o susto. E o autor soube fazer isso de forma criativa, sem apelar para o óbvio.

As mortes são do tipo que deixam bastante sangue, lembrando um pouco outra obra japonesa, Battle Royale. E o desfecho acaba por surpreender, quando descobrimos quem é o responsável pelas mortes daquele ano. Não posso entrar em detalhes sobre isso, mas não falta ação, correrias, perigos e mortos.


Another é um dos melhores livros de terror que li nos últimos anos. Ele tem mistérios e situações de arrepiar. Ainda mais quando começamos a descobrir as verdadeiras razões para os assassinatos acontecerem, e que existe entre eles alguém que não deveria estar. ;)
Carlos H. Barros
Carlos H. Barros

Carlos tem várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamenta o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco -, e não saber desenhar. Autor também do blog Gettub

17 comentários:

  1. Nunca tinha visto falar desse livro, apesar de não curtir muito terror, de vez em quando leio algum e esse parece bem interessante, essa resenha me deixou bem curiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, e confesso que estou morrendo de vontade de ler!
    Adoro um bom suspense!!! E estou super curiosa para ler e saber os segredos...hehehe
    Valeu por compartilhar!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  3. Ooi! Não conhecia o livro, fiquei curiosa pra ler essa história apesar de não curir mangás, mais adorei, tô curiosa pra ler! Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, não sabia que Another tinha um livro! Já li o mangá e assisti o anime, amei os dois e agora fiquei bem feliz com essa notícia :) Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Fiquei bem curiosa, após ler a resenha. E a capa é bem convidativa tbm. Espero ter oportunidade de ler. Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Fiquei bem curiosa, após ler a resenha. E a capa é bem convidativa tbm. Espero ter oportunidade de ler. Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Japonês sabe como fazer um bom terror. Geralmente sou medrosa e deixo as leituras de terror de lado, mas gostei muito da história desse e a capa é sensacional. Depois vou dar uma procurada no estante virtual para ver se acho ele :)

    ResponderExcluir
  8. Olá Carlos!
    Eu sabia do mangá, do anime e od live action. Já assisti o anime completo e posso dizer que você realmente se prende a história e fica imaginando o segredo que tem por trás dessa história de terror e mistério.
    Por isso, posso admitir que eu e meus amigos assistimos em um dia o anime.
    Foi uma surpresa muito agradável saber que tem o livro e acho que vou procurar para ler, pois as coisas devem ser muito mais bem descritas.
    Adorei a resenha e saber que Another é um livro de terror ótimo :D
    E é isso e até uma próxima o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Carlos, confesso que a capa do livro me assustou um pouco lendo a sinopse e a sua resenha confesso que o livro não me despertou vontade de le-lo não é o meu tipo de gênero literário que eu gosto de ler bjs.

    ResponderExcluir
  10. Nossa, esse livro parece ser muito legal, eu quero, só não sei como vou fazer pra achar, mas se achar vou ler com certeza :)

    ResponderExcluir
  11. oii, nossa nunca tinha visto falar desse livro, ele parece ser bem legal.
    Fiquei curiosa para ler ele agora rsrs

    ResponderExcluir
  12. Ouço falar bastante desse anime na minha roda de amigos, mas não gosto muito do gênero de desenho animado e também não cogitei assisti-lo, são mortes bem rápidas, os personagens se vão bem fácil, não dá pra acompanhar.

    ResponderExcluir
  13. As histórias de terror japonesas sempre me pareceram as piores, e fiquei muuito curiosa pra ler esse livro. Tenho certeza que ficaria com medo demais, mas adoro histórias de terror.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  14. Eu não conhecia esse livro e, como você mesmo disso, talvez nunca iria saber da existência dele se não fosse a sua resenha, pois realmente só frequento livrarias.
    Mas então, que bom que houve a sua resenha, pois ele supeeeer me chamou atenção! Adoro estórias do tipo, sou realmente fã de terror e suspense. Talvez eu siga a sua indicação mesmo. :)

    Abraço,
    Mago e Vidro

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia, mas já anotei o nome pra procurar. Ainda não li nenhum livro de terror escrito por japonês, será se é diferente. A historia parece ser muito boa esse mistério das mortes que incluem até os familiares me deixou curiosa.

    ResponderExcluir
  16. Bom, o único gênero que acho que nunca vou ler e terro, pelo fato de que sou bem medrosa, porém achei bem interessante esse livro pelo fato de que e em japonês, e eu amo essa cultura, e a história me pareceu ser bastante envolvente, não me interessei pela leitura, mas tenho certeza que quem gosta vai com certeza querer esse livro.

    ResponderExcluir
  17. Eu amo gênero de terror e é algo que o povo japonês sabe fazer de melhor. Amei a premissa desse livro. Fora que é um contanto com uma cultura totalmente estranha pra mim.
    e essa capa?? Medo desde já!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.