Voo Fantasma - Bear Grylls

Sinopse: Mãe e filho são sequestrados de dentro de uma barraca numa montanha nevada. Um soldado leal é torturado e executado num pântano remoto. Um avião de guerra desaparecido, contendo um segredo de proporções catastróficas, é descoberto no coração da Floresta Amazônica. Uma única trama une esses três acontecimentos, e só um homem será capaz de desvendá-la: Will Jaeger, o caçador. Jaeger, ex-combatente do Serviço Aéreo Especial britânico, se vê envolvido numa conspiração que pretende fazer renascer das cinzas o Terceiro Reich de Hitler – e que vai levá-lo da África, via Reino Unido, para as profundezas da Amazônia, onde se escondem segredos macabros da Segunda Guerra Mundial. (Skoob)
GRYLLS, Bear. Voo Fantasma. Editora Galera, 2016. 352 p.

O irlandês Edward Michael Grylls, ou Bear Grylls, fez parte das Forças Especiais Britânicas e tem um programa de TV, no canal Discovery, onde ele filma suas viagens até regiões selvagens do planeta, demonstrando como encontrar o caminho de volta para a civilização, usando, para sobreviver, apenas o que tem às mãos. Seu currículo é extenso, bem como suas aventuras. Sua mais recente incursão tem sido escrever histórias de ação, tão frenéticas quanto sua vida.

Voo Fantasma tem como protagonista principal, Will Jaeger, um soldado que perdeu a esposa, o filho e se encontra sob cativeiro em uma ilha africana, por ter participado de uma missão política que deu errado. Resgatado por seu amigo mais próximo, Raff, ele volta para Londres bem a tempo de ser convidado para substituir um amigo, que cometeu suicídio, na participação em uma espécie de Reality Show, onde os integrantes terão que encontrar um avião alemão da Segunda Guerra Mundial perdido na Amazônia, bem como os segredos que ele guarda.

Will aceita, principalmente com o objetivo de tentar descobrir se seu amigo não foi, na verdade, assassinado. A partir de então, conhecemos os dez integrantes desse show, que são, na verdade, soldados e mercenários de diversas nacionalidades, inclusive uma brasileira.

Toda a trama está repleta de reviravoltas, perigos, conspirações, traições, armas químicas, planos nazistas, além de lugares inóspitos, que reservam todo o tipo de surpresa. O autor descreve todas essas coisas sem ser cansativo, apenas com as informações necessárias para que o leitor se sinta dentro do ambiente, e conheça, principalmente, os insetos e animais que habitam a selva amazônica.

Entretanto, exatamente por toda essa adrenalina, não há muito espaço para o desenvolvimento apropriado de cada personagem, nem mesmo de Will. Ele parece estar sempre ligado em alta voltagem, e leva o leitor junto. Isso pode ser bom para aqueles que apreciam jogos de tiros, por exemplo, ou aqueles livros baseados em jogos, onde o foco é apenas na ação e na sequência dos acontecimentos.

Bear Grylls tem uma forma de escrita um pouco confusa e, em certos pontos, fiquei perdido dentro da quantidade de coisas que aconteciam. Entretanto, na sua maior parte, a leitura é agradável. Recomendo para aqueles dias em que você sente necessidade de gastar sua energia, quando precisa de extravasar, como quando assistimos aqueles filmes de ação de antigamente, com os heróis bombados, cuja munição nunca acaba ;)

Carlos H. Barros
Carlos H. Barros

Carlos tem várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamenta o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco -, e não saber desenhar. Autor também do blog Gettub

14 comentários:

  1. Nossa Carlos adorei sua dica de leitura. Estou nesse momento de precisar extravasar e estou fugindo dos romances rs. Vou add à lista.
    Abraços,
    Juliana.
    www.fabulonica.com

    ResponderExcluir
  2. Admito que fiquei bem confusa com a história do livro, achei que nada faz sentido e com certeza é um livro que não vou ler.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Olha a sua resenha já foi no estilo do livro, kkkk
    Já senti a adrenalina.
    Mas não é o tipo de leitura que eu curta, mas se eu consegui emprestado esse livro com certeza vou ler!
    Boa semana!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  4. Ótima resenha!
    Adoro livros assim com bastante adrenalina que fazem com que o leitor fique atento a tudo, porém acho que o livro seria bem mais interessante se também houvesse um aprofundamento nos personagens como você disse.
    Parece ser bem confuso já que apresenta três acontecimentos diferentes.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro ne parece complexo. Cheio de suspense e um fio que une todos os acontecimentos. Eu gosto de livros assim, mas não agrada a todos. Com certeza tem que estar inspirada e começar a ler bem concentrada.

    ResponderExcluir
  6. Achei interessante que parte da historia se passar na Amazônia e a ideia do Reality Show. Gosto quando o livro é cheio de reviravoltas e principalmente quando o autor consegue descrever tudo sem ser cansativo. Gosto de livros que mostram conspirações, piro nas teorias :) Tenho o livro e pretendo ler ainda este ano.

    ResponderExcluir
  7. Parece ser interessante esse reality show, com bastante adrenalina e com reviravoltas que surpreende o leitor. A trama parece ser misteriosa, quem será que está por trás de tudo. Pena que ficou um pouco confusa assim é chato o leitor tem que ler mais de uma vez essas páginas para ver se compreende melhor o que o autor queria passar.

    ResponderExcluir
  8. oi tudo bem..
    Confesso que na maioria os livros que leio sao romances ,mas sempre tento diferenciar mudadndo o genero ,pra nao ficar na mesmice e esse livro pela sua resenha me chamou bastante atençao,pretendo ler com certeza.
    um abraço e muito sucesso.

    ResponderExcluir
  9. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais curiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  10. esse livro parece ser uma versão escrita de filme tipo carga explosiva, né?
    eu fiquei super curiosa para conferir, tá tudo bem se os personagens não são muitos desenvolvidos. pelo menos dá para conferir muita ação

    ResponderExcluir
  11. Olá! Gostei da resenha, um ar de suspense, mta ação e emoção que envolve a história, me agradou bastante!
    Qro mto conferir esse livro!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    A capa está bonita e a sinopse é muito interessante. Mas lendo sua resenha, fico na dúvida se quero ler o livro, ou não. Pois não gosto muito de enredos muito confusos e onde os personagens são muitos, ou não são muito bem desenvolvidos, devido a rapidez dos acontecimentos. Mas quem sabe venha a ler, se tiver oportunidade. Obrigada por sua resenha, ótima. Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Acredito que nunca lerei esse livro, muito confuso...

    ResponderExcluir
  14. Olá Carlos!!!
    Admito que esse livro não é bem o meu estilo de leitura e com certeza me sentiria feito cego no meio de tiroteio.
    O enredo parece interessante e um tanto confuso, mas acho que pra quem gosta vale a pena.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.