Nunca Jamais - Colleen Hoover e Tarryn Fisher

Foto por: Silviane Casemiro 
Charlie Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar. Charlie e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.
HOOVER, Colleen; FISHER, Tarryn. Nunca Jamais. Rio de Janeiro: Galera Record, 2016. 192 p.

Não me matem, mas tenho uma confissão a fazer: nuca tinha lido nada da Colleen Hoover. E acho que se eu não tivesse solicitado esse livro, ainda ficaria um bom tempo sem conhecer a autora. Mas enfim, eu ainda não sei muito bem o que pensar sobre Nunca Jamais, foram bastantes emoções para duas horas de leitura, nossa sem ora. Eu fiquei totalmente fisgada por essa história, não consegui parar de ler até ter terminado tudo. 

A história já começa super tensa quando Charlie, a protagonista, "acorda" sem nenhuma de suas memórias. Ela não sabe quem é, onde está, onde mora, muito menos o que pode ter acontecido com ela. A pergunta que paira no ar é: por que ela não se lembra de absolutamente nada? Para completar o seu desespero, pouco tempo depois descobre que tem um namorado e para que ninguém ache que ela enlouqueceu (será?), tem que manter as aparências.

Mas vocês não sabem da melhor: aconteceu exatamente a mesma coisa com Silas, o namorado. Aí que as coisas se complicam mesmo! Pra buscar as respostas de todas as perguntas que passam em suas cabeças, os dois se unem para tentar descobrir o que pode ter acontecido para ambos ficarem assim. Porém, o quanto mais eles juntam pistas sobre suas respectivas vidas, mais descobrem que o relacionamento dos dois está uma verdadeira bagunça. 

O livro é narrado sob a perspectiva de Silas e Charlie, com capítulos alternados entre eles e vocês sabem que eu adoro isso, deixa a leitura muito mais objetiva. As autoras guardam as respostas até o último minuto e acho que isso pode acabar incomodando alguns tipos de leitores. Para mim, só fez a leitura ficar mais fluida. Como disse ali no primeiro parágrafo, li tudo numa sentada de tão curiosa que eu estava. 

No decorrer da leitura, a gente acaba descobrindo que Silas e Charlie do passado são duas pessoas horrendas, cruz credo. E o negócio é o seguinte: mesmo com os fatos estapeando a nossa cara, não dá para não torcer por eles. O incetivo para isso foi mínimo, fiquei me imaginando no lugar deles. Além do mais, também queria descobrir que doideira era essa que estava acontecendo nesse livro. Aliás, isso também pode acabar se tornando um problema, já que torna a história meio confusa, pelo menos no início.

Gente, o final, não tem nem como comentar o final. Fiquei com vontade de pular de uma ponte de tanto desespero! O que é que foi aquilo, pelamor de Deus? E o pior: quanto tempo terei que esperar para a continuação? A história acaba tão abruptamente que eu até passei a página para ter certeza mesmo que não tinha mais um capítulo, fui feita de trouxa meeeeesmo (não levem isso a mal, por favor)! Vamos agilizar a publicação aí, Galera!


Ana Clara
Ana Clara

Amante de livros sonha em ter uma biblioteca gigantesca em casa. Lê qualquer coisa que colocarem na frente, desde biografias a rótulos de shampoo. Detesta cachorros e, para ela, os gatos são as criaturas mais fantásticas do mundo. Quando o assunto é música, não cansa de mostrar seu amor pelos Beatles, além de ser fã de fé dos Engenheiros do Hawaii. Também é apaixonada por MPD e louca por O Teatro Mágico do último fio de cabelo até a planta dos pés. Se quiserem saber mais, acompanhem também o blog Roendo Livros.

11 comentários:

  1. Oi.
    Muito boa sua resenha, parabéns. Não li nada dessa autora, apesar de sempre ver muitos comentários a respeito de suas obras. A premissa desse livro não me chama a tenção, então deixo passar essa dica. Quem sabe, depois de publicado a continuação, eu até venha a ler. No momento minha lista de leituras já está imensa. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oii Ana!! Tá perdoada, até pq tbm nunca li nd da Colleen Hoover... rrsrs ;)
    Eu tô namorando esse livro faz um tempo já, bom saber que vc gostou do livro, pq eu tinha dúvidas em relação á ele sabe...
    Mas, lendo sua resenha, aumentou ainda mais minha curiosidade em saber como ficará o destino de Charlie Wynwood e Silas Nash ...
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu também nunca li nada autora, admito que nenhuma obra dela despertou meu interesse. Esse livro pareceu ser bom mas odeio livros com finais inacabados, mesmo tendo continuação não gosto de ficar na curiosidade, prefiro ler esses quando todos já foram lançados.

    ResponderExcluir
  4. Eu li um livro dela e adorei, esse esta na minha lista de compras. Fiquei muito intrigada com essa historia, como pode os dois perderem a memoria e não se lembrarem de nada, fiquei me perguntando quem esta por trás disso e porque.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Ana. Eu li somente um livro dela - que foi perfeito por sinal -, mas sei que a Colleen simplesmente é fenomenal. Quando o livro foi lançado muitas pessoas gostaram bastante dele e peguei o nome para ler depois. Infelizmente ainda não consegui, mas já está na lista.
    Beijão!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  6. Oie
    Até semana passada eu tbm não tinha lido nada da autora, até que li Talvez um dia e curti muito a escrita da autora, pretendo ler outros livros dela, mas prefiro livros que não sejam de série.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Estou doida pra ler esse livro, curto muito a escrita da Colleen Hoover, parece ssuper emocionante e essa resenha me deixou ainda mais curiosa em conferi essa história, porem não pretendo ler agora pois com esse final eu iria ficar desesperada assim prefiro espera sair a continuação.

    ResponderExcluir
  8. Parece emocionante e intrigante, Gostei.

    ResponderExcluir
  9. Também nunca li nada da Colleen Hoover. Quero conhecer os mistérios que envolvem a perda de memoria do casal. Como assim torcemos por eles, mas eles eram pessoas horrendas no passado? Super curiosa para conhecer a historia. Também amo capítulos alternados. Sempre tenho a impressão que assim que ler o primeiro livro da autora vou ler todos lançados de uma só vez. Ela parece maravilhosa.

    ResponderExcluir
  10. Gosto da autora. Ela nos faz sentir grandes emoções. Mas esse livro ainda não li.E me desagradou a forma como termina.
    Assim como você ,detesto ser feita de trouxa,com um final sem final,rs
    Mas não posso deixar de ler.

    ResponderExcluir
  11. Gosto muito de autora.Quero conhecer os mistérios, mas ainda não tenho o livro :(

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.