Semana Especial #1: A atmosfera de Loney


Loney é uma das apostas mais recentes da Editora Intrínseca e, para dar maior visibilidade ao livro, a editora convidou os blogs parceiros para comentarem alguns pontos principais da obra na Semana Especial #Loney. Por coincidência, a resenha que o Carlos programou para ontem foi de Loney, e ele descreveu muito bem os sentimentos trazidos à tona durante a leitura. Agora é minha vez de comentar alguns aspectos da obra, e o tema de hoje é a construção da atmosfera do Loney.

"Se o lugar tinha outro nome, eu nunca soube, mas os moradores chamavam de 'Loney' - um estranho pedaço de lugar nenhum entre os rios Wyre e Lune, aonde Hanny e eu íamos toda Páscoa com a Mamãe, o Papai, o sr. e a sra. Belderboss e o padre Wilfred, o sacerdote da paróquia."

O "estranho pedaço de lugar nenhum" denominado na história como Loney parece, pelas veementes descrições de Andrew Michael Hurley, um lugar de beleza sem igual. Composto pela natureza bruta, indomável, rodeado de praias, rios, matas e penhascos, destaca-se como um lugar que congelou no tempo. As poucas construções humanas existentes, quando não destruídas pela ação do mar, são as mesmas há séculos. Porém, a constante chuva e névoa que se abatem sobre o local o tornam intensamente sombrio.

Mesmo que o livro não trouxesse outros elementos que contribuíssem para o terror da história - o que não é o caso, devo ressaltar -, a simples ambientação seria suficiente para manter o suspense. A narrativa não torna explicita essa sensação, mas, mesmo para o leitor, que não vive de verdade a história, é angustiante a persistente lugubridade do lugar. Durante toda a leitura, senti como se a névoa e a chuva me impedissem de ver o que seria claro à luz do sol, e o clima certamente era um elemento crucial para manter o suspense da trama.

Como o Carlos mencionou na resenha, Loney não é um terror com sangue ou fantasmas, mas o desconhecido mantém um medo enraizado. Sem essa atmosfera peculiar do local, duvido muito que o livro alcançasse o mesmo resultado.









Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

10 comentários:

  1. A editora conseguiu construir uma capa que passa exatamente isso, tenho a sensação de um lugar assombrado, mas não por coisas sobrenaturais.

    ResponderExcluir
  2. Oi Julia!
    Sou suspeita de flar de lugares assim...Apaixonada por inverno, por uma boa história de mistérios e suspense, ansiosa pra conferir o livro!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. O lugar parece ser sinistro e até assusta, dá um ar assombroso, que há qualquer momento vai surgir alguém através da névoa.

    ResponderExcluir
  4. Olá Ju,

    Esse livro está na minha lista de desejados, de cara já me interessei por ele e essa atmosfera com certeza deve fazer muito tremer....kkk...bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Estou com uma grande expectativa para ler esse livro. A capa e a premissa estão ótimas, prometem um enredo muito envolvente. Essa atmosfera está perfeita!

    ResponderExcluir
  6. Acabei de ler a resenha do Carlos e o ambiente que você menciona no post parece ser mesmo essencial para a narrativa da trama. A capa do livro parece retratar bem este ambiente.

    ResponderExcluir
  7. Estou doida pra ler esse livro, parece ser bem emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  8. Bem,se o livro tem como um dos pontos principais o suspense,já fico aqui louca para adquirir .
    E essa capa então!?
    Está magnífica!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.