Traços - Eduardo Cilto

Sinopse: Quando Matheus aceitou acompanhar Beatriz na festa do colégio, jamais imaginou que terminaria a noite participando de um ritual místico (de veracidade duvidosa) para saber o que o futuro reservava para ele e a amiga. Assim que as velas que os cercavam se apagam e uma resposta esquisita encerra a cerimônia, Beatriz leva o resultado a sério e entende que deve fugir da cidade pequena para se encontrar com seu destino nas ruas da capital de São Paulo. Perdido no meio de tudo, Matheus é obrigado a repensar o que considera certo ou errado quando é convidado para participar do plano maluco de fuga e decide que precisa passar por cima dos limites impostos pelos pais para finalmente ser capaz de entender quem realmente é. Os dois amigos partem sozinhos para São Paulo e carregam consigo não somente as malas nas costas, mas também o peso de todos os problemas que achavam que estavam deixando para trás. Sem ter ideia do que estão enfrentando, Matheus e Beatriz descobrem mais sobre si mesmos, criam, quebram laços e encaram desafios que jamais pensaram que confrontariam enquanto contavam as moedas para realizar esse grande plano que iria mudar suas vidas para sempre. (Skoob)

CILTO, Eduardo Traços. Editora Outro Planeta, 2016. 272 p.

Matheus é o melhor amigo de Beatriz, e vice-versa. Mas ele nutre um amor platônico pela menina e não sabe se pode ser correspondido. Beatriz desconhece os reais sentimentos dele, embora todos, no colégio onde estudam, saibam. Na noite de uma festa, os dois vão à casa de Fernanda, uma colega gótica/dark, e participam de um ritual de magia, onde a menina solta uma frase que dispara em Beatriz a resposta para o significado de sua vida: fugir para São Paulo atrás de um youtuber, que faz vídeos de auto-ajuda, porque ela pensa que está apaixonada por ele, que ele é a única pessoa no mundo que poderá entendê-la e que os dois poderão ficar juntos.

Nesse ponto, Matheus chuta tudo para cima, inclusive a relação estável com os pais, e foge com Beatriz, mesmo ela indo atrás de outro. No meio do caminho, eles sofrem assédio por parte de um motorista, roubam, se perdem, encontram drag queens, um lago místico, até que conseguem chegar em São Paulo, apenas para descobrirem que o youtuber foi sequestrado e está sendo obrigado a participar de vídeos de tortura, estilo o que foi visto no filme Jogos Mortais. Fora isso, Matheus encontra Samantha, uma antiga amiga, que balança seu coração para outro lado.


Bem... enfim... vou ser bem direto: realmente é muito ruim. Não gostei de nada do que li. Após a leitura, a sensação que fica é que são várias ideias desconexas, e algumas realmente absurdas, que foram reunidas sem qualquer ligação entre si.

E é isso mesmo que Traços é: um apanhado de várias situações que foram costuradas através de coincidências, de forma que a história seja sequencial, com início, meio e fim. É uma coincidência a frase que Fernanda menciona no ritual de magia, mesmo ela nunca tendo apresentado poderes paranormais; é uma coincidência eles serem resgatados pelas drag queens, que estão indo, exatamente, para o mesmo lugar que eles; é uma coincidência eles encontrarem Samantha, a antiga amiga de Matheus, quando eles não têm onde ficar na cidade; é uma coincidência Matheus ler uma notícia de um vídeo que dá pistas de como descobrir onde o youtuber está sendo mantido em cativeiro; é uma coincidência que o local seja o mesmo local onde Beatriz e Matheus passaram poucas horas antes; é uma coincidência que eles sejam salvos em cima da hora quando estão sendo perseguidos. Resumindo, praticamente todos os problemas são resolvidos pelo destino, por coincidências, e não por ações pensadas, planejadas.

Mas isso não seria um problema tão grande se os personagens fossem, pelo menos, interessantes. Mas não são. Pelo contrário.


Matheus é extremamente indeciso, medroso e ingênuo na maioria dos momentos, mas em outros se mostra uma pessoa totalmente confiante e corajoso o suficiente para contrariar os pais, aventurar-se em uma metrópole imensa, enfrentar assassinos e um possível estuprador, entre outras situações. Mais que isso, até: todo o sentimento que ele sente por Beatriz, sua paixão desde sempre, e que é a motivação para tudo isso, de repente é colocado em dúvida apenas pelo fato dele reencontrar uma antiga colega de escola, Samantha.

Samantha é uma das muitas coincidências que não são explicadas. Em um momento em que Beatriz e Matheus estão sem uma solução para um problema, ela aparece do nada, em uma cidade com milhões de habitantes, e os resgata. Mais que isso: é ela quem está na capa de Traços ao lado de Matheus, e não Beatriz.

Beatriz é uma personagem egoísta, inconsequente, manipuladora e obcecada. Não há como simpatizar com ela. E isso afeta até o que sentimos por Matheus, porque as situações que vão sendo provocadas por Beatriz, e que ele aceita, acoberta e compartilha, apenas com base em um sentimento que ele não sabe se é correspondido, transformam Matheus em um mané completo.

Mas tudo isso não me causou tanto constrangimento quanto o final da história. O destino de Beatriz e Samantha, além da solução para os sentimentos que Matheus nutre, é tão abrupto, tão desproporcional... que me arrependo de não ter começado a ler pelo fim e ter poupado horas de uma leitura frustrante.

Então, se você é fã do youtuber, leia e talvez consiga ignorar todos os problemas
Carlos H. Barros
Carlos H. Barros

Carlos tem várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamenta o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco -, e não saber desenhar. Autor também do blog Gettub

16 comentários:

  1. Eu até estava interessada em ler esse livro só pela sinopse e apesar de não ser fã de youtuber, mas agora depois de ver essa resenha fiquei bastante desanimada em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  2. Olá Carlos! Já venho acompanhando resenhas do livro, e estou bastante curiosa pra conferir, comentários e resenhas mto positivas dele que me deixaram ainda mais ansiosa pra ler!
    Adoreei adorei a resenha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi
    a capa tinha chamado a atenção, mas a sua resenha me desanimou em querer ler, apesar que nem estava curiosa, pena que não gostou da leitura e nem dos personagens.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olha, de sinopse tinha achado ele bem legal. Mas agora me desanimou muito. Não curto quando uma história deixa essa ideia de sem rumo que essa parece ter tido. Se for ler e acontecer o mesmo nem sei se teria coragem pra continuar até o fim. E quando os personagens não ganham a nossa simpatia é ainda pior. É....sei não.

    ResponderExcluir
  5. Oie
    Nossa que pena que vc não curtiu a leitura, eu ainda não li mas morro de curiosidade. Sim, eu acompanho o Eduardo faz tempo e fiquei feliz com a noticia da publicação do seu livro. Pretendo ler e tirar minhas conclusões.

    beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá...
    Confesso que mesmo lendo apenas a sinopse, este não foi um livro que chamou minha atenção. Depois de ler sua resenha infelizmente minha vontade de dar uma chance a essa leitura só diminuiu... Os personagens realmente não parecem ser cativantes... Então não é um livro que fará parte das minhas leituras...
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Quando vi esse livro nas cortesias do skoob já fiquei com o pé atrás pq achei a sinopse bem ruim. Sua resenha só confirmou minha primeira impressão, juro que dei risada com tanta coisa absurda e sem sentido que acontece no decorrer da história, ta ai um livro que poderia não existir.r.

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Quando vi a capa desse livro, achei bonita e imaginei que a premissa seria bem interessante. Mas já li algumas resenhas sobre a obra, que assim como a sua, me desmotivaram completamente. Com certeza não irei gostar e como tenho uma lista grande de livros para ler, não perderei meu tempo. Obrigada pela ótima e sincera resenha. Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Já vi umas duas resenhas positivas desse livro e pensei que seria interessante. Sua resenha me desmotivou um pouco, pois não gosto de histórias desconexas e cheias de coincidências. Vou pensar melhor se leio o livro ou não, mas certamente agora não lerei.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  10. Já li outras críticas negativas sobre o livro e realmente parece de péssima qualidade. Também não gosto de enredos desconexas e de coincidências, isso não faz fluir o livro. Obrigada pela sua sinceridade, agora muitas leituras pensaram duas vezes antes de comprar.

    ResponderExcluir
  11. Olá Carlos,
    Confesso que tenho o pé atrás quando se trata de livros de youtubers, pelo menos as resenhas que já li tive a sensação de serem livros com pouco conteúdo, só enrolação. A sinopse desse livro já não me chamou a atenção, e agora depois de ler essa resenha tão sincera, fiquei ainda mais desanimada em ler. Personagens fracos, nada envolventes, histórias desconexas e sem sentido algum, realmente, esse enredo não é atrativo para uma leitura. Resumindo, não pretende ler, pois a lista de livros na espera está imensa. Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi tudo bem.
    Sinceramente desde de a leitura da sinopse o livro nao me cativou ,entao pensei vou ler a resenha que vai que eu mudo de ideia ,e fiquei mas decepcionada ainda,um livro que personagens nao sao interessantes so pode nao prestar.
    otima resenha.
    Um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir
  13. Parecia ser uma aventura e tanto essa viagem e o resgate do youtuber, pena que não foi, o livro é cheio de coincidências e sem falar na falta de personagens interessantes que tem que conquistar o leitor. Não conhecia o autor e nem li nenhum livro de youtuber.

    ResponderExcluir
  14. Gosto dos videos do Eduardo e quando vi o livro fiquei muito animada para ler. Esta é a primeira resenha que leio do livro e apesar de ser negativa e mostrar vários pontos que que incomodam muito durante a leitura de um livro, eu vou ler assim mesmo e tirar minha conclusões.

    ResponderExcluir
  15. É por esse motivo que não gosto de livros de youtubers. A maioria vende apenas pela fama de quem escreve. Quando li a sinopse desse livro até fiquei curiosa com o enredo, porque aparenta ser uma trama interessante. Mas após ler a sua resenha, se eu tinha um mínimo de interesse pelo livro, ele morreu. Tenho livros demais pra ler pra perder tempo com um cuja história foi mal desenvolvida.

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Quando vi esse livro no lançamento logo me interessei pois achei essa capa diferente e bem legal, mas lendo a resenha a historia me pareceu muito doida, achei meio maluca a personagem fugir e ainda mais o Mateus ir atras e ainda mais as aventuras que eles passam, parece sem muito sentido por isso acho que essa não é uma leitura que irei fazer !!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.