Quando o amor bater à sua porta - Samanta Holtz

Sinopse: Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu.
Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso.
Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade.
O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja.
Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer.
A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego. (Skoob)

Livro recebido em parceria com a Editora
HOLTZ, Samanta. Quando o amor bater à sua porta. Arqueiro, 2016. 304 p.


Faz algum tempo que o nome de Samanta Holtz ronda a blogosfera literária cercado de comentários apaixonados sobre a sua escrita. Como boa apreciadora da literatura nacional, é claro que eu me sentiria tentada a ler algo da autora. Fiquei muito feliz quando soube que a Editora Arqueiro lançaria Quando o amor bater à sua porta e, sem qualquer dúvida, solicitei o livro para leitura.

Não sei dizer exatamente o que eu esperava da leitura, mas enquanto alguns aspectos me surpreenderam e me encantaram, houve outros que me deixaram com a sensação de que eu precisava de algo mais.

"Porque o amor não foi feito para ser entendido, estudado ou explicado; o amor foi feito para ser sentido."

A escrita de Samanta Holtz é leve e bem construída, com medidas dosadas de descrição e narração no mais perfeito equilíbrio. Por isso, é fácil mergulhar na história e criar a empatia necessária com os personagens para poder viver, junto a eles, tudo o que se passa durante a leitura. O livro é ainda cheio de frases de efeito e permeado por intensas e belas reflexões sobre o amor e a vida, como uma grande e complexa poesia.

"- Não. Acredito que temos o poder de mudar o futuro a todo instante, de acordo com nossas escolhas e atitudes. A cada decisão que você toma, por menor que seja, um universo inteiro desmorona e dá lugar a uma nova realidade, que altera todo o curso da sua vida."

Os personagens são intensos e encantadores; Malu tenta passar a imagem de garota durona, mas na verdade, por baixo da casca, esconde uma menina doce e romântica que coloca em suas páginas tudo aquilo que gostaria de viver de verdade. Essa característica da protagonista fica mais clara à medida que Luís Otávio vai derrubando suas barreiras, e eu achei muito doce o modo como ela, finalmente, consegue se mostrar para alguém.

Luís Otávio, por outro lado, desde o início mostra seu encanto. Ainda que não se lembre de nada sobre sua vida, tem uma certeza nas pessoas e no amor que expõe a pessoa otimista que ele provavelmente sempre teria sido. Sua serenidade, apesar da situação atípica que vivia, é invejável, e acredito que, se todo mundo fosse pelo menos um pouquinho como ele, o mundo seria um lugar melhor.

O romance entre os dois é fofo, convincente e apaixonante. Quando percebi, estava tão envolvida quanto os personagens e ri, chorei e amei intensamente durante a leitura.

"- A vida é feita dos momentos que vivemos. Se serão eternos ou passageiros, depende apenas da importância que damos a eles."

A única coisa que não me permitiu achar a história perfeita, devo dizer, foi o fato de o livro se tratar de um romance inteiramente clichê. Não que isso seja ruim, pois, como eu disse, a história me envolveu, divertiu e encantou. Acredito, no entanto, que eu esperava algo além do simples romance, e essa expectativa, que eu nem sabia que existia, me deixou um pouquinho frustrada. Talvez o fato de ter lido este livro na sequência de A Viajante do Tempo tenha influenciado minha percepção, porque este último aumentou bastante minhas exigências no que se refere às leituras.

De todo modo, Quando o amor bater à sua porta é um romance leve e clichê, mas que te faz suspirar e sonhar, sempre, com um belo final feliz.


Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

11 comentários:

  1. Romance e clichê são as coisas que eu mais fujo quando escolho um livro para ler, mas vi muito esse por ai, ouvi falar tanto que estou curiosa para ler.
    Apesar de possuir os elementos que costumo não gostar ele parece ter tudo sob controle (sem os exageros comuns) e parece ser muito bem escrito também, acho que merece uma chance.

    ResponderExcluir
  2. Que sinopse louca e linda! Morro de vontade de ler esse livro, mas ainda não tive oportunidade.
    As vezes esperamos muito do livro mesmo. E com esse não é diferente, já que muitas pessoas já leram e amaram. Então as resenhas acabam influenciando nas nossas expectativas.
    Eu adoro um clichê, mas na medida certa. É verdade que as vezes esperamos algo inovador e não nos satisfazemos ne?! Mas pelo que percebi, você aproveitou a leitura, o que foi ótimo 😃
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Oi Ju
    Eu curti muito a leitura, no inicio eu custei a me conectar com a protagonista, mas conforme fui lendo fui aprendendo a gostar dela. EU adorei o enredo.
    Realmente, depois de ler Outlender é complicado ler outro livro. Normalmente quando eu leio que eu gosto muito, demoro a gostar de outro livro da mesma forma.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um romance leve e clichê, amei a capa e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  5. Quando vi esse livro achei a capa linda e fiquei interessada, pena que não tem nada de mais, parece ser bem simples sem algo que surpreenda. Mas pelo visto ele tem seu lado bom as frases que marcam e as reflexões que nos fazem pensar e repensar sobre nossas vidas. E o Luís que pelo visto ganha o leitor.

    ResponderExcluir
  6. Amei!!
    Já tinha visto algumas resenhas sobre o livro e vou falar que achei maravilhoso, adoro um bom romance mas ultimamente não acho que alguns autores venham diversificando alguns livros!!
    Até mais.

    ResponderExcluir
  7. os comentários são os melhores, estou muito ansiosa para ler o livro! estou curiosíssima!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ju!
    Vejo também muitos bons comentários sobre a Samantha e quero muito poder ler um livro dela, quem sabe esse...
    Adoro romances clichÊs e fiquei intrigada com o fato do protagonista perder a memória e ir bater na porta de Malu e no final, acabarem tendo um romance.
    “Conhecimento sem transformação não é sabedoria.” (Paulo Coelho)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  9. Eu gosto muito de livros clichês, eles sempre me deixam uma sensação de abraço, como se eu tivesse sendo aquecida. Principalmente porque as vezes leio livros que me deixam arrasada, e a escrita da autora parece ser muito bem desenvolvida. Gostei de saber sua opinião sincera.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Que oportunidade boa heim? Sou outra que sempre falo que vou ler algo dela mas até hoje nada.
    Vejo tanta gente falando bem dos livros da autora...
    Esse me pareceu bem bom de sinopse. Todo o mistério, o romance e até as partes clichês parece que foram bem feitas e deixam a leitura maravilhosa de acompanhar. Um bom livro mesmo.
    Super curti, e essa capa é muito amor

    ResponderExcluir
  11. Oie! Como eu estou apaixonada por esse livro! Amo romances de época e com toda ctz este não poderá faltar na minha listinha de desejados né...Tdas as resenhas q li, flam a msm coisa, parece mto bom msm...
    Bjs

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.