O primeiro último beijo - Ali Harris

Fonte da imagem: Gettub
Sinopse: O primeiro último beijo conta a história de amor de Ryan e Molly, de como eles se encontraram e se perderam diversas vezes ao longo do caminho. Na primeira vez em que eles se beijaram, Molly soube que ficariam juntos para sempre. Seis anos e muitos beijos depois, ela esta casada com o homem que ama. Mas hoje Molly percebe quantos beijos desperdiçou, por que o futuro lhes reserva algo que nenhum dos dois poderia prever... Esta história comovente, bem-humorada e profundamente tocante mostra que o amor pode ser enlouquecedor e frustrante, mas também sublime. Na mesma tradição de P.S. Eu te amo e Um dia, O primeiro último beijo vai fazer você suspirar e derramar lágrimas com a mesma intensidade. (Skoob)
Harris Ali. O primeiro último beijo. Editora Verus, 2016. 448 p. 


Neste livro, iremos conhecer Molly e Ryan, que são apaixonados desde a adolescência e, como qualquer casal, tem seus altos e baixos, suas brigas e seus momentos de amor, mas que apesar das dificuldades se amam desesperadamente.

Molly e Ryan são como água e vinho: ela é uma sonhadora, aventureira que tem vontade de viajar pelo mundo e seguir carreira como fotógrafa; ele é um típico menino bonito de cidade pequena que gosta e aprecia as pequenas coisas da vida e é feliz dessa maneira.

"Dizem que há um momento com que toda garota sonha durante a vida inteira. Você sabe: um garoto de joelhos oferecendo-lhe o coração. Bem, eu nunca fui esse tipo de garota. Mas, mesmo se fosse, o momento acabou sendo melhor do que eu jamais poderia ter imaginado."

Com o passar do tempo, o relacionamento deles vai se desgastando, e o amor já não é mais o mesmo, por falta de conversar, talvez, ou pelo fato de não aceitarem que esse relacionamento já deu o que tinha que dar. Ambos acabam cometendo erros, que cada vez mais os separam, até que, por fim, vem a traição. E, consequentemente, a separação. Por uma escolha precipitada, Molly acaba criando o estopim, que leva ao fim desse relacionamento.

Neste livro, vemos que o amor é lindo, porém quando não se da o devido valor, ele tende a se desgastar. A química entre o casal é quase palpável, mas há erros que nem sempre podem ser apagados por um simples "me desculpe" ou um "eu te amo".

Demorei um pouco para me conectar com os personagens, porque o livro tem uma narrativa não-linear, alternando entre presente e passado, o que deixa a leitura um tanto quanto chata no começo. Mas no decorrer da narrativa, vemos como os fatos são interligados e é impossível não torcer pelo casal.

"O beijo é um adorável truque inventado pela natureza para interromper a fala quando as palavras se tornam supérfluas, foi o que Ingrid Bergman disse certa vez, e é verdade."

O primeiro último beijo me levou a fazer diversas reflexões sobre a vida, como um simples momento com a pessoa amada pode fazer toda a diferença, ou nem sempre o amor é lindo como dizem os contos de fadas, e o felizes para sempre pode, simplesmente, nunca chegar.

O livro é narrado em primeiro pessoa pela Molly. Acompanhamos o amadurecimento da personagem, o descobrimento dela como mulher, o reconhecimento de que não é necessário se anular para viver um relacionamento feliz e que, as vezes, é necessário se perder para, enfim, encontrar o caminho de volta.

Fonte da imagem: Gettub

O primeiro último beijo é emocionante, a história foi muito bem construída, cada personagem tem sua personalidade própria, seu jeito de ser, enfim, uma leitura super recomendada.
Marlene Conceição
Marlene Conceição

Apaixonada por livros, amante de séries, sonha em fazer um intercâmbio para estudar, ama ler livros ouvindo músicas de diferentes estilos, seu primeiro contato com a literatura foi através da saga Crepúsculo e desde então esse amor por livros só aumentou.

17 comentários:

  1. Sempre ouço falar deste livro, mas nunca sei se leio ou não. A história aparenta ser legal, mas ao mesmo tempo não me agrada, não sei o porque, é uma mistura de amor e odio. Mas acho que darei a oportunidade e o lerei.

    ResponderExcluir
  2. Ganhei esse livro em um sorteio, mas ainda não li, a historia parece ser bem comovente e deixa o leitor pensando em como as coisas acontecem, da forma que não esperávamos. Muito bom o amadurecimento da personagem, pois ela parece ser daquelas que não esta satisfeita com nada, pois achei legal o Ryan esta feliz com a sua vida acho que isso é o que importa.

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante toda a evolução da história entre o passado e o presente nunca imaginei que o livro se tratava disso mais sei que adorei.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro foi minha segunda leitura do ano. E já comecei o ano me sentindo um droga depois de ler xD
    Não, o livro é ótimo, só que dá uma tristeza quando vai chegando no fim e nada sai como a gente acha que iria acabar. Já desconfiava de alguma coisa que não seria boa, mas não como foi. E que personagem, o Ryan me conquistou já de cara. Tão alegre e feliz sempre, de bem com a vida, aquele garoto de família, pé no chão e cheio de amigos. Pelo jeito da história não é atoa que a gente se apega tanto à ele...
    A Molly também me pareceu muito boa porque através dos pensamentos dela a gente acaba refletindo sobre tantas coisas na vida, do que deixa passar no dia a dia e do que realmente importa no fim...
    Os personagens são muito bem feitos mesmo.
    É um livro muito bom e merece ser lido. Vale a pena.

    ResponderExcluir
  5. é um tanto deprê né. mas é a realidade na vida, as coisas nunca são fantásticas o tempo todo. gosto de livros assim, os personagens claramente se completam, são o equilíbrio um do outro, mas há o desgaste na relação. amei a capa, romântica mas com um que de nostalgia. já vou marcar nos meus desejados =)

    ResponderExcluir
  6. Eu posso dizer que essa escritora sabe como deixar um coração quebrado não é mesmo? Embora não se possa negar que o livro na verdade passe a história de muitos casais que possuem o amor mas na verdade não trabalham nele para se manter forte e esperam que ele se mantenha assim por conta própria. Eu vou colocar esse livro na lista. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Marlene!!
    O livro parece ser bem interessante!! Goste muito da premissa, já li várias resenhas sobre ele algumas positivas outras negativas. Mas acho que vou dar uma chance e conferir a história desse livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Adoro quando as histórias são bem construídas e os personagens são bem desenvolvidos.
    Esse livro parece ser bem completinho. Que prende o leitor do inicio ao fim.
    Ele já está na minha listinha de desejados e espero super conferir em breve.
    Parece ser uma delicinha e bem apaixonante.
    Sua resenha me deixou ainda mais interessada :)
    Fora que essa capa é um amorzinho né? <3
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  9. MARLENE!
    Quando o enredo é bem construído e tem personagens com suas personalidades bem definidas, já é uma boa leitura.
    E gosto quando o autor usa o artifício de passado e presente, assim temos uma visão mais ampliada dos fatos.
    Bom final de semana!
    “A parte que ignoramos é muito maior que tudo quanto sabemos.” (Platão)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  10. Essa história parece mesmo ser super emocionante, sou doida pra ler esse livro, já está na lista de leitura desde a primeira vez que bati o olho nessa capa e li a sinopse, cada resenha que vejo dele me deixa ainda mais curiosa em conferi isso tudo que dizem.

    ResponderExcluir
  11. Marlene, eu estou com um enorme desejo por esse livro desde quando vi o lançamento, pois tanta a capa como o título chamaram minha atenção. Esse livro promete ter uma história muito linda e tocante, no geral gosto quando a trama tem uma carga de emoção bem intensa, isso traz muitas coisas para refletir. Preciso urgentemente desse livro na minha estante!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Escolhas erradas todos fazemos diariamente e isso altera o curso da vida
    Geralmente uma narrativa não-linear não me incomoda muito então o que vai me fazer gostar ou não da narrativa é a escrita do autor que ainda não conheço

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Esse livro tá na listinha desde ano passado e ainda não consegui ler.
    Gostei mto do enredo, personagens, capa...
    Espero ler em breve!
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Eu adoro o título desse livro... Pra mim, a curiosidade quanto a história, começou bem aí. Eu gosto de histórias assim, com envolvimento, uma boa história, convivência, aquela rotina do dia a dia que te faz conhecer os personagens a cada página. Não suporto essas paixões avassaladoras que 5 minutos depois de se conhecerem já estão jurando amor eterno. Mas amor, relacionamento, é isso aí, não é um mar de rosas. Não é algo unilateral, é preciso dois pra que a coisa funcione.

    ResponderExcluir
  15. Eu confesso q coloquei esse livro na minha lista, pela capa, me apaixonei por ela! Gostei da história. Gosto qd personagens passam por transformações no decorrer d um livro. Nada como acompanhar um crescimento desses...

    ResponderExcluir
  16. Este é um dos livros que estão esperando na minha estante para ser lido. Essa coisa de "vida real" que tem nos livros de drama me encanta e sempre faz pensar sobre isso e às vezes bate um vazio... Acho que vai ser essa sensação que terei quando terminar de ler.

    ResponderExcluir
  17. Sou doida pra ler esse livro! A história é muito mais interessante que esses romances melosos que se vê por aí hahaha
    Gosto de personagens e tramas reais, afinal isso de felizes para sempre quase nunca existe.
    Ao contrário de você, amo narrativa que intercala passado e presente e acho que deixa bem mais dinâmica a leitura

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.