Ao seu encontro - Abbi Glines

Sinopse: Há apenas alguns meses, um encontro inesperado numa casa em Rosemary Beach se transformou num romance de conto de fadas. Agora Reese está prestes a ir morar com Mase na fazenda dele, no Texas. Com o apoio e o amor da família do namorado e a recente descoberta de que ela mesma tem uma família com a qual contar, Reese pode enfim superar os horrores do passado e se concentrar no futuro promissor que a aguarda.
No entanto, no que depender de Aida, isso não vai acontecer. A beldade loura e Mase foram criados como primos, mas logo fica claro para Reese que o amor da jovem por ele está muito longe do que se deveria ter por um parente.
Ao mesmo tempo que Reese tenta entender a relação dos dois e não se sentir ameaçada, entra em cena Capitão, um estranho que parece estar, convenientemente, em todos os lugares que ela frequenta. Bonito, sensual, misterioso e dono de uma franqueza desconcertante, ele não tem medo de dizer o que pensa de Mase - nem como se sente a respeito de Reese.
Enquanto a competição pelo coração de Mase e de Reese esquenta cada vez mais, algumas perguntas em relação ao passado dela começam a ser enfim respondidas, revelando verdades chocantes que vão mudar para sempre a vida do casal.
Em Ao Seu Encontro, Abbi Glines conclui a história que começou em À Sua Espera. Com a escrita romântica e voluptuosa que a consagrou, ela constrói mais uma narrativa envolvente, com personagens que vão mexer com as nossas emoções até o final. (Skoob)
GLINES, Abbi. Ao seu encontro. Rosemary Beach #11. Editora Arqueiro, 2016. 224 p.


O primeiro contato que tive com a escrita de Abbi Glines foi bastante recente, quando li À sua espera, livro da série Rosemary Beach que conta o romance entre Mase e Reese. O último capítulo daquele livro deixou um imenso ponto de interrogação e uma enorme curiosidade, e eu queria logo compreender melhor aquela novidade trazida tão no finzinho da história.

Infelizmente, nesse aspecto, Ao seu encontro, que é sequência daquele volume, deixou um pouco a desejar. Eu estava ansiosa para saber mais detalhes da família de Reese e da busca empreendida para encontrá-la e, em vez de aproveitar o gancho e criar uma boa trama em cima disso, a autora "pulou" essa parte, comentando alguns acontecimentos bem superficialmente, e passou para uma trama totalmente diferente. Uma pena, já que se tratava de um contexto que poderia ser explorado com mais detalhes.

Ainda assim, após essa pequena frustração inicial, a leitura logo engrenou e devorei o livro em poucas horas. Também pudera, Abbi Glines tem uma escrita fluida e dinâmica e os capítulos curtos, de três ou quatro páginas cada, contribuem para aquele típico "só mais um capítulo" eterno. A narração em primeira pessoa, intercalada entre os protagonistas da história, que já era adotada no primeiro livro, continuou agradando, já que permite compreender a sinceridade de ambos os personagens.

"- Saber que minha filha está com um homem que é capaz e vai protegê-la com a própria vida é reconfortante para mim. Ela ama você, e posso ver que você a ama. Mas quero que entenda que, se em algum momento você deixar de amá-la ou não puder protegê-la, deve trazê-la para mim. Está me entendendo?
Eu jamais iria desistir de Reese. Por motivo nenhum.
- Estou. Mas esse dia nunca vai chegar. Reese é minha vida. Ela é o meu futuro."

Como no livro anterior, a trama envolve e é gostoso acompanhar o desenvolvimento do casal, o amadurecimento de Reese e Mase diante das dificuldades que enfrentam. Claro que se trata de um romance de entretenimento e não há um grande aprofundamento nos aspectos psicológicos para além dos sentimentos dos dois, mas os temas sérios tratados no primeiro livro, como abusos físicos e psicológicos, bem como a dislexia, trazem reflexos para esse segundo livro e eu gostei do crescimento dos personagens diante de tudo isso.

As cenas íntimas entre os dois foram bastante reduzidas, o que eu gostei, já que tirou espaço para as firulas irritantes que estavam presentes na trama anterior. Mesmo assim, ainda teve algo que não me agradou em Mase: seu ciúme exagerado. Claro que ciúme é até normal em um relacionamento, mas ele estava quase no limite do possessivo. A única coisa boa a respeito disso foi que a autora criou um personagem que conseguia se controlar e não tentou manipular Reese, mas eu não consegui deixar de me irritar um pouquinho com ele.

De todo modo, um dos aspectos mais interessantes da série Rosemary Beach é a interligação entre as histórias. Os personagens secundários desse livro são protagonistas de outros e, para quem já os conhece das leituras anterior, deve ser ótimo poder revê-los. Para mim, que só li esses dois livros da série, esse entrelaçamento serve para me deixar curiosa pelas outras tramas e, neste livro, fiquei louca para conhecer o romance de Kiro e Emily e para saber um pouco mais sobre o Capitão, principalmente.

Apesar dos aspectos que não me agradaram tanto na obra, Ao seu encontro teve um final fofo e romântico e foi uma leitura deliciosa de se fazer.

Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

10 comentários:

  1. Gosto muito da série Rosemary Beach, acho a escrita da Abbi Glines ótima, estou doida pra ler esse livro e seu anterior, os dois já estão na meta de leitura desse ano e cada resenha que vejo deles me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ju!!
    Nunca li nenhum dos livros da Série Rosemary Beach!! Mas gostei desses dois livros!! Espero ter oportunidade de ler algum dia essa série.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  3. Oi Ju
    Faz tempo que não leio nada da autora, acho os romances muito parecidos, sei lá, a mesma fórmula sempre, não me animei mais para ler os livros dela.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ju. Eu comecei a ler a série do primeiro livro mas ainda estou enganchada no terceiro. Acho os livros da Abbi com pouco conteúdo e muito sexo, o que não me agrada nem um pouco, mesmo assim, eu ainda tento ler os livros dela.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
  5. Uma das coisas que não gosto muito da Abbi é os livros serem curtos e ainda assim ter continuação, algumas vezes acho desnecessário. Li Like a memory e gostei bastante. Então daria uma chance apesar da série ser longa

    ResponderExcluir
  6. Oi,gosto muito dos livros da autora. E realmente é um escrita fluída e de fácil entendimento.
    Mas infelizmente ainda não li os livros que resenhou.
    Mas pretendo assim que der!
    Quanto a parte hot,ela não me fez ficar irritada...Pelo menos nos que li anteriormente...


    Quero muito conhecer esse casal.

    ResponderExcluir
  7. Ju!
    Não tive oportunidade ainda de ler nenhum livro da autora e gosto muito dos temas que ela aborda.
    Feliz em ver que os protagonistas amadureceram tanto pessoal como no relacionamento e mesmo com suas ressalvas, gostaria de apreciar a leitura.
    Bom carnaval e moderação, hein?
    “Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nenhum livro da autora, acho suas séries longas. É triste quando muda muito de um livro para o outro, mas que bom que depois melhorou, é ótimo quando os personagens amadurecem, conquistam mais o leitor.

    ResponderExcluir
  9. Já tinha visto uma ou duas resenha deste livro e não fiquei muito curiosa a respeito dele não. Pode ser que eu de uma oportunidade a ele, mas não sei ainda.

    ResponderExcluir
  10. Não gosto tanto do gênero e não li nenhuma obra da autora, se não estiver enganada, essa série é infinita né. Que pena que a trama não seguiu a história que você desejava, mas que bom que você conseguiu embarcar na história. Que bom que não há tantas cenas íntimas e que não teve tantas firulas como no livro anterior. Embora não me interesse pelo livro gostei da resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.