Fortaleza Negra - Kel Costa

Sinopse: Não tema! Não se entregue! Resista!O que aconteceria se a humanidade ficasse no meio de uma guerra sem precedentes entre criaturas poderosas, de duas espécies predadoras e extremamente perigosas?
Em um mundo completamente diferente de tudo que conhecemos até então, começa a aventura de uma adolescente rebelde e atrevida, que enfrentará os mais temidos vampiros e seres mitológicos, para conquistar uma posição de respeito, graças à sua força e coragem. (Skoob)
COSTA, Kel. Fortaleza Negra. Ler Editorial, 2016. 464 p.


Conheci a Kel Costa na época em que ela escrevia o antigo blog It Cultura, há alguns anos atrás, mas só algum tempo depois soube que ela tinha um livro publicado. A segunda edição de Fortaleza Negra foi publicada pela Ler Editorial e nem mesmo o receio de me aventurar em mais uma história sobre vampiros me fez desistir de ler o livro. Sinceramente, fiquei muito feliz de ter feito isso, o livro me prendeu e me conquistou e já se tornou um dos meus queridinhos.

Percebi, na trama de Kel Costa, a influência de outras histórias vampíricas das quais gostei bastante, como Irmandade da Adaga Negra e Academia de Vampiros, mas foram apenas alguns poucos detalhes que me fizeram recordar daqueles outros livros e nem mesmo sei quais deles a autora realmente conhece. Mesmo com essas semelhanças, há um toque de originalidade em Fortaleza Negra, algo só seu, e foi isso que fez a diferença durante a leitura.

Não pretendo citar aqui as regras da nova realidade vampírica criada na história, até porque o ideal é que essas sejam conhecidas durante a leitura, como eu fiz. Todos os detalhes são bem pensados e importantes para o todo e há uma boa amarração dos acontecimentos da obra. Achei curioso que, na trama, a nossa realidade atual coexista com as mudanças que os vampiros trouxeram. Vale menção também à disputa entre vampiros e mitológicos, que garantem a ação do livro, bem como a existência dos Mestres, que tornam tudo ainda mais interessante.

"Chegamos perto o suficiente para ver alguns detalhes. A estrada deserta era a única coisa que cortava aquela vasta planície coberta de neve e nos levava diretamente ao nosso destino. Lá estava ela, a Fortaleza Negra. Uma muralha negra muito alta, que se estendia para os lados por mais um quilômetro de ambos os lados e parecia cercar todo o lugar. Além dela, uma torre gigantesca se assomava, com pequenos pontos de luz brilhando onde havia janelas. Eu não via a hora de chegar mais perto para poder ver melhor".

Preciso destacar que achei Sasha, a protagonista, bastante irritante. Ela só fazia o que dava na cabeça de vento dela, sem refletir sobre os seus atos e, minha nossa, que menina burra! Todos os seus problemas foram causados por seu comportamento impulsivo e irresponsável e devo confessar que não tenho nenhuma simpatia por rebeldes sem causa. Além disso, às vezes ela parecia ter a idade mental de seu irmão, fazendo birra apenas para não perder uma discussão - o detalhe é que ela não estava enfrentando alguém com quem pudesse lidar, mas vampiros, muito mais velhos e mais poderosos que ela.

Apesar dessa antipatia pela protagonista, tem algo na trama que me fisgou completamente e, por isso, consegui me envolver com Sasha. Kel Costa consegue imprimir emoções intensas a cada cena e, mesmo que eu não concorde com o comportamento da personagem, não tem como não sentir o mesmo que ela, sofrer junto e ter as mesmas inseguranças. Esse envolvimento ocorre em todos os seus relacionamentos, com seus amigos (que eu adorei, aliás), sua família e, claro, com Mikhail.

"- Quero seu sangue - sussurrou, com uma voz rouca, erguendo somente os olhos para me observar. - Mas não posso tomá-lo à força.
- Ah - gaguejei, sem fala.
- Mas você vai me oferecer. - Como se me aprisionasse com o olhar, ele me puxou lentamente para mais perto e levou meu pulso à boca, primeiro beijando-o com delicadeza para depois passar a língua na minha pele. - Não vai?"

Pareceu um pouco estranho que um ser com milênios de vida fosse se interessar por uma garota chata e petulante, mas, enfim, não há racionalidade para essas coisas, não é verdade? Ele não é perfeito também e é um grosso, mas, de todo o modo, há cenas tão intensas entre Sasha e Mikhail que é impossível sair ileso disso. A autora sabe mesmo criar uma cena de intimidade e, durante a leitura, eu me via ansiosa para saber qual seria o próximo passo do vampirão misterioso.

Interessante que, mais adiante no livro, foram inseridos alguns capítulos narrados pelo ponto de vista de Mikhail. Foi mais fácil compreender o contexto "político" e a grandiosidade dos problemas que eram enfrentados pelos Mestres, além de esclarecer como o personagem pensa e como se sente em relação a Sasha. Claro que dá para perceber que Mikhail tem uma mentalidade um pouco retrógrada, mas ele tem mais de dois mil anos, afinal. O que mais me deixou curiosa, porém, foi o enredo político inserido nesses trechos e o conflito com Rurik, assuntos que ficaram em segundo plano nesse volume. Espero que sejam melhor aprofundados nos próximos livros.

Fortaleza Negra é uma trama cheia de romance, passagens fofas e engraçadas, e alguma ação, uma mistura que deu bastante certo e que tende a envolver e conquistar qualquer leitor que goste dessas características em um livro.

Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

14 comentários:

  1. A historia pareceu bem fluida e com muitos acontecimentos marcantes na vida dos protagonistas, achei muito bonita a capa e acho que tem muito a ver com a historia, parabéns ao trabalho da autora e com certeza quero conferir.
    Até mais!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ju!
    Sempre fui fã dos vampiros, seja qual for a abordagem dada pelo autor.
    Gosto também dos romances sobrenaturais, mesmo sem entender porque protagonistas tão diferentes acabam se apaixonando, mas para o amor não há explicação, né?
    Muito curiosa em poder ler o livro da Kel.
    “Não ganhe o mundo e perca sua alma; sabedoria é melhor que prata e ouro.” (Bob Marley)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ju!
    Cheguei a me interessar um pouco pelo livro quando ainda estava na primeira edição, mas depois de conhecer melhor do que se tratava o enredo, perdi mais o interesse e até a curiosidade com a obra. Fato é que enredos que envolvem vampiros pouco me atraem, foram pouquíssimos o que me atraíram de alguma forma até agora, e o único cuja história sigo acompanhando é porque tem muita comédia misturada à tensão propriamente dita, então eu gostei bem mais. Fora que personagens 'rebeldes sem causa' também não me agradam em nada, e eu provavelmente me irritaria igual ou bem mais do que você com relação à Sasha, se fizesse a leitura, rsrs, mas, enfim. De qualquer forma, valeu a dica. Espero que continue gostando do próximo volume e tenha, então, suas curiosidades sobre o contexto maior da trama sanadas nele.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ju!!
    Adorei a resenha adoro livros que tenha vampiros, lobisomens e bruxas!! Então o livro me ganhou só pelo quote que você postou.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  5. Oi Ju!

    Adoreeei a resenha! Realmente, tenho que concordar quando diz que Sasha é uma rebelde sem causa. Ela consegue ser um pé no saco na maioria das vezes, mas ei, o legal é vê-la amadurecer aos poucos nos próximos livros ;)
    Obrigada pelo carinho com a resenha!

    Bjs,
    Kel Costa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kel, obrigada pelas palavras. Espero mesmo acompanhar o crescimento da personagem nos próximos livros, estou bem curiosa.

      Beijos

      Excluir
  6. Oi Ju! Esse livro já está na minha lista de leitura faz tempo, curto muito história com vampiros e também por ser nacional, essa sua resenha me deixou ainda mais interessada em conferi isso tudo que foi dito.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Depois de ter lido FN sonhei com Mestre Mikhail algumas noites hahahahaha
    Tô só por Ruínas de Gelo, o fim de Tempestades de Sangue foi tenso '-'



    Visite Minha Fuga da Realidade

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Não me incentivou muito não, mais vou tentar ler por curiosidade, quem saiba me anime um pouco com historias de vampiros, gostei da capa vamos ver, quanto a resenha você é maravilhosa escrevendo e acaba incentivando a gente a ler. bjnhus

    ResponderExcluir
  10. Olha, quando li a sinopse me interessei demais pelo book. Mas com a sua resenha pude saber um pouco mais a respeito e confesso que a vontade de ler o book diminuiu, vou tentar saber mais sobre o mesmo e quem sabe não mudo minha opinião a respeito.

    ResponderExcluir
  11. Como gosto de historias com vampiros fiquei interessada ainda mais que tem certa originalidade que é dificil nesse meio, mas fiquei triste com a personagem por ser de certa forma intragável esperava mais dela, pois deveria conquistar o leitor e não o contrário rs.

    ResponderExcluir
  12. eu adoro histórias sobre vampiros
    e fiquei feliz em saber que existe originalidade, pois isso está ficando complicado achar hoje em dia.
    só não gostei da personagem principal ser chata... isso normalmente me faz desistir de um livro

    ResponderExcluir
  13. Olá Ju,
    Adorei bastante sua resenha, eu já tinha visto esse livro e queria muito ler ele e agora de ter visto essa resenha, fiquei mas curiosa ainda pra ler...livros assim mistico, com historia de vampiro nunca li mas acho que esse seria o primeiro da lista!!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.