Antes Tarde que Mais Tarde - Liana Cupini

Depois de completar trinta anos, tudo acontece de uma vez na vida de Karla Kristina!
Uma avalanche de novidades que antes pareciam impossíveis!
Uma repaginada completa, novos amigos, novos amores, reconciliação, reviravolta no trabalho, viagens...
Não há limites para ser feliz, sonhar e se divertir, nesta deliciosa comédia romântica assinada por minha grande amiga Liana Cupini.
CUPINI, Liana. Antes tarde que mais tarde. Modo Editora, 2011. 214 p.

Karla Kristina não estava nada feliz com sua vida, mas nem ao menos percebia que se afogava no comodismo. Estava acima do peso, presa em um emprego que detestava e não tinha um homem na sua vida talvez há anos. Ver os outros felizes não a fazia muito bem, mas agora ela tinha certeza que sua vida mudaria: ela, que viveu toda a sua vida achando que a culpa era do seu horóscopo, acabou de descobrir que na verdade pertencia a um outro signo.

Depois de uma surpresa preparada por seus amigos em seu aniversário (que ela achou nada agradável), e uma mudança completa em seu visual, seu guarda-roupa, e até em seu apartamento, Karla descobre que seu melhor amigo iria se casar e ainda não havia lhe contado nada. E é a partir desse momento que Karla Kristina começa a repensar sua vida e suas atitudes, na busca pela própria felicidade.

"[...] quase cinco horas da tarde, eu tomei coragem e liguei para o meu vizinho, que ficou noivo e não me contou nada. Não devia. Isso só me mostrou o quanto André achava que eu não estava pronta para encarar a felicidade dos outros, e nas palavras dele: "Você se fechou em um mundo vazio e acha que as pessoas têm que ser como você, infelizes e incompletas".
Duas palavras seguidas de um grande vazio. Foi só então que eu vi que ele tinha razão, que eu não teria ficado nem um pouco feliz por ele querer se casar. E não estaria pensando na felicidade dele, por o fato de eu não gostar da Barbie era motivo suficiente para que jamais existisse um "felizes para sempre"." (pág. 34)

Antes Tarde que Mais Tarde, de Liana Cupini, é um livro no estilo Chick-lit com pouquíssimas páginas e, por isso mesmo, com uma história muito dinâmica e rápida. A falta de detalhismo nessa obra, ao contrário do que o que acontece na maioria dos livros, não faz falta alguma, uma vez que as informações são colocadas na medida exata para caracterizar os personagens e dar impulso para continuar a leitura. Esse impulso, inclusive, está o tempo todo presente, já que só consegui largar o livro depois de terminá-lo.

A história é gostosa e bastante divertida, apesar de não ter conseguido me arrancar gargalhadas. Os personagens tiveram seus aspectos bem definidos, e mesmo que fossem muitas pessoas para as poucas páginas da história, cada um tinha seu jeito próprio e bem específico. Essa facilidade de contar muito em pouco, inclusive, foi uma das características que mais me encantaram na escrita de Cupini.

Uma das coisas que não me agradaram tanto, por outro lado, foi, no começo do livro, a capacidade de dramatizar de Karla Kristina. No entanto, sei que o exagero é quase fundamental nesse gênero literário, e o pior mesmo é que conheço pessoas exatamente assim. Também achei que as coisas aconteceram um pouquinho fácil demais para a protagonista; quando ela decidiu mudar, as coisas já estavam à mão para a mudança. Claro que, com um pouco de sorte e um empurrãozinho das amigas, poderia até ser assim.

Me encantei com o fato de a Liana ter inserido minha cidade na história, além de ter descrito, em poucas palavras, a praia incrível que é Sambaqui. Adorei o Max, mas fiquei com uma dúvida: onde, por Deus, um cara de 22 anos e tão maduro pode ser encontrado? Os que eu conheço, nessa idade, ainda agem como "guris pequenos" (em uma expressão aqui do sul).

Talvez alguns detalhes da escrita pudessem até ser aprimorados, mas, pessoalmente, acho que não é realmente necessário. Antes Tarde que Mais Tarde é uma história deliciosa e rápida, que vale muito a leitura, até mesmo para pensarmos se o caminho que seguimos em nossas próprias vidas é realmente aquele que queremos seguir.

Obs.: A Liana confirmou no twitter que Antes Tarde que Mais Tarde 2 já está pronto, e fiquei ainda mais curiosa para acompanhar a sequência da história de Karla Kristina.
Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

19 comentários:

  1. Não conheço a autora Karla, mas acredito que ela vá se amadurecendo com suas obras. Talvez os leitores dela percebam algumas mudanças em sua escrita, mudanças para melhor. ^^

    Beijinhos,
    http://eppifania.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Já li resenhas muito boas sobre este livro
    E tenho muita vontade de ler,
    Além do mais é nacional, o que chama mais atenção

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Li esse livro ano passado. Também me pergunto onde a gente encontra um cara tão maduro aos 22 anos. Nem os que são um pouco mais velhos parecem amadurecer.

    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    O livro parece ser bem interessante. Já o vi anteriormente e ainda não tive oportunidade de lê-lo.
    Amei a sua resenha.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Juh!
    Eu acho essa capa muito linda <3
    O enredo também parece ser bem legal. E o fato de você dizer que ele é no estilo chick-lit me animou a ler. Uma coisa que eu ia dizer, e você já completou ao falar da protagonista é que nos livros chick-lit elas dramatizam TUDO rs
    Eu nem li o primeiro e já vai sair o segundo *cry*
    bjs!

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro, mas ele parece ser muito legal e interessante, vou tentar lê-lo para poder ler a continuação logo depois. Adorei a sua resenha.
    Beijos.

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ju!
    Não gostei muito desse livro. Acho que ele foi pouco desenvolvido, tudo aconteceu mega rápido e não consegui me envolver com a história. Gosto demais de chick-lits, mas esse não funcionou para mim.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Já li algumas resenhas sobre o livro, algumas positivas, outras nem tanto. Não me interessei particularmente pela história, mas quem sabe o livro possa me surpreender! ;D É sempre mais interessante quando isso acontece, não?
    Natália Maia - viciadasemlivros.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Li este livro no ano passado numa sentada, ele é divertido e gostoso de ler.
    Também estou louk para ler o 2.

    Bjinhs*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oown que fofa *0* Já li tantas resenhas dsse livro super elogiando sabes... Chick-lit é gostoso de se ler, mas agora to procurando algo como policial. Do tipo suspense... Harlan Coben rs.
    Baby, acessa:
    www.Imaginayre.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ju...

    Primeiro vim te dizer que eu AMO Floripa. Eu tenho casa ai, não estou indo tanto, mas costumada ir nas minhas férias!!

    O ATMT 1 era um eBook gratuito e por isso era curto, mas depois explico isso.

    Qto ao Max, fui morar meu marido qdo ele tinha 18 e eu 20, rs... calma, fé e vc acha!! kkkkkkkkkkkkk

    Bjao

    ResponderExcluir
  12. Hey! A autora é super gente boa, né? (: Porém ainda não li o livro ): Tenho muita curiosidade para ler os livros dela e tal. E a sua resenha aumentou mais ainda a minha vontade \o Parece ser bem divertido! ótima resenha (: Beijos http://doceescrita.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá :)
    Ainda não li nenhum livro dessa autora, mas já vi alguns elogios. Ela parece ser supeer fofa também. Adorei a resenha, que bom que gostou do livro. E sim, nesse gênero literário sempre tem um personagem pra fazer um drama bááásico UASHUAHSAU

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  14. Aaaaaaaaaaah, eu nem sabia uqe tinha sequencia! Que lindo *-* aisuheaisuehiaushe. fiquei super feliz e agora quero ler logo! hahaha '
    Adorei a sua resenha, tive as mesmas impressões que você em relação as descrições, básicas mas foram no ponto pra mim :))) Já eu consegui rir bastante com ele x) Foi uma leitura muito feliz pra mim asoiehasoieha rs

    Beeeeijos, Nanda
    www.julgueepelacapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi, Julia!
    Ja ouvi falar muito bem desse livro, mas não é bem o meu estilo :s talvez um dia eu darei uma chance a ele :)
    Beijos,

    Gabriel M. Souza
    http://carolespilotro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi Ju!
    Esse livro parece ser bom! Eu adoro chick lits apesar de sempre terem umas situações forçadas - como você falou, tem coisas que foram fáceis demais para a protagonista.
    Agora, um cara de 22 anos maduro, também acho difícil de achar (lógico que há exceções). Ainda mais porque já tenho 28, nem me imagino com um cara nessa idade xD

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde Julia,

    Li e resenhei esse livro noblog, gostei muito e também quero ler a continuação, parabéns pela resenha...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ju,
    Confesso que às vezes fico meio irritada com as protagonistas exageradas de chick-lits mas, ao final, é impossível não dar umas boas gargalhadas com elas, que parecem ter todas as inseguranças e os desejos das mulheres do mundo dentro de si.
    Vi muita gente dizendo que "Antes tarde que mais tarde" deveria ser maior e você é a primeira a dizer que a ocasional falta de detalhes não fez mal. Nada como pontos de vistas diferentes, né?
    Ainda mais tendo continuação, pro pessoal que ficou na seca haah
    Adorei a resenha!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  19. Resenha mara! Concordo com vc que a Karla K. era mtooo dramatica, mas era super divertido os exageros dela, heheheeh OWn, me deu uma vontade de reler *-*

    Eita... verdade mesmo! Maxs não existem na vida real ;~ Nao com 22 anos e lindao como ele ushauhshas..

    Ahhhhh, Vc viu que saiu a capa da ATMT Ainda II???
    Ta mto linda *-*


    Beijocas
    Rapha ~Doce Encanto

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.