Um homem de sorte - Nicholas Sparks

Sinopse: 'Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografia dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela. Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fim de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar.' (Skoob)
SPARKS, Nicholas. Um homem de sorte. Novo Conceito, 2011. 349 p.


Depois de três idas ao Iraque e muito tempo integrando o corpo de Fuzileiros Navais, Logan Thibault sentia-se bem, apesar dos horrores que havia presenciado na Guerra. Sua única ambição, no momento, era desfrutar de um descanso, mas o destino insistia em levá-lo na direção da mulher da foto que encontrara logo que chegou ao campo de concentração, aquela que seu amigo Victor acreditava lhe trazer sorte, mantendo Thibault vivo mesmo quando o perigo se tornava extremo. Agora, cinco meses depois de deixar o estado do Colorado à pé, acompanhado apenas de seu pastor alemão, Zeus, Logan aproximava-se da cidade de Hampton, na Carolina do Norte, onde talvez descobrisse alguma pista sobre a mulher que assinava por "E".

Beth nunca teve problemas de viver em uma cidade pequena. Apesar de ter desistido da faculdade e resolvido que deveria casar quando ficou grávida, logo retomou os estudos e se tornou professora na cidade. O casamento não durou mais que alguns meses, mas lhe deu Ben, uma criança inteligente e adorável. Vivendo com o filho na casa de Nana, Beth ainda ajudava a cuidar dos cachorros e do canil que sua avó desejava manter mesmo depois do derrame que a deixara um pouco debilitada, mas que trazia tanta alegria àquela casa.

Keith Claiton era policial na cidade de Hampton, e vinha da família mais rica e poderosa da região, tanto que chegava a ser temida. Apesar de nem sempre conseguir agradar ao patriarca da família, seu avô, fazia o possível para isso, e se via frustrado vezes demais. Compartilhando a guarda de seu filho Ben com Beth,  passava com o garoto um final de semana a cada quinze dias, mais para agradar ao avô do que a si mesmo.

 
"Logan sorriu e eles ficaram um pouco na varanda, sentindo a noite agradável. O ar úmido já não era tão quente e tinha um aroma de terra: uma mistura de carvalho e pinheiro e a própria terra, um odor que sempre fazia com que Beth se lembrasse de que, mesmo em um mundo em que tudo mudava constantemente, aquele lugar em especial parecia ficar sempre igual.
Tinha consciência de que Logan a tinha observado a noite toda, tentando não encarar, e ela sabia que tinha feito o mesmo com ele. Gostava de ter percebido que ele a achava atraente, porém sem possuir nenhuma urgência ou desejo ansioso que os homens frequentemente demonstravam quando olhavam para ela. Pelo contrário, parecia feliz ao lado dela e, sem saber o motivo, era exatamente isso de que precisava." (pág. 155)


A partir desses três personagens e de seus pontos de vistas, Nicholas Sparks narra Um homem de sorte, uma das histórias mais deliciosas de sua autoria. Diferente da maioria dos livros do autor, a receita muda um pouco. Dessa vez, há um vilão, um final não tão trágico, e uma narrativa baseando-se em várias perspectivas. Com a possibilidade de compreender o que se passa na cabeça de cada protagonista, em virtude dessa narração em terceira pessoa e da visão mais ampla criada nessa obra, cria-se uma ligação ainda mais profunda com os personagens, que não são muitos. Acho incrível a capacidade de Sparks de criar personagens tão intensos, sem faltar detalhe algum ou sem nenhum "furo" na personalidade.

Beth, além de se mostrar uma mulher batalhadora, já que teve de enfrentar adversidades e desilusões em sua vida, mantinha a doçura e não deixava de lado os sonhos, mesmo quando precisava se manter serena. Se dedicava integralmente ao filho e à avó, e fazia de tudo o possível para deixá-los feliz, o que se convertia também na sua felicidade. A única coisa que faltava nessa equação era alguém seu, alguém que também fizesse o mesmo por ela.

Logan se tornou um dos personagens mais apaixonantes que Nicholas criou, em minha opinião. Um homem centrado, silencioso, misterioso. Forte e decidido. E que chega de mansino, para nunca mais voltar. Zeus, seu fiel companheiro, tinha alguma ligação misteriosa com o dono, além da amizade canina. Era como se eles se completassem, e fiquei fascinada com a maneira límpida e razoável que o autor conseguiu passar isso na obra.

Ben era uma criança diferente dos garotos da sua idade. Inteligente e divertido, sempre entretendo com as idéias originadas na criatividade da infância. Nana, da mesma forma, mantinha um brilho de quem já viveu e viu muito da vida, e que mantinha a fé no amor e na humanidade. Várias de suas passagens são de rir e de se tirar várias mensagens.

Claiton, por sua vez, não me pareceu um homem mau. Tive a impressão de ser um pobre coitado que fazia de tudo para manter as aparências para agradar para a família, mas que não teve a oportunidade de mostrar seu verdadeiro valor. Era um frustrado, como muitos por aí, que desconta seus problemas nos que o rodeia e vive a vida apenas em fantasia.

Um livro que nos prende a cada página, marcante por ser leve, divertido e romântico.
Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

19 comentários:

  1. Olá!
    Fiquei encantada com sua resenha e me deu vontade de pegar o meu livro e começar logo a ler.
    Pelo que vc diz o livro é muito bom e muito romantico. Com certeza será uma das minhas próximas leituras.

    Bjinhs*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Ju!
    Eu também adorei o livro por achá-lo diferente dos outros do autor.
    Zeus foi o personagem que mais me encantou e Claiton o que mais me intrigou. Achei incrível o trabalho do Nicholas na criação desse personagem!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Oi Julia!
    Realmente o Logan é um personagem cativante. E muito diferente dos outros livros não há um final trágico rs, o que me fez gostar muito desse livro. E o Zeus oh, na hora do lago, fiquei com o coração na mão. Agora quero ver o filme..

    Beijos :D

    ResponderExcluir
  4. Adoro as obras do Nicholas e estou louca para ler essa! *-* Bela resenha!


    Olá!
    Estou passando no seu blog para divulgar o meu livro que será lançado agora em Agosto 2012! Quero me desculpar pelo “spam”, mas é muito difícil divulgar livros, sobretudo aqui no Brasil. Infelizmente, nós, autores nacionais, ainda somos desvalorizados! Mas estamos sempre na luta e, se Deus quiser, esse fato será revertido!
    Gostaria de convidá-lo(a) a conhecer minha obra chamada “Meu Conselheiro de Luz”. É um romance voltado para a literatura jovem.
    Se puder, por favor, seria de grande ajuda que adicionasse ela em seu skoob:
    http://www.skoob.com.br/livro/257467
    E no facebook:
    https://www.facebook.com/MeuConselheiroDeLuz
    Agradeço de coração pela sua atenção e tenha um ótimo dia! Já estou seguindo o seu blog com muito carinho!

    ResponderExcluir
  5. Achei interessante esse livro trazer personagens bem cativantes e um enredo diferente do da maioria dos livros que leio resenhas >< Tá na lista de desejados ♥

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  6. Oi Julia,
    Esse livro tá me perseguindo, sempre q estou respondendo comentários tem resenhas dele - e sempre positivas - (Acho q é um sinal dos céus me dizendo q eu tenho q ler! rs) Adorei sua resenha, quando os personagens são realistas dá um gostinho especial na leitura neh?

    Tem post novo lá no blog, quer ler?
    http://falleninme.blogspot.com/ Desde já obrigada!

    -PatyScarcella

    ResponderExcluir
  7. Que bom que você gostou, esse foi uma das leituras menos empolgantes do Nicholas pra mim. Não gostei do Logan ele é muito contido, todo sério e centrado, prefiro Dawson de O melhor de Mim, que também era misterioso e na dele, mas sabia ser um homem apaixonado e profundo como poucos.
    Também não vi muito sentido de incluir Clayton na história, pra mim não fez muita diferença depois daquele final.
    Enfim, te recomendo O Melhor de Mim, pode até ser que eu esteja errada, mas você vai gostar ainda mais dele.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela resenha! Eu amo esse livro, mas, ainda não vi o filme. Deve ser muito bom também!

    Beijo,
    www.estanteseletiva.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Júlia!
    Obrigada pela visita.Já li Um Homem de Sorte e devo dizer que Sparks não deixou a desejar nesse romance.Só me falta agora ver o filme.
    Parabéns pela resenha o livro é exatamente o que disseste "marcante por ser leve, divertido e romântico".

    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Julia!
    Gostei da análise que você fez dos personagens.
    Eu odiei o Clayton durante a leitura, mas acho que você tem razão, ele era um frustrado que descontava seus problemas em todo mundo.
    Resenha perfeita ;)

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  11. Aiii adoro...Um homem de sorte! Li esse livro e aprovei e o Claiton também não me pareceu um cara mal...e sim um filhinho de papai mimado.
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Um vilão? uau, pelo visto esse deve ser um dos livros mais diferentes do titio Nick
    estou ansiosa para ler logo, apesar da minha irmã ter estragado minha surpresa contando uma parte...
    bjos

    ResponderExcluir
  13. Oii Julia!
    Que bom que gostou do livro *-* Eu adorei também. Logan é realmente um dos melhores personagens, é apaixonante demais s2. Cara, eu odiei tanto o Keith, pra mim ele não tinha nenhum perdão não, na moral, HIASUDHIUASHE rs

    Beijos, Nanda . Julguepelacapa

    ResponderExcluir
  14. oii,
    adoro Nicholas Sparks mas este ainda não li, apesar de ter muita vontade. Ótima resenha!
    boa semana
    ;*

    dudsparrow.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oie
    Tudo bem?
    Ah esse livro estou com ele aqui pra ler, comprei por se tratar de um tema que gosto muito e por se do Nicholas, me apaixonei pelas histórias dele mesmo que na maioria das vezes seja semelhantes, porém sempre tem algo novo para pensamos.

    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  16. Um vilão e um final, não tão triste?
    HAHA Sparks arriscando?
    Acho que vou assistir o filme primeiro, eu sempre fico chateada quando leio primeiro e assisto depois.. haha

    Zeus deve ser um fofo.. e o menino também

    beijos
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  17. Oi Ju.
    Eu também amei esse livro e até gostei do Claiton que não me pareceu um vilão...Como sempre os livros do NS são apaixonantes!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Este foi meu primeiro Sparks, e se antes torcia o nariz agora tive que me render: ele tem um texto cativante, personagens carismáticos, enfim, é muito bom no que faz.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Amo o Sparks e todos os livros dele que já li. Nesse livro me apaixonei por Zeus, ele é super fofo, e também pelo filho e pela avó da Beth [que n lembro o nome, rs] Logan é perfeito, assim como a história, que além de tudo é super envolvente e mágica.
    Beijos :**

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.