ZumBeatles - Alan Goldsher

Sinopse: A verdadeira invasão britânica chegou. Eles estão mais mortos-vivos do que nunca. Nessa divertida releitura da trajetória da mais famosa banda inglesa, acompanhamos os principais acontecimentos na vida desses mitos do século XX... porém com um pequeno detalhe: os músicos são zumbis. Não os lentos e imbecilizados zumbis aos quais estamos acostumados. Mas zumbis espertos, rápidos e cheios de sex appeal. Além de alguns truques de controle mental. Entre sangue, suor, guitarras e iê-iê-iê — e a perseguição do implacável caçador de zumbis Mick Jagger —, eles são atacados por uma ninja do oitavo nível, Yoko Ono, condecorados pela rainha e consolidam uma invasão mundial. (Skoob)
GOLDSHER, Alan. ZumBeatles. Editora Galera, 2016. 352 p.

Sou fã dos Beatles, sou fã de histórias com zumbis, sejam elas bem feitas ou trash, então, nada mais natural do que sentir uma imensa curiosidade por ler esse livro. Mas também fiquei com receio, porque uma mistura dessas pode resultar em algo bem, bem ruim.

John Lennon foi assassinado em 8 de dezembro de 1980, mas, neste livro, nesse mesmo dia, ele foi decapitado usando uma foice de prata. Sua cabeça foi colocada no lugar, um pouco torta, e ele se transformou em um zumbi. Para não ficar sozinho, começa a infectar todas as pessoas que encontra, inclusive os outros três integrantes da banca.

Um diferencial, é que os zumbis deste livro são um pouco diferentes dos que conhecemos. Eles pensam, são inteligentes, alguns possuem poderes de bruxaria, são muito fortes e rápidos. São chamados de liverpudianos, e o autor descreve, com detalhes, como começa a transformação. Pra quem gosta de coisas nojentas e gore, é um prato cheio!

"Nós todos sabíamos o que acontecia quando John realmente perdia a cabeça: farra de assassinatos no almoço, arrancar a própria perna esquerda e atirá-la pela janela do hotel, comer todos os pombos em que pudesse botas as mãos, esse tipo de coisa."

A partir de então, através de depoimentos e recortes de jornais, acompanhamos a trajetória dos quatro magníficos de Liverpool, sempre com muito humor negro, mortes, membros arrancados, cérebros comidos, destruição, entre outras descrições horrendas, típicas de filmes de terror. Inclusive, o livro traz a participação de vários famosos, como Steven Spielberg, Rainha Elizabeth, Mick Jagger, dos Rolling Stones, como um caçador de zumbis, e temos depoimentos do diabo e de Deus o.O!!!

Até metade do livro, confesso que ri bastante e senti prazer na leitura. Mas, depois de 200 páginas, a coisa começou a ficar cansativa. Não pela falta de ação, porque sempre está acontecendo alguma coisa diferente, mas, sim, pelo formato da narrativa, através das tais entrevistas. Acredito que se a história fosse contada da forma tradicional, a leitura teria fluído muito melhor.

ZumBeatles é uma aposta diferente por parte do autor, que funciona até certo ponto, mas que é direcionada para dois tipos de públicos, que nem sempre se misturam. Mesmo assim, é uma leitura que agrada, desde que você suporte o formato da narrativa. De qualquer forma, não tem como não rir de algumas piadas e situações, o que já vale, pelo menos, uma leitura descompromissada.
Carlos H. Barros
Carlos H. Barros

Carlos tem várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamenta o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco -, e não saber desenhar. Autor também do blog Gettub

12 comentários:

  1. Toda vez que vejo uma resenha e a própria sinopse desse livro eu dou muita risada. O autor apostou muito e criou um ambiente totalmente diferente daquilo que estou habituada, por isso que eu gostei tanto desse livro. A ideia de colocar os famosos músicos é incrível !!
    Bom dia.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Sinceramente não é o tipo de leitura que me atrai...
    Não curto zumbi...acho tão, tão forçada as histórias, kkkkk
    Mas me fez lembrar agora de um filme que assisti, Meu namorado é um Zumbi, que rir muito! hehehehe
    Talvez seria uma boa dá uma chance para esse livro, assim como dei para o filme né? hehehe
    Boa Semana!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Acompanhei algumas resenhas do livro, e me interessou mto, sou fã dos Beatles, fã de zumbis (amo mto) ... Qro mto ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Mais um clássico na versão zumbi, curto muito os Beatles, parece interessante e super divertido, fiquei doida pra ler.

    ResponderExcluir
  5. Oie Carlos =)

    Eis um livro que junta duas coisas que não curto muito Zumbis e Beatles rs...

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, mas pela premissa acredito que não seria uma leitura que me prenderia. Fico feliz que tenha aproveitado a leitura ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  6. Confesso que não curto mt Beatles.. E não é do tipo de leitura que me atrai não :x kkkkkk Mais meu namorado é Fãnzaço deleee, e ambos amamos zumbiis ! Compraria pra ele talvez. :s kk Beijinhooos ;*

    ResponderExcluir
  7. O livro juntou dois assuntos que eu não gosto muito. Não gostei da história e acho que nunca pararia para ler.

    ResponderExcluir
  8. Gosto de zumbis, apesar de ser nojento curto as historias rsrs. Esse pelo visto os zumbis são diferentes dos outros, esses são inteligentes e pensam entre outras coisas, fiquei curiosa com esse fato.

    ResponderExcluir
  9. Oi Carlos,
    Não conhecia esse livro, essa é a primeira resenha que leio sobre ZumBeatles. Apesar de gostar dos Beatles, acho que não daria uma chance para esse livro, pois realmente não curto zumbis, então vou deixar passar por enquanto.

    ResponderExcluir
  10. Hey, tudo bom?
    Achei bem criativa a ideia de juntar Beatles e Zumbis. A leitura parece ser realmente bem divertida, é uma pena que ela tenha ficado cansativa. Porém, ainda pretendo ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  11. Não sei se leria o livro. Também sou fã dos Beatles, mas essa história é bem diferente e é preciso estar preparada. kkk Então não sei se acharia legal ou se a leitura seria fluida pra mim, já que por si só o formato em que ela é contada é um pouco cansativo.

    ResponderExcluir
  12. Olá Carlos!!!
    Eu admito que fiquei bem curiosa com esse livro, não pela parte dos zumbis pois não sou muito fã deles além dos video-games ou algum filme. Mas fiquei curiosa por ter os Beatles :3
    Acho que para os fãs acaba por ser interessante conhecer a obra e ri um pouquinho. Eu estou curiosa atambém dmito sobre como será o Mick Jagger como caçador rsrsrs

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.