Espada de Vidro - Victoria Aveyard

Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar.
O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar.
Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.
AVEYARD, Victoria. Espada de Vidro. A Rainha Vermelha #2. Editora Seguinte, 2016. 496 p.

A Rainha Vermelha foi uma leitura que surgiu de uma forma inusitada: apesar de não ser parceira da Editora Seguinte ou da Companhia das Letras, faço parte de um rol de blogueiros para os quais eles oferecem alguns livros para resenha. Eu já tinha visto algumas resenhas por aí, mas não me detive nos detalhes da trama, então quando realmente peguei o livro para ler, fui fisgada facilmente pelas surpresas concebidas por Victoria Aveyard.

Espada de Vidro, segundo volume da série, consegue ser ainda mais intenso que o primeiro livro. É irritantemente viciante, pois as mudanças repentinas tiram constantemente o fôlego do leitor. Em vários momentos me peguei chocada com alguém, com alguma coisa, e simplesmente não conseguia acreditar. Aí, para minha surpresa, Victoria Aveyard chacoalhava a trama toda e – AI MEU DEUS – fui enganada novamente. A leitura foi cansativa, desgastante – e incrível.

"A Mare de Palafiras morreu no dia em que caiu no escudo elétrico. Mareena, a princesa prateada desaparecida, morreu no Ossário. E não sei quem é a pessoa que abriu os olhos no subtrem. Só sei o que ela foi e o que perdeu, e o peso disso é quase esmagador."

Algumas coisas são diferentes do primeiro livro. Mare não é mais só uma menina boba, tem uma segurança que não tinha antes e é perceptível a maturidade que adquiriu no decorrer da história. Ela está mais corajosa, consegue enfrentar quem quer que seja e se posicionar sobre o que acredita. Por outro lado, ela está ferida, foi traída por uma das pessoas em que mais confiava e isso a magoou profundamente. O problema é que agora ela não consegue confiar em ninguém, e é irritante a quantidade de vezes que ela afasta aqueles que, indubitavelmente, só querem o seu bem.

O segundo livro é repleto de ação e aventura, e há poucas cenas em que alguma calmaria acontece. Geralmente os personagens estão em busca de sanguenovos – outros vermelhos com poderes como Mare –, infiltrando-se em cidades, ou em alguma fuga alucinada. Essa construção da narrativa é envolvente e dinâmica e, como já comentei, torna a leitura ainda mais atrativa.

Como no primeiro livro, também há algum romance, suave, discreto, que serve para contrabalancear o enredo, mas está longe de ser o aspecto principal. E há ainda maior cautela agora, existem mágoas demais para ignorar e outras pessoas que podem se machucar.

"Antes, eu acreditava que o sangue era tudo no mundo, a diferença entre a luz e a escuridão, uma divisão irrevogável e intransponível. Tornava os prateados poderosos, frios e brutais, desumanos até, quando comparados aos meus irmãos vermelhos. Mas pessoas como Cal, Julian e até mesmo Lucas me mostraram como eu estava errada. Os prateados são humanos como nós, cheios dos mesmos medos e esperanças. Não estão livres do pecado, mas também não estamos. Nem eu estou."

Victoria também não nos poupa de alguma dor. Eu geralmente adoro quando um autor tem coragem de arriscar seus personagens, e isso também se aplica aqui, mas eu simplesmente não consegui superar o fato de que ela matou meu personagem favorito. Não estou sabendo lidar com isso, e quero deixar registrado que o livro só não entrou para minha lista de favoritos por conta disso.

Não posso comentar nada mais para não soltar spoilers da série, e acreditem em mim, é a surpresa que torna o livro tão fascinante. Para aqueles que desejam livros que vão mudar a sua vida, a série A Rainha Vermelha não se volta a essa finalidade. Mas se o interesse for uma história envolvente, divertida, emocionante e intensa, tudo ao mesmo tempo, a série é mais do que recomendada.

Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

16 comentários:

  1. Já queria ler essa serie mas depois dessa resenha minha vontade aumentou 1000%, amo livros com reviravoltas, que fogem de tudo que imaginamos e não tem coração e matam personagens queridos. Cada resenha que leio o livro parece mais incrível.

    ResponderExcluir
  2. Parece ser um livro com muita adrenalina isso é muito bom, pois envolve o leitor e a leitura flui com rapidez para sabermos logo o que vai acontecer. Até entendo o lado da protagonista de ficar com o pé atras em relação as pessoas, pois já foi traída uma vez. Minha irmã tem o primeiro livro e estou aguardando uma brecha para poder ler rs.

    ResponderExcluir
  3. Oii Julia!
    A série pelo que venho acompanhando fica cada vez melhor! Ganhei Rainha Vermelha, preciso do primeiro volume pra começar a série...Ansiosa já!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Amei sua resenha. Estou louca para ler essa série. Ainda não tenho Rainha Vermelha, porém já comprei Espada de Vidro e Coroa Cruel. Vou aguardar comprar o primeiro livro para começar a leitura. Sua resenha me deixou mais ansiosa e curiosa! Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi
    que bom que gostou de ler esse livro, a maioria das resenhas que sempre leio são negativas, mas ainda assim tenho uma curiosidade em ler, a história parece ser interessante apesar de ser cansativa como falou, nem sabia que a editora seguinte também mandava livros pra ações especiais, eu participo de um grupo assim só que do grupo record,

    https://momentocrivelli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Aiiiiiiin! Preciso desse livro urgentemente!!!
    Desde que li a sinopse do primeiro livro fiquei mega curiosa com a trama, e mal vejo a hora de comprar meu exemplar.
    Saber que a protagonista evolui e amadurece de um livro para o outro é interessante, pois vamos acompanhar seu crescimento e eu adoro isso nos livros.
    Deu um medinho agora ao saber que a autora mata personagens favoritos... E se ele se tornar o meu favorito também? rsrsrs

    ResponderExcluir
  7. Ainda não comecei a ler, mas caramba se esses livros não são de tirar o fôlego! E todo mundo diz ser viciante de ler, então deve ter alguma coisa na escrita dessa autora que é muito boa mesmo. E a história parece que não perde a graça nesse, fica ainda mais desesperador de ler xD
    Muito bom. Quero muito conferir e tomara que saia mais logo né!

    ResponderExcluir
  8. Olá Julia,
    Estou doida por essa série! Adoro ler fantasia e essa parece ser bem envolvente, com muita ação, adrenalina e cheia de reviravoltas, amo ser surpreendida a cada virar de página. Cada resenha que leio de algum livro/conto fico ainda mais empolgada para ler, então preciso agilizar e adquirir o primeiro volume pra ontem. Já gosto da protagonista Mare antes mesmo de conhecê-la, adoro essas personagens fortes e determinadas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Ju,
    Esse é uma série que eu queria ter lido, mas acabei mandando para o pessoal do blog ler. Pelo que sei, é muito boa. Talvez um dia, láaaaaaaaaaaa no futuro, eu pegue para ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Ju! Gostei muito de A Rainha Vermelha, estou doida pra ler essa continuação, curtindo muito a escrita da Victoria Aveyard e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Gosto muito de séries de livros e tenho muito vontade ler esse pois essa distopia me fascinou muito e espero ler em breve!
    Adorei a resenha e a capa é incrível! ♥

    ResponderExcluir
  12. Oi Julia...
    Sempre ouço falar bem dessa série, mas ainda não tive oportunidade de ler... Sua resenha ficou fantástica. Gosto de histórias que são envolventes e emocionantes... Essa parece ser bem assim... Espero poder ler em breve...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  13. Nem li o livro ainda e já estou chateada pela autora ter matado um personagem. Eu poucas vezes lido bem com isso, pra mim os melhores personagens devem continuar vivos até o fim. Mas enfim, pretendo ainda ler com certeza essa série, parece ser muito boa.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  14. Oi tudo bem..
    Ainda nao li nenhum livro da serie ,mas ja tava louca por ele e depois da sua resenha fiquei ainda mais.
    É mito bom quando vc lê um livro que mudam a sua vida,que te prendem na historia,sao sempre esses que valem a pena a leitura.
    Vc matou meu coraçao em ja saber que alguem morre e por vc nao ter gostado dessa morte e porque deve ser algum personagem importante,ja quero ler a serie pra ontem ..
    Um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li A Rainha Vermelha, quero esperar o terceiro livro. Pela resenha parece que a serie só melhora. Historias onde é possível constatar o crescimento e maturidade do personagem são as melhores. Autores me matam quando matam meus personagens favoritos. Já gostei do livro somente por este acontecimento :D Gosto muito das capas da serie.

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Gosto muito dessa serie e estou doida para o lançamento da sequencia, li essa historia assim que lançou e gostei muito, achei bem legal a autora começar logo a jornada dos personagens e aquele final me deixou doida pelo próximo, mas uma das coisas que me confundiu muito foi os personagens adorei seus dilemas e da para ver que todos estão bem mudados principalmente a Mare !!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.