O primeiro dia do resto da nossa vida - Kate Eberlen


Sinopse: Tess e Gus foram feitos um para o outro. Só que eles não se encontraram ainda.
E pode ser que nunca se encontrem... Tess sonha em ir para a universidade. Gus mal pode esperar para fugir do controle da família e descobrir sozinho o que realmente quer ser. Por um dia, nas férias, os caminhos desses dois jovens de 18 anos se cruzam antes que os dois retornem para casa e vejam que a vida nem sempre acontece como o planejado.
Ao longo dos dezesseis anos seguintes, traçando rumos diferentes, cada um vai descobrir os prazeres da juventude, enfrentar problemas familiares e encarar as dificuldades da vida adulta. Separados pela distância e pelo destino, tudo indica que é impossível que um dia eles se conheçam de verdade... ou será que não?
O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida narra duas trajetórias que se entrelaçam sem de fato se tocarem, fazendo o leitor se divertir, se emocionar e torcer o tempo todo por um encontro que pode nunca acontecer.

Livro recebido em parceria com a editora
EBERLEN, Kate. O primeiro dia do resto da nossa vida. Arqueiro, 2016. 432p.


Tess e Gus se encontraram pela primeira vez numa viagem de férias para a Itália, pintou aquele "clima", que todos nós conhecemos. Mas... O destino (ou a autora, neste caso) parece não querer vê-los juntos! 

Tess é uma jovem sonhadora, inteligente, quer muito entrar na universidade e tem um futuro maravilhoso pela frente. Mas, nesta história podemos ver que nem sempre as coisas saem como o planejado. Sua mãe está muito doente e ela acaba percebendo que seria a única capaz de cuidar de sua irmãzinha, o que mudaria completamente sua vida.

Gus é um rapaz um tanto indeciso quanto a sua carreira, mas acaba se deixando levar por seus pais a seguir a carreira de médico. Ele perdeu o irmão mais velho há pouco tempo, um irmão que sempre foi melhor que ele em tudo e por isso, Gus sente-se muito pressionado por sua família.

Eu tinha voltado na esperança de encontrar a garota ali de novo. Não que eu soubesse o que dizer a ela - assim como nas duas primeiras ocasiões. Ao entregar a câmera de volta a ela, eu não tinha sequer tido coragem suficiente para fazer contato visual, então desperdicei também a terceira chance.

Eu imaginei uma história totalmente diferente do que esse livro apresenta. Pouco do romance entre Tess e Gus é visto aqui, já que o tempo todo eles seguem rumos diferentes.  Acho que o mais importante no livro foi a forma como a autora demonstrou que tudo pode mudar com uma simples decisão ou com um simples ocorrido que não pode ser previsto. Os dois passaram por fases muito ruins, que se não tivessem acontecido, tudo seria diferente para os dois. Peguei-me pensando nisso o tempo todo, pois isto é muito presente na história.


A história é muito real, parece que qualquer pessoa poderia passar por tudo aquilo. Tess e Gus viveram muitas coisas nesses 16 anos. E gente, quanta coisa maluca esses dois passaram! Os dois viviam indo para os mesmos lugares, mas na maioria das vezes não se viam e eu ficava torcendo para que isso acontecesse logo!

A personalidade de Tess é bem complicada, mas conseguimos entender os motivos por ser assim. Em vários momentos tive vontade de entrar no livro para abraçá-la. Ela é tão sensível, ingênua, preocupada, mas muito forte também, ela é uma personagem bem diferente, um tanto delicada. Eu só desejava que encontrasse logo seu final feliz.

Já Gus se mostrou muito inconsequente no começo do livro. Ele fazia as coisas no calor do momento e quase não dava para perceber seus sentimentos, bem diferente de Tess, por sinal. Com o passar dos anos a mudança dele foi notável, mas o fato de não conseguir se impor em diversas situações me incomodou um pouco. 

A narrativa é muito boa, os capítulos são intercalados entre Tess e Gus, e cada um deles descreve um ano de suas vidas. Pode parecer bem corrido, pois um capítulo seria muito pouco para descrever um ano, mas a autora conseguiu colocar os pontos mais importantes da vida deles, tornando tudo bem dinâmico. O livro não fica chato em momento algum. A cada capítulo eu ficava mais curiosa pra saber quando esses dois iam se encontrar novamente.

Sobre os personagens secundários não posso falar muito, pois daria muitos spoilers! Indico o livro pra quem é fã de romances, principalmente pra quem gostou do livro Um Dia.

Thuanne Souza
Thuanne Souza

Paulista, 22 anos, assistente administrativa e estudante de Farmácia ❤ Sempre tentando ser alguém melhor e seguindo o lema “levo a vida devagar pra não faltar amor”. Apaixonada por músicas (principalmente as nacionais) e livros. Aprendendo a gostar de outros gêneros, além dos romances clichês.

12 comentários:

  1. Quando vi a resenha do livro logo pensei na história de Um Dia e por esse motivo acho que não ia gostar da leitura, parece uma história enrolada em que tudo acontece nas últimas páginas prefiro passar a leitura.

    ResponderExcluir
  2. Thuanne!
    Esquisito um romance onde os protagonistas não se encontram por 16 anos, ainda assim, gostaria de ler porque livros que trazem mensagens para nosso dia a dia e nos fazem pensar em nossas decisões, são sempre importantes.
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Isto de os dois se conhecerem e se separarem tem tudo para criar um romance clichê, mas não parece ser o caso aqui. Me identifiquei com a personagem pois também sempre sonhei em fazer faculdade rsrs acho incrível ler e ver como uma simples decisão ou ato muda tudo.

    ResponderExcluir
  4. Oi querida. Sabe que eu adoro livros em que a historia é intercalada? Nossa, fica tão mais completo ne? Confesso que ao decorrer da sua resenha fiquei imaginando os dois se encontrando e vivendo felizes para sempre, mas vi que não é assim kkk gostei muito da pegada da realidade, as vezes acontece isso mesmo, como se o destino conspirasse contra, entendo bem.
    Adorei a historia, beijos .

    ResponderExcluir
  5. Não gostei do livro Um dia, achei muita enrolação. Se esse for assim, não tenho interesse em ler, mas se for diferente, pois parece que eles não conseguem se encontrar, coisa do acaso rs. Mas fiquei curiosa em saber se irão algum dia se encontrar, isso deixa o leitor na expectativa.

    ResponderExcluir
  6. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais curiosa em conferi essa história, sou muito fã de romances e gostei do livro Um Dia.

    ResponderExcluir
  7. Pra ser sincera, com a sua resenha, esse livro se mostrou mais do que eu esperava. Eu achava que seria mais um romance clichê qualquer, mas não, é uma história mais real da qual mostra como as decisões são importantes em cada coisa que acontece na nossa vida. Fiquei morrendo de vontade de ler.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não conheça a autora, gosto muito de romance, mas achei estranho um livro de romance onde o casal principal não se encontra, acho que este livro eu não vou ler.

    ResponderExcluir
  9. Oi! Eu também achei bem parecido com Um Dia, mas eu esperava mais de romance, até porque a premissa praticamente nos vende isso. Mas ao mesmo tempo é muito legal ver que a autora opta por desenvolver melhor seus personagens sozinhos do que juntos. Sei que adoraria ler o livro!
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  10. Oi, Thuanne!
    Tinha gostado desse livro pela sinopse, mas pela sua resenha lembrou muito mesmo de Um Dia, um livro que já tentei ler e não consegui gostar de jeito nenhum! Nesse eu achei interessante os desencontros dos personagens, e acho que é o que me manteria mais grudada na história.
    Se eu tivesse esse em mãos adoraria ler, mas no momento não faço questão.

    ResponderExcluir
  11. Oii Thuanne!
    Lindo essa obra!
    Conheci esses dias, adorando td q venho lendo sobre...
    Curiosa pra ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Incrível como uma decisão pode mudar a direção das vidas de Tess e Gus!! Eles se conhecem muito jovens, cada um tem responsabilidades pela frente, e isto faz com que eles não se encontrem apesar de estarem no mesmo lugar!! Ansiosa para saber se este reencontro acontece!! Torcendo pelos dois!! Quero muito ler!!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.