Além das Páginas #1: A última música


Olá pessoal ;) Quem acompanha o twitter do blog deve ter visto que eu lançaria algumas novidades aqui no Conjunto da Obra. E essa nova coluna, Além das Páginas, é a principal novidade.

Isso porque, com a nova coluna, tentarei trazer para vocês tudo o que é relacionado com o mundo literário, mas que pode não estar diretamente ligado às páginas de um livro.
Será uma coluna onde vocês conhecerão as músicas que me inspiram durante uma leitura por me lembrar determinado livro, as versões cinematográficas que serão lançadas em breve, um bate papo com ou o perfil de algum autor... ou seja, tudo que está além das páginas, tanto para mim, pessoalmente, quanto para os leitores em geral. 

E se algum de vocês também quiserem participar aqui, é só clicar na aba Contato aí em cima e falar comigo, que eu ficarei muito feliz.

E para inaugurar essa coluna, trago hoje um livro que muitos devem conhecer, ainda mais por se tratar de uma obra do nosso querido Nicholas Sparks.

Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ULTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração.


Li a obra logo que foi lançada em 2010, pois minha irmã pegou o livro emprestado com uma amiga e eu, claro, não perderia a oportunidade. E, toda vez que via o título do livro, uma música da Rihanna, também chamada The last song, "tocava" na minha mente, até porque a letra, de certa forma, tem muito a ver com a história. Já ouviram? Se não, é só clicar aí em baixo:


E aí, concordam comigo?

Ah, vale lembrar que o livro já ganhou uma versão cinematográfica, que eu tive oportunidade de assistir pouco depois de ler o livro. Fiquei até um pouco frustrada quando a música que tanto me lembrava a história não fazia parte da trilha sonora! (A rima foi não intencional). Quem ainda não teve oportunidade de conferir, pode assistir ao trailer:



O que acharam da nova coluna?
Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

27 comentários:

  1. Ahhhhh eu adoro esse livro!
    Adoro o Nicholas e, apesar de não curtir muito a Miley, eu adooooro do filme.
    Não conhecia a música da Rihanna, mas eu gostei! ahhah
    Eu sempre penso em alguma(s) músicas quando estou lendo, hahaha poderia criar uma trilha sonora para cada livro, né?!
    Adorei a coluna!

    Beijos
    Mandinha :)
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda! Eu também gostei muito desse livro, e o filme não decepcionou.
      Eu também posso montar uma trilha sonora para cada livro, acho que a história por si só já nos leva a isso.

      Excluir
  2. Sofri tanto com o filme que nem estou disposta a ler o livro hehehe! A escrita do Nicholas Sparks é muito boa mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde Julia,

    Esse livro esta na minha lista de desejados e tenho muita curiosidade na história...parabéns pela resenha....abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adoro The Last Songs, música da Rihanna e livro!
    Rated R é o álbum dela que mais curto, e A Última Música o livro do Sparks que mais gostei.
    Beijos,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vini! Também curto Rated R, e a música tem até relação com o conteúdo do livro/filme.

      Excluir
  5. Gostei do Livro A última música, mas confesso que não foi o melhor livro do Nicholas que eu li

    http://enfimshakespeare.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post, confesso que ainda não li esse livro, nem vi o filme, mas gostei da escolha da música, haha.
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Oi Ju! Excelente coluna, ajuda o leitor a conhecer o universo da história, que neste caso virou filme.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Assisti um pedacinho do filme com minha irmã e nossa, COMOASSIM Nicolas Sparks consegue inserir todos os clichês (garota inteligente-porém-revoltada/diferença de classes sociais/doença) em uma só obra? Titio Sparks realmente não é pra mim...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha, é isso mesmo Isabel, o Nicholas consegue. Eu não me importo muito, já que alguns clichês me fazem bem, mas entendo que para algumas pessoas não dá.

      Excluir
  9. Oi Jú!
    Achei muito boa a coluna!! Eu vi o filme e li o livro e claro que o livro foi o melhor, mas o filme não achei tão ruim. Mas confesso que sou muito implicante com o nicolas sparks, não consigo... rsrs
    bjoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê, quanto tempo não te via por aqui ;)

      Excluir
  10. Oii Julia!
    Gostei muito dessa nova coluna! :)
    Já assisti aos filme e me emocionei muito, espero ler o livro muito em breve!
    Beijos!

    Elidiane - Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  11. Oi Juliana (: eu queria muito ler esse livro, minha irmã tem mas disse que só posso ler depois que ela ler e tal )': sei que o livro é muito bom e já li váaaaarias resenhas maravilhosas sobre ele... já vi o filme e adoro! Eu não conhecia essa música da Rihanna por isso não fui capaz de ligar ao livro, não sei se você conhece a música que a Miley fez pro filme "When I Look At You" mas eu adoro e sempre que penso no livro me vêm essa música na cabeça (: adorei a nova coluna!

    Agente já postou lá, quer ler? Desde já obrigada!
    -Mica
    Fallen in Me

    ResponderExcluir
  12. Queria ler esse livro, mas não gosto dessa música kkkkkkkkk. Na verdade, não gosto da R., mas eu queria ver o filme... quem sabe não tenho essa oportunidade...

    ResponderExcluir
  13. Oi JU*
    Eu já assisti ao filme, mas ainda não li o livro.
    Eu acho muito lindo, mas na minha cabeça roda a mussica She will be loved.

    Bjinhs*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura que roda She will be loved? Sabe que nunca tinha pensado nela? rsrs

      Excluir
  14. Oi Ju!

    Adoro tanto o livro quanto o filme, é uma história belíssima! Infelizmente assisti ao filme primeiro, e acho a adaptação bem fiel! Só que tenho percebido que o Sparks tem feito obras 'repetidas' demais', similares ao extremo. De qualquer forma, pretendo pegar uma obra dele em breve!

    Gostei da coluna! :D

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Sofia, acho que o autor realmente teve momentos de fazer sempre a mesma receita, e eu até enjoei por um tempo, mas o último livro dele que li mudou bastante o estilo, acho que vale a pena voltar a acompanhar (para mim está valendo). ;)

      Excluir
  15. Oi, Julia!
    Eu peguei esse livro emprestado com uma amiga no ano passado e li. Chorei feito uma condenada.hahahahah
    Eu geralmente não escuto nenhuma música quando estou lendo porque me tira a atenção, mas já aconteceu de durante uma leitura eu lembrar de determinada música que eu achei que combinaria com a história.
    Adorei a nova coluna e vou aproveitar pra anotar aqui que eu ainda preciso ver esse filme.rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dé, muito difícil eu escutar alguma música também, exceto quando estou no ônibus (a música é melhor que o falatório), mas normalmente é isso que acontece comigo também, de vir uma determinada música à mente.

      Excluir
  16. Foi meu primeiro livro do Nicholas Sparks e eu adorei! *---* Amei a música e realmente parece!
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  17. Gostei da coluna vai ser interessante, eu ainda não li o livro mas já vi o filme e é muito bom

    bjos

    ResponderExcluir
  18. Eu assisti o filme antes de ler o livro, acho que por isso não me emocionei tanto na leitura quanto no filme e acabei esperando mais, mas o filme até que é bem fiel. Sinceramente, eu curti mais o filme, na verdade, não gosto tanto dos livros do NS, acho muitas vezes meloso e deprimente demais.
    Ah, eu adorei a nova coluna ;)
    Eu não gosto de ouvir música lendo, me desconcentra, mas essa música da Rihanna é boa e lembra mesmo a história...

    Beijos
    Post novo no blog!

    http://livrosebatons.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran, realmente tira um pouco o brilho do livro quando assistimos ao filme primeiro. Mas tenho que defender o autor, os livros novos dele foge um pouco àquela receita de depressão. rsrs

      Excluir
  19. Julinha, adorei a coluna nova!!! *-*

    Eu ainda nao li o livro nem assisti ao filme, mas pretendo fazer isso ainda esse ano.
    Vamos ver ql musica passará em minha ment hehehe :)

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.