Novidades #44: Março com a Novo Conceito


Março vem aí, e a editora Novo Conceito já anunciou seus lançamentos para o mês.
Quais vocês gostaram mais?



Jay Pausch passou por um trauma: a perda do marido para um câncer de pâncreas. A enfermidade de Randy Pausch também destruiu as verdades e as certezas em que Jay acreditava. Pega de surpresa pela doença, que avançou rapidamente, Jay Pausch precisou inverter suas prioridades. Acostumada a cuidar da família, percebeu que aquele era, também, o momento de cuidar de si mesma, porque, do contrário — caso fraquejasse —, sua família não sobreviveria. E, apesar de todas as alterações pelas quais passou, foi capaz de registrar a maior parte de suas experiências, dúvidas e medos. Este registro acabou se constituindo num relato vigoroso sobre como a morte muda o relacionamento entre as pessoas e sobre como é possível sobreviver, passo a passo, a essas mudanças. Sonhe Mais é referência para todos os que estão vivendo uma fase de transição e é leitura obrigatória para aqueles que passaram, ou estão passando, por um momento de dor.


Cada vez mais fazemos uso da pesquisa científica para conquistar melhor qualidade de vida. Sabemos o que devemos ou não comer, conhecemos o tipo de exercício que devemos praticar e por quanto tempo devemos fazê-lo, aprendemos alternativas viáveis para conquistar o sono revigorante… No entanto, nossos relacionamentos amorosos, parte importante de nossa vida, não parecem tão avaliados e estudados. Geralmente temos a sensação de que essa coisa de amor é um assunto da sorte. Mas será possível que a ciência explique por que algumas relações são produtivas e enriquecedoras, enquanto outras nos deixam perturbados e alienados? Pode a ciência explicar como muitos criam vínculos amáveis sem esforço algum, enquanto outros têm que lutar tanto pelo amor? Para o psiquiatra Amir Levine e a psicóloga Rachel Heller, a resposta é um evidente “sim”. Em “Apegados” — livro baseado nas pesquisas da Teoria do Apego, de John Bowlby —, os autores revelam como compreender os mecanismos de afeição que se criam entre os adultos, o que certamente nos ajudará a encontrar e a manter o amor. Seja você do tipo “ansioso”, “seguro” ou “evitante”, Levine e Heller se encarregam de oferecer instrumentos suficientes para que você possa construir relações mais fortes e reparadoras com as pessoas que ama.

Em Busca de um Final Feliz, de Katherine Boo, é um livro brilhantemente escrito. Através de uma forte narrativa, descobrimos como é o dia a dia dos moradores de Annawadi, uma favela à sombra do elegante Aeroporto Internacional de Mumbai, na Índia. A história de seus habitantes nos faz rir e chorar, porque “o que é celebrado neste livro não é o que poderíamos chamar toscamente de ‘o encanto da lama’, mas a riqueza das pessoas que — para o bem e para o mal — compõem um tronco social que está cada vez mais presente no nosso mundo moderno”. (Zeca Camargo, em prefácio a esta edição). O leitor vai se apaixonar por Sunil Sharma, o menino catador de lixo que quer ficar rico, por Manju, a moça mais bonita da favela, que quer ser professora, e até pela tresloucada Fátima, a Perna Só, que só quer um pouco de atenção.


Emily Taylor é uma mulher jovem e escritora de sucesso, mas não gosta muito de seu próprio livro. Também tem um casamento que parece ideal, no entanto ele acabará em divórcio.
Sentindo que sua vida perdeu o propósito, Emily decide fazer as malas e passar um tempo em Bainbridge — a ilha onde morou quando menina — para tentar se reorganizar.
Enquanto busca esquecer o ex-marido e, ao mesmo tempo, arrumar material para um novo — e mais verdadeiro — livro, um antigo colega de escola e o namorado proibido da adolescência tornam-se seus companheiros frequentes. Entretanto, o melhor parceiro de Emily será um diário da década de 1940, encontrado no fundo de uma gaveta.
Com o diário em mãos, Emily sentirá o estranhamento e a comoção causados pela leitura de uma biografia misteriosa que envolve antigos habitantes da ilha e que tem muito a ver com sua própria história.
Assim como as violetas que desabrocham fora de estação para mostrar que tudo é possível, a vida de Emily Taylor poderá tomar um rumo improvável e cheio de possibilidades.
As Violetas de Março é um romance sobre a força do amor, sobre as peças que o destino prega e sobre como podemos ser felizes mesmo quando tudo parece conspirar contra a felicidade.

Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

29 comentários:

  1. Sonhe mais parece ser bem bonito, sem contar que a capa é linda. Em Busca de um Final Feliz parece ser aqueles livros que você precisa ler com uma garrafinha d’agua por perto, para não desidratar de tanto chorar. O livro da Sarah Jio é outro que deve ser lindo.
    Sobre importâncias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que Em busca de um final feliz deve ser lindo, e Sonhe Mais deve passar uma mensagem positiva. Quero ler todos, na verdade. rsrs

      Excluir
  2. Oi Ju!!

    Os lançamentos estão bons, mas nenhum chamou realmente a minha atenção. Todos aparentam serem ótimos, principalmente "Em Busca de Um Final Feliz"!

    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Oi Julia!
    A Novo Conceito sempre lança uns livros que geralmente me interessam e dos lançamentos de março o que menos me atraiu foi Apegados. Prefiro livros de ficção!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dessa, divido a mesma opinião que você. Eu até solicitei Apegados, mas porque acho que minha irmã vai gostar, e porque tenho curiosidade, ainda assim.

      Excluir
  4. Olá!
    Adoro os livros que a Novo Conceito lança e esse mês não vai ser diferente!
    Todos lindos, oque eu mais fiquei curiosa foi As violetas de março.

    Beijos
    @blogscl
    http://sonhando-com-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As violetas de março com certeza foi o que mais me deixou curiosa também. Espero poder ler logo.

      Excluir
  5. Oi Ju.
    Desta vez eu não me interessei por nenhum livro. Mas devo confessar que as capas são lindas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Alinne, acho meio frustrante quando os livros não nos agradam. Mas olha que é difícil eu me sentir assim, viu?

      Excluir
  6. Adorei as novidades, gostei muito do 1 e do ultimo.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Quanta coisa bacana da NC
    Fiquei com muita vontade de ler todos

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Fiquei morrendo de vontade de ler em busca de um final feliz. Parece ser um libro maravilhoso.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Julia! Tudo bem? Mal a editora divulgou os lançamento de fevereiro ela chega com os de março. Vou a falência desse jeito, rs. Quero muito ler Em Busca de um Final Feliz. Adoro livros que se passam na Índia e esse parece ser muito bom. As Violetas de Março também me interessou. Achei essa capa linda!

    Beijos, Ma Petit.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raah, realmente a editora (e as outras também) nos levam à falência. Fica difícil assim. rsrs

      Excluir
  10. Oie!
    Nossa, cada vez eu gosto mais dessa editora, os títulos são sempre ótimos e capas lindas!
    Fiquei curiosa por este sonhe mais.

    Bjinhs*

    ResponderExcluir
  11. Sonhe mais é um que eu já to esperando faz tempo. Em busca de um final feliz deve ser LINDO, preciso, preciso *-*

    ResponderExcluir
  12. Estou louca para assistir Em busca de um final feliz. Pode ser tanto um clichê violento quanto um livro maravilhoso, então é ver para saber...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Isabel, não sei você, mas eu não me importo tanto com clichês, desde que a história seja bem escrita.
      E também quero ler este livro.
      Beijos

      Excluir
  13. Gostei dos lançamentos e estou bem ansiosa por Em Busca de Um Final Feliz e As Violetas de Março.
    Beijos

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho a impressão de que não tem como a Novo conceito nos decepcionar?
    kkkkkk
    Eu adoroooooo as novidades dessa editora, as capas sempre são umas mais bonitas que as outras.

    http://clicandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. A Novo Conceito sempre arrasa!!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nada desses últimos lançamentos da NC está me chamando a atenção...
    Pelas sinopses parecem romances tão sensacionalistas! Não estou curtindo o rumo editorial para qual a empresa ruma...
    Beijos,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vinicius, que pena que não está agradando. Eu estou adorando esses livros, talvez porque goste bastante de romances.

      Excluir
  17. O único que me chamou a atenção foi As violetas de março.
    Os outros não são muito dos gêneros que eu gosto de ler =/
    Bjo

    ResponderExcluir
  18. Oi Julia, tudo bem flor?
    Dos lançamentos de março curti Violetas de Março e Em busca de um final feliz. Os demais confesso que não me chamaram tanto assim a atenção.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  19. Acho que os quatro livros apresentados são muito bons, cada um deles dentro de seu próprio estilo. Vou querer ler todos e já anotei os nomes para leitura posterior.

    ResponderExcluir
  20. Já conhecia Sonhe mais e Violetas de março, o qual deve ser muito bom.
    Gostei dos quatro lançamentos. E das capas acho que Apegados tem a mais bonita!

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.