O Reino Secreto de Todd - Louise Galveston

Créditos da imagem: Blog Parafraseando Livros.

O reino secreto de Todd - COMO FOI QUE ELE SE TORNOU UM DEUS POR ACIDENTE?
INGREDIENTE A: meias esportivas muito usadas
INGREDIENTE B: imundície do GRANDE e Poderoso TODD (em pessoa)!
INSTRUÇÕES: deixar embaixo da cama por meses e meses. NÃO ARRUMAR O QUARTO
Mas atenção! Quando o valentão da escola, Max Loving, coloca em risco o futuro da minúscula civilização toddliana, Todd terá que fazer tudo o que estiver ao seu alcance para salvar essa raça que ele mesmo criou sem querer.
Perfeito para os fãs de livros de aventura que saem da mesmice, O REINO SECRETO DE TODD vai fazer você rir bem alto. Descubra o que acontece quando você deixa a roupa suja jogada no chão...
GALVESTON, Louise. O Reino Secreto de Todd. #irado, 2015. 252 p.

Infanto-juvenis são sempre bons. Eu sempre me imagino rindo horrores quando se trata deles. Felizmente, não foi diferente com O Reino Secreto de Todd. Até mesmo porque a premissa dele já é bem... engraçada.

Todd é um garoto de 12 anos que inesperadamente cria vida. Em meio a intensa sujeira de seu quarto, restos de bolinhos e muitas meias sujas, existe uma civilização. Minúsculos, os toddlianos (como eles passam a ser chamados) são criaturinhas que se alimentam da sujeira de seu deus todo poderoso Todd, que fica desesperado ao ver que é sua aquela responsabilidade. Mas ora, ele não conseguiu manter vivo um caranguejo, quem dirá uma civilização inteira.

Todd está entrando no sexto ano e espera que algumas coisas sejam diferentes, especialmente em relação aos valentões da escola, que se aproveitam de sua fraqueza para "zoar". Quando um desses valentões, que agora é seu mais novo amigo, ameaça a sua civilização microscópica, ele terá que salvá-los, com coragem ou não.

"Foi então que percebi que havia vários palitos de dente presos na moldura da minha janela sobre a cama. Uau. Perséfone não apenas havia fugido das garras de Spud como também de alguma maneira aprendera a chegar até minha casa, escalar o muro e subir até minha cama com um palito de dentes e fio dental. Eu havia criado uma Mulher-Aranha em miniatura".

A maioria dos infanto-juvenis têm o poder de nos trazer risadas e leveza e era tudo isso que eu esperava de O Reino Secreto de Todd. A obra não traz inovações ou contexto mirabolante, mas sim uma premissa pra lá de engraçada, cumprindo seu papel de divertir e entreter o leitor. A narrativa em primeira pessoa por Todd nos permite acompanhar todas as frustrações escolares e sociais, não somente suas, mas daqueles que o rodeiam (e talvez, o coloquem naquele abismo social). Quando surge a oportunidade de se tornar um garoto "descolado" (justamente no período de transição para o 6° ano), é quase como se fosse uma proposta irrecusável. A partir daí ele terá que decidir que caminho seguir.

"Eu não acreditava no que estava acontecendo
 Eu, Todo Butroche, era mais legal do que Ernie Buchenwald."

Nota especial para a edição. Está fantástica, em capa dura e com um diagramação notável. O conjunto da obra ficou realmente muito agradável.

Eu gostei bastante de O Reino Secreto de Todd. Tenho uma certa paixão por infanto-juvenis (e essa leveza e sensibilidade que os acompanham), e esta obra conseguiu muito bem cumprir o seu papel. Leve, despretensioso e engraçado, é uma dica absolutamente excelente para (principalmente) crianças. Entretanto, quem disse que não pode agradar os mais grandinhos? ;)

Sofia
Sofia

Geminiana de 13/06/00, blogueira no Lendo de Tudo e (completamente) apaixonada por livros. Sejam eles fictícios ou verídicos, românticos ou terror. Mas incondicionalmente fã de J.K. Rowling, Rick Riordan e Agatha Christie. Indecisa, - mas também determinada (como assim, ué?)- casada com o teatro, amante dos livros, sofro de sinceridade aguda.

4 comentários:

  1. Oie
    Gostei da premissa, do livro, parece ser bem gostoso de se ler.
    Engraçado que pela capa eu esperava algo mais dramático. Me enganei...

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Curto muito livros Infanto-juvenis, sempre são história super divertidas, tenho esse livro aqui e muito em breve irei ler.

    ResponderExcluir
  3. livro super simpático que tenho certeza que vai agradar o público alvo e também os mais grandinhos, afinal, quem nunca inventou um mundo só seu, enfrentou essas ciladas na época de escola. Todd é bem esperto, carismático. a capa é legal condiz com o livro. não seria um livro que eu leria agora, mas com certeza vou procurar lê-lo =)

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha, e tenho que dizer que eu amo livro infanto-juvenis,esse parece ser muito bom e concerteza entra para a minha lista de desejados.

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.