Sebastian - Bella Prudencio







Sinopse: Solveig resolve passar um ano na Romênia com as tias, mas um acidente acaba matando-as e mudando o seu plano, ela vai morar com o primo de terceiro grau, Sebastian, um herdeiro sexy, levemente cafajeste, mas ao mesmo tempo completamente romântico e apaixonante.

PRUDENCIO, Bella. Sebastian. Rio de Janeiro: Publicação Independente, 2015. 188 p.



Sempre gostei muito do gênero New Adult e quando eu descobri que a Bella tinha escrito um livro com essa temática, logo fiquei com vontade de ler. A capa do livro chamou muito a minha atenção e a sinopse me deixou muito instigada. Convenhamos, quem é que não sonha em passar um ano no exterior com o cara mais maravilhoso do mundo? 

A maior parte da história se passa em Bucareste, capital da Romênia. O plano inicial era morar com as tias, mas um incêndio acabou mantando-as pouco antes de Solveig (a origem do nome é sueca, achei bem bonito e exótico e de acordo com a autora, justamente por ser sueco, a pronuncia seria "Solvei") mudar-se. Tudo parecia perdido até que o seu primo de terceiro grau, Sebastian, convida a carioca para passar o ano em seu apartamento.

Antes da mudança, eles mantinham contato por mensagem e redes sociais e, é claro, Solveig não tinha uma quedinha pelo primo, era um barranco inteiro. O que ela não sabia é que o sentimento era recíproco. Como era de se esperar desde o início, os dois se envolvem em um romance que tem tudo para causar uma infinidade de problemas.

"Eu só queria viver, eu só queria curtir.
Mas eu descobri que não era só isso.
Eu queria ser, eu queria saber.
Eu queria conhecer a mim mesma e eu estava conseguindo."

Apesar de a história não ser nem um pouco complexa, gostei bastante. Para mim, os livros do gênero New Adult têm que ter essa vibe mais tranquila, onde o romance e a construção dele são os focos principais. Nesse quesito, Bella Prudencio não pecou. O grande problema para mim foi o modo como começaram a se envolver. Eu não consigo acreditar de forma alguma que em apenas uma semana duas pessoas podem se apaixonar desse jeito. Sempre fui daquelas que pensam que o amor é construído dia após dia, conquistado com as pequenas coisas, mas de uma forma mais calma e lenta, gradual. 

O livro também contém alguns erros ortográficos, mas nada que uma boa revisão não resolva. Acredito que, por ser o romance de estreia da autora, isso não seja um pecado tão grande. Também não atrapalha no entendimento da obra em si. A narrativa, simples e fluida, é dada em primeira pessoa pela Sol, o que nos faz conhecer até os pensamentos mais íntimos da personagem. E por falar em íntimo, vale lembrar que Sebastian possui alto teor sexual, por isso não é indicado para crianças. 

O enredo, apesar de ser previsível, não desaponta. É cheio daqueles clichês que eu adoro, mas que a maioria das pessoas detestam e mesmo assim o livro não deixa de ser original. Há também muitas referências musicais e cinematográficas, o que conta mais um ponto positivo. Posso afirmar que a autora tem um talento nato que deve ser explorado e tem tudo para melhorar a cada dia. Não vejo a hora de ler outras obras da Bella Prudencio e acompanhar o seu crescimento como escritora.

Ana Clara
Ana Clara

Amante de livros sonha em ter uma biblioteca gigantesca em casa. Lê qualquer coisa que colocarem na frente, desde biografias a rótulos de shampoo. Detesta cachorros e, para ela, os gatos são as criaturas mais fantásticas do mundo. Quando o assunto é música, não cansa de mostrar seu amor pelos Beatles, além de ser fã de fé dos Engenheiros do Hawaii. Também é apaixonada por MPD e louca por O Teatro Mágico do último fio de cabelo até a planta dos pés. Se quiserem saber mais, acompanhem também o blog Roendo Livros.

12 comentários:

  1. Não conhecia esse livro, parece ser ótimo, essa resenha me deixou bastante interessada em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  2. Eu não gosto desse gênero, acho que em 99% dos casos as histórias sempre se tratam de romantizar relacionamentos abusivos e eu odeio isso. Esse livro pareceu fugir desse meu preconceito mas mesmo assim não é o tipo de leitura que me interessa.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Não é o gênero que gosto de ler, mas pra quem curte, parece bem legal e interessante, quem sabe mudo de ideia e confira essa história...
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Gostei da resenha, não conhecia o livro..
    Adoro esses romances clichês, e gostei do fato de ter referências musicais e cinematográficas.
    Lerei assim que tiver uma oportunidade!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Ainda não conhecia o livro, e nem autora, mas amo conhecer obras nacionais, como o livro faz meu gênero fiquei curiosa para lê-lo!
    Sucesso para autora, parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Elidiane
    Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não gosto muito desse clichê de homem cafajeste que se apaixona, acho que acaba sempre enveredando para relacionamentos machistas.

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia a autora e concordo quem não quer passar o ano todo morando com um gato desses kk. Também não acredito nesses romances instantâneos que acontece muito rápido. Mas acontece em muitos livros, a historia parece ser muito boa e achei legal eles já terem contato via mensagens, então isso facilitou o romance.

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Não conhecia o livro, mas gostei do enredo e que tem referências haha
    Ai como queria passar um ano fora, relaxar a mente e livrá-la de uns estresses hahaha e ainda vem um Sebastian.

    Algo me diz que esse rapaz é inspirado no Sebastian Stan.

    tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Jú estou comentando só agora em 1 de Abril(mas não é mentira não! Olha eu aqui kkkk) Homem sexy ? já diz tudo né, o livro deve ser mto envolvente e depois dessa resenha arrasadora já estou gritando : submarino, amazon voltem com os descontos pf! É mto livro bom para pouco dinheiro.

    ResponderExcluir
  10. Olá Ana!!!
    Eu aqui no finzinho do Dia da Mentira comentando essa resenha incrível. Eu li a sinopse e já fiquei: "Pelo amor de DEUS que homem é esse??"
    Homem ssexy já chama atenção e por isso mesmo já me interessei pela história. Assim uma coisa ser construída em duas semanas pra mim também não existe, mas livros são livros e tudo pode acontecer.
    Adorei a resenha, adorei conhecer a autora e adorei conhecer a obra que já tá na lista pra ler.
    E é isso até uma próxima o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.