A Aliança dos Castelos Ocultos - Série Controlados - Peterson Silva

Na série Controlados, a magia está em todo lugar. Os magos podem alterar os seus sentimentos, os seus pensamentos ou comandar as suas atitudes. Não se pode confiar em ninguém. No primeiro volume da série, A Aliança dos Castelos Ocultos, Heelum está cada vez mais próxima de uma verdadeira e perigosa transformação com a ascenção de grupos contrários à dominação dos magos. Mas estes não estão dispostos a ver a derrocada de seu império tácito, e um grande poder aproxima-se da liderança dos magos, clamando pela união de um mundo fragmentado. A Aliança dos Castelos Ocultos introduz o leitor a um mundo diferente, mas ao mundo em que vivemos: repleto de poderes invisíveis e da busca onipresente por justiça, liberdade e felicidade. (Skoob)

SILVA, Peterson. A Aliança dos Castelos Ocultos - Série Controlados. Independente: 2014. 472 p.


Fazia algum tempo que não lia nenhuma história ambientada em um universo fantástico, por isso gostei muito quando a Ju me passou Controlados através de uma parceria do Conjunto da Obra com o autor Peterson Silva.

A aventura se passa em um mundo chamado Heelum, cujo mapa o autor fez questão de desenhar para o leitor se familiarizar com a localização de cada região e cidade. Nesse mundo, alguns homens e mulheres aprenderam o uso da magia, que é diferente daquela que estamos acostumados a conhecer, e formaram grupos rivais ocultos da população, porque a maioria das pessoas teme e condena a sua prática.

Na obra de Peterson Silva, a magia representa o controle da mente e das emoções de outra pessoa. A ideia é original e bastante interessante. Inclusive a forma como é apresentada.

Funciona assim: quando um mago quer atacar ou controlar uma pessoa, ele entra em uma dimensão chamada Neborum, onde cada pessoa possui um castelo, que representa tudo o que ela é, o que ela pensa, o que já vivenciou, seus segredos, paixões, amores, etc. Cada um desses sentimentos e recordações ficam em salas e são representados de formas diferentes. Os magos tentam invadir esses castelos e controlar, ou mudar, o que a pessoa pensa ou sente. Inclusive, pode até matá-la. Cada mago tenta manter seu próprio castelo protegido desses ataques, mas nem sempre é forte o suficiente.

Existem mais algumas particularidades, como o tempo. Em Heelum, ele é um pouco diferente daquele que conhecemos.

“A palavra rosano vinha da língua antiga, a na-u-min. Roun, o nome em na-u-mim para o sol, juntava-se À palavra sana, de tempo. Um rosano se passava ao final do ciclo das quatro estações – cada uma com cinquenta e quatro dias: inasi-u-sana, a mais fria, na qual estavam já quase pela metade; kerlz-u-sana, a seguinte, mais bela e primorosa; torn-u-sana, a mais quente, e gargsek-u-sana, a cinzenta.”

Em Heelum o único lugar onde existe a cor branca é nos Arcos Brancos, localizado na capital, a Cidade Arcaica, que foi palco, no passado, de uma grande batalha entre os homens e magos. As nuvens são amarelas, os olhos das pessoas são pretos e azuis, os dentes amarelos, enfim, cada coisa que conhecemos no nosso mundo que é branca, em Heelum tem outra cor.

Tudo isso, o autor apresenta logo no início, o que ajuda a perder um pouco da confusão inicial. Então, somos inseridos em cinco histórias diferentes:

- Lamar, uma mago aprendiz, e seu algoz, Tornero, que por algum motivo quer destruí-lo e transformar a sua vida em um inferno;

- Leo, Leila, Fjor e Beneditt, quatro jovens que formam uma banda de rock, e que são convencidos a aceitar o contrato de um agente musical com planos misteriosos;

- Tadeu e Amanda, dois jovens apaixonados, mas cujo namoro é proibido pelos pais, porque eles fazem parte de grupos rivais de magia;

- Desmond, um mago sedento de poder, que faz qualquer coisa para atingir seus objetivos;

- Kan, um mago que é envolvido em crimes e politicagem, e Dalki, o policial que o persegue;

- Jen e Richard, uma estudante e um guia em busca da comprovação de uma tese sobre monstros.

Cada uma dessas histórias é contada em capítulos alternados, entretanto não ocorrem em paralelo, uma vez que a passagem de tempo é diferente de uma para a outra e os personagens nunca se encontram ou compartilham acontecimentos.

Posso dizer que as histórias de Tadeu e Amanda, e da banda de rock, foram as que mais gostei. Inclusive, a ideia de Tadeu, para fazer com que Amanda não sofresse mais pelo romance dos dois, é muito bem empregada dentro do contexto.

Infelizmente, nenhuma das cinco histórias é concluída, e a de Jen e Richard nem sequer começa direito. O leitor fica sem saber o que acontece, pelo menos até o segundo volume sair.

Apesar disso, e da narrativa e dos diálogos serem um pouco confusos, gostei da criatividade do autor e da potencialidade da obra após ser concluída. Espero que a continuação chegue logo. ;>)


Carlos H. Barros
Carlos H. Barros

Carlos tem várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamenta o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco -, e não saber desenhar. Autor também do blog Gettub

15 comentários:

  1. Obrigado pela resenha, Carlos! =D Fico feliz de saber que estás ansioso pelo segundo :} Estou fazendo de tudo para que saia o mais rápido possível!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Peterson!

      Não precisa agradecer, foi um prazer conhecer sua obra. Desejo muito sucesso!!!

      Abs

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oie Carlos =)

    Não conhecia o livro e nem o autor, mas a premissa me pareceu interessante. O único ponto que me desanimou é o fato de seu uma série.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ane! Hoje em dia, quase tudo é série! O.O

      Virou moda...rssss

      Abs :)

      Excluir
  4. Muito interessante esse livro.
    Não conhecia, mas é legal saber que se trata de um nacional
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rizia! Ele pode ser baixado gratuitamente. Se puder, dê um pulo no site no autor.

      Abs

      Excluir
  5. Oi Carlos, tudo bem? (Oi Ju!)

    A obra parece bem envolvente mesmo. Isso dos magos entrarem em um plano paralelo que mostra tudo o que a pessoa é e viveu chamou minha atenção, me lembrando um pouco do filme Origem, da mente humana "descascada" em vários planos.

    Pena as histórias não serem concluídas, mas espero que a continuação seja boa mesmo ;)

    Beijos,

    Pah - Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pah! Joia? Então, agora que citou o filme Origem, realmente a premissa é bastante parecida, mas ao invés de sonhos, o acesso é enquanto a pessoa está acordada, como uma invasão mental. Abs :)

      Excluir
    2. Sabe que um filme que estou pra ver há muito tempo é esse. Todo mundo fala que eu vou gostar :) Tenho que lidar com essa minha 'deficiência' logo, hehe.

      Valeu!

      Excluir
  6. Oi, Carlos!
    O livro parece ser interessante e envolvente. Vi muitas pessoas comentando sobre o mesmo pela blogosfera e eu adoro a premissa. Porém, sobre a leitura, talvez eu teria algumas ressalvas.
    Parece ser bom, acima de tudo. Pretendo lê-lo caso tenha oportunidade.
    Gostei de saber sua opinião.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro! Como mencionei na resenha, eu senti alguma dificuldade quanto ao estilo da escrita, mas nada que impedisse a leitura. E vale lembrar que o livro pode ser baixado gratuitamente! ;)

      Excluir
  7. Olá Carlos,

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, parece realmente interessante, espero lê-lo futuramente....parabéns pela resenha...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marco, tudo certo?

      Se quiseres conhecer mais resenhas sobre a série, veja no link: http://seriecontrolados.com.br/?page_id=209

      Obrigado e espero tê-lo como leitor em breve sim! =D

      Abraço!

      Excluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.