Puro Êxtase - Josy Stoque



"O vazio é uma nova oportunidade de se preencher" Como você se sentiria se seu relacionamento acabasse depois de dez anos? Sara Mello precisa recomeçar, recuperando o emprego como advogada e os sonhos perdidos. E como se não bastasse a mudança, a vida lhe faz mais uma surpresa através de um estranho em um bar, um convite irrecusável e uma noite inesquecível. Ela vai descobrir que é sexy, sentindo na pele o significado mais profundo do amor próprio. Abra sua mente, liberte suas fantasias mais ousadas e realize tudo o que tiver vontade.
STOQUE, Josy. Puro Êxtase: Erótico, Libertador, Controverso. Independente: 2014. 284 p.


Livros eróticos estão em alta já há algum tempo, e são vários os autores do gênero – geralmente autoras – que podem facilmente ser lembrados. Para quem ainda não sabe, também são muitos os autores nacionais que se embrenham nesse estilo, como é o caso de Josy Stoque, autora de Puro Êxtase.

No livro, Sara saiu há pouco tempo de um relacionamento conturbado e se sentia bastante ferida, tanto em seu orgulho – como profissional e como mulher -, quanto em relação ao fato de ter deixado a si mesma de lado por um casamento que fracassou. É no momento de sua redescoberta após a separação que a história se passa, e a personagem vai se reinventar pelo prazer, sem barreiras e sem preconceitos.

"Aprendi que, se eu não me valorizar, não me cuidar, não me amar, ninguém vai."

Quero deixar algo bem claro: eu gostei da história. Não criei um carinho especial, nem nada assim, mas há um potencial na obra. O único problema, no meu caso, foi que eu esperava uma profundidade que não veio, então meus comentários serão feitos nessa linha.

O primeiro ponto a ressaltar é que Josy se despe de qualquer preconceito e traz realidades que são mais comuns do que queremos admitir. É um texto para quem tem cabeça aberta e deixa as qualificações morais de lado na hora da leitura ou, definitivamente, não chegará ao final. Todas as fantasias possíveis estão ali, escancaradas, sem deixar muito à imaginação. A criatividade e a diversificação também não deixam nada a desejar. Essa era a proposta do livro e a autora conseguiu atingi-la.

A leitura do livro se faz rápida, pela linguagem simples e pela velocidade dos acontecimentos. No entanto, foram esses últimos que provocaram certo distanciamento com o enredo. Ainda que a autora tenha criado certa ambientação para o desenvolvimento da história, tive a impressão de que os fatos e pensamentos se repetiam quase todas as vezes que Sara não estava com alguém. E mesmo a criatividade para criar cenas bastante diferentes quando ela estava com alguém não impediu que o texto se tornasse muito do mesmo.

"Todo mundo precisa de novidade e de apimentar a vida. Nenhum amor sobrevive à rotina. Ninguém e nada é perfeito como nos contos de fadas, jamais. Temos que entrar em uma relação conscientes disto, porém os dois tem que fazer sua parte para que todo mundo saia satisfeito."

Ainda, é importante lembrar que Puro Êxtase é o primeiro livro de uma trilogia, e espero que a obra se aprofunde nas perspectivas dos personagens. Pelo que tenho visto nas redes sociais, o par romântico de Sara será Rodrigo, mas, nesse primeiro livro, muito pouco dele foi mostrado e, sinceramente, aquilo que foi não me fez sentir nada de mais por ele do que por qualquer outro personagem masculino do livro. Por isso, agora é esperar para ver se Puro Êxtase a 2 suprirá as lacunas deixadas neste primeiro volume e conseguirá me ganhar de vez – ou não.



Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

5 comentários:

  1. Olha eu sinceramente não gosto muito desse gênero de livro, mas eu gostei bastante da sua resenha, principalmente por conta da história. Fiquei interessada sim, mas eu não sei se o pegaria pra ler, embora eu tenha lido um livro da Bella Andre só por conta de parceria, eu fiquei bastante impressionada. Acho que poderia acontecer com um outro como esse que vc leu, mas tipo, sem exagero entende? Porque quando fica uma coisa muito repetitiva isso acaba me cansando e acho que foi isso que acabou me afastando desse tipo de gênero. Enfim...Mas mesmo assim parabéns pela sua resenha. Gostei bastante =]]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Julia. Acredito que você não tenha compreendido a proposta real do livro porque esperou por algo que não aconteceu. Além das fantasias e liberdade sexual, eu falo de amor-próprio, de se amar antes dis outros e de enxergar tudo o que é realmente importante para você como pessoa. Para a personagem era um aprendizado necessário. Sim, não tem romance e não vejo porque isso torna o livro superficial. Pelo contrário! Tratei de assuntos sérios e reais de forma direta, sem meia palavras, para não haver dúvidas sobre o meu objetivo. Fico triste por você não ter gostado da história. Achei necessário escrever sobre superação até para ajudar outras mulheres a terem mais confiança em si mesmas e também para fazer minha personagem perder seus traumas pelo fim do divórcio. Tenho notado que o pessoal tem gostado mais do livro 2 pelo romance, mas se tem uma coisa que não faço é escrever de maneira superficial. Minhas histórias sempre terão algo a mais e sempre cuido para não ser repetitiva como a maioria das autoras do gênero. Obrigada pela sinceridade. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josy, quando falei da profundidade que esperava, não estava falando do livro, mas dos relacionamentos de Sara. Talvez não tenha me expressado bem e peço desculpas por isso, mas por isso quis deixar bem frisado já no início da resenha: eu gostei do livro, só esperava outra coisa. Assim, o problema não foi a história, mas eu mesma. Não me senti frustrada nem decepcionada, eu li muito rápido, porque gostei muito da sua escrita, era apenas diferente do que eu esperava, e foi isso que quis passar na resenha.
      Quanto à repetição, trata-se na verdade de uma questão de preferência. Já disse - aqui e na resenha - que a leitura foi bastante rápida, porque vi que as cenas eram bastante diversificadas e criativas, e sua escrita fez com que eu lesse sem nem perceber. No meu caso, também, geralmente costumo ler livros do gênero que envolvam romance, então os atos descritos envolvem mais coisas do que apenas o prazer, e por isso me pareceu um pouco repetitivo nesse sentido, de que todos os casos dela foram apenas casos. Acho que sou muito romântica, só isso, e talvez por isso seu livro não tenha me conquistado 100%.

      Excluir
    2. Eu que peço desculpas pelo tom de comentário. Acho que exagerei quando li as palavras "superficial" e "repetitivo". Depois pensei melhor e entendi que estava se referindo não ao meu texto ou a história, mas aos casos da Sara e, como suspeitei, você realmente estava esperando um romance, mas o que eu queria mostrar neste livro é que ela não precisava de um homem para superar a perda do casamento. Essa era realmente a ideia, por isso não tem. Em contrapartida, é um livro hot e precisava ter sexo, por isso optei pela liberdade sexual e pela realização de fantasias, desinibidas mesmo. Como eu disse na introdução, Sara é uma mulher que teve só um homem e ele a frustrou até fazê-la entrar em pânico ao pensar em um novo relacionamento. Então ela chutou mesmo o balde e se jogou em um aventura sexual muitas vezes reprimida, tanto pela sociedade, quanto pela edução dada às mulheres. Me perdoe, peço novamente. Continuo agradecendo pelo seu ponto de vista, porque também não tenho intenção nenhuma de enganar o leitor, escondendo que este livro não tem romance. Um Beijo.

      Excluir
  3. Oi Ju
    Eu nao conhecia esse livro e te confesso que já faz um tempinho que não leio livros eróticos.
    Quem sabe um dia eu leia este, se tiver oportunidade.

    Beijos

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.