Pax - Sara Pennypacker

Sinopse: Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas.
Alternando perspectivas para mostrar os caminhos paralelos dos dois personagens centrais, Pax expõe o desenvolvimento do menino em sua tentativa de enfrentar a ferocidade herdada pelo pai, enquanto a raposa, domesticada, segue o caminho contrário, de explorar sua natureza selvagem. Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos.
Pax emociona o leitor desde a primeira página. Um mundo repleto de sentimentos em que natureza e humanidade se encontram numa história que celebra a lealdade e o amor. (Skoob)

Livro recebido em parceria com a Editora
PENNYPACKER, Sara. Pax. Editora Intrínseca, 2016. 288 p.

Eu não tinha muita certeza se queria ler Pax, de Sara Pennypacker, pelo menos em um primeiro momento. Quando as resenhas começaram a surgir na internet, no entanto, foi inevitável não ficar curiosa com o enredo de um menino e uma raposa inseparáveis, que foram, porém, separados. Como não imaginar o que seria dos dois, como fariam para se encontrar e, mais importante, se isso restabeleceria o antigo vínculo? Foi com esses questionamentos em mente que iniciei a leitura, e devo admitir que o livro conseguiu me tocar e me surpreender em alguns aspectos.

Pax é narrado sempre em terceira pessoa, com capítulos intercalados entre o menino, Peter, e a raposa, que dá nome ao livro. Achei incrível a forma como a autora conseguiu construir uma personalidade para o animal, demonstrar o que a raposa sentia e como pensava sem fugir do racionalmente aceitável.

"Seus humanos voltariam para buscá-lo. E, quando encontrasse seu menino, nunca mais sairia do lado dele."

O mais relevante no livro não é somente quem são Peter e Pax, mas seus caminhos em busca um do outro e as redescobertas que fazem durante a jornada. Há alguns trechos de lembranças que mostram a força do vínculo que o menino e o animal tinham, todas histórias que compartilharam durante seus anos juntos. A verdadeira carga da história reside no modo como estarem afastados os permite descobrir novas facetas de si mesmos. Enquanto Pax precisa descobrir sua natureza e dar vida aos instintos, Peter precisa aprender a lidar com sua ferocidade, entre outros aprendizados durante o percurso.

O enredo do livro é extremamente simples, mas traz diversas reflexões sobre a humanidade, os sentimentos, a lealdade. Ainda que narre uma história infantil, os leitores de qualquer idade poderão ser tocados pelas mensagens trazidas em suas páginas.


"Tem uma doença que às vezes dá nas raposas que as faz deixar de agir de maneira normal e atacar estranhos. A guerra é uma doença humana parecida."


Os personagens secundários são muito bem trabalhados. Vola teve um papel fundamental na caminhada de Peter e, por ironia, sua solidão resguardava conhecimentos profundos sobre a vida que a própria sociedade não poderia lhe dar. Arrepiada e Miúdo, por sua vez, eram uma mistura encantadora entre desconfiança e ternura, e eu também me senti transformada com suas reflexões sobre humanos e animais.

O livro, aliás, é uma obra de arte. Com capa dura e ilustrações lindas, a obra traz todos os efeitos visuais e táteis aptos a conquistar qualquer leitor apaixonado por livros. Por isso só, já valeria ter um exemplar na estante.

O único detalhe que não me agradou tanto foi o final em aberto. Terminei a última cena com uma sensação de plenitude, por ser um desfecho incrivelmente belo. Porém, depois de fechar o livro, fiquei me perguntando o que mais teria acontecido com os personagens. E depois? Não sei, mas gostaria de ter sabido.

Pax é um lindo livro sobre amizade e perseverança, e para aqueles que são tocados facilmente pelos animaizinhos, é uma ótima dica.

Ju - Conjunto da Obra
Ju - Conjunto da Obra

Apaixonada pela leitura desde a infância, tantos livros lidos que é impossível quantificar. Alguém que vê os livros como uma forma de viajar o mundo e lugares mais incríveis que possam ser criados pela imaginação, sem precisar sair do lugar. Tem o blog como uma forma de dividir experiências e, principalmente, as emoções que as leituras despertaram, para compartilhar idéias e aproveitar sugestões de leitura, envolvendo mais e mais pessoas em um mundo onde a imaginação não tem limites.

13 comentários:

  1. Oi Ju
    Eu quero muito ler, é o tipo de livro que me agrada, com reflexões. Adorei sua resenha e me deixou com mais vontade de ler.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha.
    Acredito que o livro seja mais do que o esperado como eu imagino que seja muito bom ainda quero ler com toda certeza!!!

    ResponderExcluir
  3. Ju!
    Adoro animais, e saber que alguém pode abandonar qualquer bicho, seja ele qual for, já me deixa triste.
    Gostaria muito de ler para saber como será o desfecho do livro...
    “Das coisas que a sabedoria proporciona para tornar a vida inteiramente feliz, a maior de todas é uma amizade”.(Epicuro)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ju!
    Essa é a primeira resenha que leio desse livro. Durante a leitura, me lembrei do filme O Cão e a Raposa. Eu já chorei horrores vendo esse filme e com certeza chorarei lendo esse livro.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Halloween Literário

    ResponderExcluir
  5. Eu estava pensando em comprar esse livro mas não tinha certeza se comprava ou não, mas depois dessa resenha decidi que vou comprar :)

    ResponderExcluir
  6. Livros com animais são meu ponto fraco, eu geralmente evito a leitura pq sei que vou sofrer muito.
    Esse parece ser muito lindo mas sei que vai me fazer sofrer por um tempo e no momento quero fugir de sofrimento hahha

    ResponderExcluir
  7. Livro lindoooo! Cada vez mais apaixonada pelas resenhas q leio...Qro mto conferir!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Ola Ju, sempre que vejo uma resenha desse livro, só consigo enxergar Fofura. Pelo que percebo, o livro trata muito di tema de amizade e faz a gente refletir muito nossas relações na vida real .
    Ganhei um marcador tão lindo desse livro, com uma raposinha na ponta, que estou apaixonada ! Haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá Ju! Estou doida pra ler esse livro, adoro uma história com animais e melhor ainda quando também é narrado pelo animalzinho, parece super emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Que relação linda a de Peter e Pax !! O livro realmente parece ser muito emocionante!! Um livro que mostra a relação de amizade e respeito do ser humano com a natureza!! Quero muito ler para saber como se desenrola o desenvolvimento de cada um dos personagens!! A trajetória de cada um!! O reencontro!! Por que vai ter reencontro, né?? Já quero ler!!

    ResponderExcluir
  11. Deve ser um encanto de livro, essa amizade do garoto com seu animal de estimação é muito fofa, deve ser comovente essa separação dos dois, pena que o final ficou em aberto, não gosto de finais assim, prefiro que os finais sejam concretos, não gosto de ficar imaginando como seria.

    ResponderExcluir
  12. Poxa ler mais e mais sobre esse livro está me deixando em super depressão, porque estou sem dinheirinhos e estou desejando esse livro mais do que nunca. Cada post que leio aqui fico mais e mais apegada á essa história, e os aprendizados que ele traz são mega importantes!

    ResponderExcluir
  13. Eu pensava que Px era um cachorro e descobri agora que se trata de uma raposa.Fiquei super curiosa sobre a história e desejo muito ler o livro. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.