O medo mais profundo - Harlan Coben

Sinopse: Na época da faculdade, Myron Bolitar teve seu primeiro relacionamento sério, que terminou de forma dolorosa quando a namorada o trocou por seu maior adversário no basquete. Por isso, a última pessoa no mundo que Myron deseja rever é Emily Downing. Assim, ele tem uma grande surpresa quando, anos depois, ela aparece suplicando ajuda. Seu filho de 13 anos, Jeremy, está morrendo e precisa de um transplante de medula óssea – de um doador que sumiu sem deixar vestígios. E a revelação seguinte é ainda mais impactante: Myron é o pai do garoto. Aturdido com a notícia, Myron dá início a uma busca pelo doador. Encontrá-lo, contudo, significa desvendar um mistério sombrio que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça.Nesse jogo de verdades dolorosas, Myron terá que descobrir uma forma de não perder o filho com quem sequer teve a chance de conviver. (Skoob)
COBEN, Harlan. O medo mais profundo. Editora Arqueiro, 2016. 272 p.


O medo mais profundo não é o primeiro livro do Harlan Coben que leio, mas é o primeiro do personagem Myron Bolitar, um ex-jogador de basquete, que possui uma empresa de representação de atletas de luta livre e que realiza investigações para encontrar pessoas desaparecidas de vez em quando.


Este é o sétimo livro do personagem, mas, mesmo assim, não me senti perdido em nenhuma situação. Eventualmente, acontecem algumas menções a outras histórias, mas nada que atrapalhe a leitura ou a compreensão. E os personagens secundários, que entram e saem em alguns capítulos, são apresentados com os detalhes suficientes.

A história começa com Myron descobrindo que sua mãe escondeu dele que seu pai teve um infarto e que está encarando a vida de forma diferente. Por isso, eles irão vender a casa da família, onde vivem há 35 anos.

Nesse interim, Emily, uma antiga paixão de Myron, que o traiu às vésperas do casamento, aparece com a notícia de que ele tem um filho com ela, Jeremy, de 13 anos, que o menino está doente, morrendo, e que precisa de um transplante de medula de um doador que já foi identificado. Mas esse doador desapareceu misteriosamente.


Por conta disso, Emily pede que Myron esqueça as mágoas, inclusive o fato dela ter escondido que ele tinha um filho, e encontre o doador antes que seja tarde demais. Então, Myron começa uma corrida contra o tempo para conseguir salvar o filho.

A escrita de Harlan Coben, para quem não conhece, é extremamente direta. Isso não quer dizer que ela não seja descritiva. Até é. Inclusive, em alguns pontos, ele comete alguns pecados, como diálogos que não acrescentam nada à trama, e nem sequer ao relacionamento dos próprios personagens, como piadas e conversas sobre esporte ou a profissão de alguns de seus clientes. Isso acaba causando uma quebra sequencial de ação e quase, quase, se torna chato. Mas não chega a tanto.

O que quero dizer com escrita direta, é que ele não tem o hábito de carregar na emoção, mas, sim, no suspense, na curiosidade do leitor em descobrir o mistério da história. Isso é suficiente, e muito, para tornar seus livros bons. O leitor acostumado com o autor, sabe que são histórias para entreter, como aqueles bons filmes policiais de ação.


O medo mais profundo não decepciona no seu final. A conclusão surpreende na medida certa e traz uma novo rumo à vida do personagem. Acho que essa diversidade é o que permite que o personagem tenha tantas aventuras.
Carlos H. Barros
Carlos H. Barros

Carlos tem várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamenta o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco -, e não saber desenhar. Autor também do blog Gettub

13 comentários:

  1. Gosto muito da escrita de Harlan Coben, ainda não li nenhum livro do personagem Myron Bolitar, quero muito parece ser ótimo, curto muito essa coisa de investigação e cada resenha que leio dos livros me deixa ainda mais curiosa em conferi tudo isso que dizem.

    ResponderExcluir
  2. Tenho muito interesse de ler os livros desse autor, apesar de ainda não ter lido nenhuma de suas obras. Para a falar a verdade, livros desse gênero prefiro que sejam diretos sem rodeios, porém ainda sim consegue nos deixar curioso, e com vontade de continuar a leitura para desvendar o suspensa, vejo que o autor consegue construir isso de forma extraordinário, o que me deixou bastante entusiasmada.

    ResponderExcluir
  3. Carl parabéns pela resenha, ficou ótima!
    Tenho mta vontade de ler obras de Coben, só aumenta minhas expectativas...
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li nenhum livro de Harlan Coben. Mas sempre fico na expectativa quando leio alguma resenha dos seus livros!! Enfim, gostei muito da premissa do livro é espero ler esse livro em breve.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  5. Carl!
    Não li ainda nenhum doa livros da coleção com o Myron Bolitar, embora goste muito dos livros do autor.
    Ele realmente tem esse 'defeito' em não focar muito nas personagens, mas nos sentimentos do suspense, o que nos deixa bem vidrados em seus enredos.
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. Já li uns 3 livros com o personagem Myron Bolitar do Harlan e gostei muito da leitura deles. Parece que a saga com esse personagem vai continuar por um bom tempo e mesmo com algumas passagens sobre esportes que eu não curtia muito, o suspense na escrita do autor realmente atraía muito minha atenção. Esse parece ser mais um livro bem característico do Harlan e que bom que o final surpreende.

    Beijos
    Meu Outro Lado - http://monautrecote.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Já ouvi falar muito desse personagem do Harlan e do próprio autor, mas não tive a chance de ler ainda. É bom saber que a série começa bem e espero um dia ler. Gostei do fato dele ser ex jogador de basquete e fazer investigações ás vezes

    ResponderExcluir
  8. Oiii! nunca tinha ouvido falar desse personagem do Harlan, nunca li nenhum livro dele, mas falam muito bem dos livros dele, é interessante saber que ele carrega mais suspense que emoção, espero poder ler um dia! acho que nunca li um livro em que a escrita é direta, então é bem novo p mim.

    ResponderExcluir
  9. Até agora só li um livro do autor e gostei, do Myron ainda não li nenhum, mas tenho vontade devido aos elogios, achei essa série grande, mas é muito bom que pode ler fora de ordem, já que não atrapalha o entendimento. Deve ser um mistério e tanto envolvido no desaparecimento do doador, que estranho o sumiço dele fiquei me perguntando se tem a ver com o fato dele ser doador para o filho de Myron ou se tem outra coisa envolvida, curiosa em saber rs.

    ResponderExcluir
  10. Gosto muito de livros policiais investigativos.
    E por esse motivo adoro os livros de Harlan Coben.
    Infelizmente ainda não li esse livro, mas já faz um tempinho que desejo lê-lo.
    Estou como sempre curiosa para saber se o Myron ,conseguirá encontrar o doador de seu filho. ;)
    Sem contar os mistérios que sempre envolvem o livro do autor.

    ResponderExcluir
  11. Acredito que já tenha visto esse livro por aí, mas não me recordo de ter lido resenhas sobre o mesmo.
    Achei bem interessante o enredo, e quando vi que ele reagiu de forma aceitavel com o filho achei mais interessante ainda, muitas e muitas vezes acontece ao contrário (pelo menos eu via coisas assim) o pai botava a "culpa" no filho e o esquecia e só se aproximava do mesmo depois de uma cota. Marquei na minha lista de comprinhas <3

    ResponderExcluir
  12. Nunca li nenhum livro do Harlan Coben, sempre vejo só comentários bons de seus livros!! A estória aqui parece fazer com que não paremos de ler página após página!! Uma trama intrigante e cheia de mistérios em que Myron vai tentar encontrar o doador de medula óssea para Jeremy, que simplesmente desapareceu, e tentar recuperar o tempo perdido em que ficou longe de seu filho!! Já quero ler!!

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li nada do autor, mas tenho muita curiosidade. Gosto de suspense e gostei dessa trama. Fiquei pensando no garotinho, se ele conseguiu o transplante. E coitado de Myron, tantas revelações no mesmo momento. Que bom que o final não decepciona. Gostei muito da dica e da resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.