Misery, Louca Obsessão - Stephen King


Sinopse: Paul Sheldon descobriu três coisas quase simultaneamente, uns dez dias após emergir da nuvem escura. A primeira foi que Annie Wilkes tinha bastante analgésico. A segunda, que ela era viciada em analgésicos. A terceira foi que Annie Wilkes era perigosamente louca. Paul Sheldon é um famoso escritor reconhecido pela série de best-sellers protagonizados por Misery Chastain. No dia em que termina de escrever um novo manuscrito, decide sair para comemorar, apesar da forte nevasca. Após derrapar e sofrer um grave acidente de carro, Paul é resgatado pela enfermeira aposentada Annie Wilkes, que surge em seu caminho.
A simpática senhora é também uma leitora voraz que se autointitula a fã número um do autor. No entanto, o desfecho do último livro com a personagem Misery desperta na enfermeira seu lado mais sádico e psicótico. Profundamente abalada, Annie o isola em um quarto e inicia uma série de torturas e ameaças, que só chegará ao fim quando ele reescrever a narrativa com o final que ela considera apropriado. Ferido e debilitado, Paul Sheldon terá que usar toda a criatividade para salvar a própria vida e, talvez, escapar deste pesadelo. (Skoob
KING, Stephen. Misery. Suma de Letras, 2014. 326 p.


Misery é um livro incrível, escrito pelo nosso querido Stephen King. Que criatividade esse senhor tem!
O livro inteiro se passa basicamente dentro de uma casa, com dois personagens, Paul Sheldon, que é um grande escritor e Annie Wilkers, sua fã número um.
Paul acaba sofrendo um acidente numa estrada um tanto deserta e por ironia do destino Annie o encontra e o "salva" da morte. 

"Trevas. E então a dor e a névoa. Então a percepção de que, embora a dor fosse constante, ela às
vezes sumia em uma trégua incerta que ele supunha ser alívio. A primeira lembrança verdadeira: parar, e ser estuprado de volta à vida pelo sopro fétido da mulher."

Quando Paul acorda, ele sente-se um tanto aliviado por alguém tê-lo encontrado, mas o que ele não esperava, era que Annie era uma mulher louca, psicopata e muito má.
Ela o mantém encarcerado, já que não permite que ele saia em momento algum. Mesmo se pudesse, não sairia, pois suas pernas estão quebradas e ele sente muita dor, vive a base de Novril, que é um analgésico muito forte (medicamento fictício).
Annie decide que só deixará Paul ir embora quando der outro fim para a sua série de livros de maior sucesso, "Misery", pois ela não se convenceu do final que ele deu.

Cada vez me surpreendo mais com a escrita de Stephen King, não sei como não comecei antes a ler seus livros! Ele consegue criar personagens incríveis, com personalidades bem distintas, cada um inteligente à sua maneira. Mexe com o psicológico do leitor de uma forma única, sinto um prazer enorme em ler suas obras.

Annie é uma mulher bem esperta, mas também muito perturbada, psicótica e sem escrúpulos. Em alguns momentos, ela se desligava do mundo, ficava por alguns minutos paralisada, presa em outra dimensão, isso era um tanto assustador. Ela faz coisas terríveis com Paul, a cada página que eu virava era uma nova surpresa, uma novo ato cruel dessa mulher. Ela torturou tanto Paul, que me dava agonia só de ler!

"Subitamente seu rosto se transformou. A teimosia endurecida se esfacelou e o que se revelou por trás foram as feições de uma criança enfurecida até a loucura. Por um momento  Paul acreditou que a intensidade do horror iria matá-lo. 
— Então fique aí sentado — disse ela, com os lábios repuxados no ricto sorridente — e lembre-se de quem é que manda, e em tudo o que eu posso fazer para machucar você se você se comportar mal ou tentar me enganar."

Paul, mesmo com todas as dificuldades, preso, com dores, e com as pernas machucadas, conseguia planejar maneiras de fugir e se livrar dessa louca. Acho que a única coisa boa que ele tirou dessa situação foi conseguir superar seus limites e dar um novo destino para Misery. Ele criou uma história muito melhor do que todas as outras que já tinha escrito.

Dentro deste livro, existe este livro que Paul está escrevendo, podemos perceber que a história criada é totalmente diferente das histórias de Stephen King, dando a impressão de que é mesmo Paul Sheldon que a escreveu. Isso tornou o livro muito rico e fiquei curiosa com o destino dos "dois" livros, é uma experiência muito legal!

Achei muito bacana o trabalho da editora, nos momentos em que Paul escrevia o livro, a fonte mudava. A máquina de escrever que ele usava estava com a tecla "N" faltando, e Paul pedia para que Annie preenchesse à mão, então a fonte ficava mais uma vez diferente quando a letra "N" era usada.

O final ao meu ver foi bem satisfatório, é um livro que vale realmente a pena ser lido, cada página dele é muito bem pensada e me deixou instigada a ler.

A capa ficou linda, bem condizente com a história. Só me resta recomendar o livro, entre nos diversos mundos de Stephen King!

"Era assim que depressivos ficavam antes de atirar em toda a família e neles próprios por último. Era o desespero psicótico da mulher que veste as crianças com as melhores roupas, leva-as para tomar sorvete, caminha com elas até a ponte mais próxima, então pega uma em cada braço e pula. Depressivos se matam. Psicóticos, acalentados no berço venenoso de seus egos, querem fazer um favor aos outros, levando-os junto."

Leia Mais
2 comentários
Compartilhe:

Conjuntando #63: Agosto em Fotos

Como vocês se sentem sabendo que já é primavera e que os últimos meses do ano se aproximam?

Eu gosto muito dessa época do ano, mas me dá uma sensação de pavor ver que o tempo passa tão rápido e que muitas das coisas que eu gostaria de fazer, não consegui. Isso porque me esforço muito para fazer o máximo possível, tento não ficar parada no tempo, imagina como me sentiria se ficasse de braços cruzados.

Mas o tempo é rei, não é? E ninguém é imune a ele. Só nos resta fazer o melhor que pudermos.

Filosofias à parte, hoje trouxe as fotos que povoaram o Instagram do blog em agosto. Cada foto tem uma história, é claro, e quem quiser conferir pode visitá-las lá na rede social.

 
  

E aí, de que gostaram mais? Quais livros já leram, ou quais gostariam de ler?

Leia Mais
7 comentários
Compartilhe:

Promoção: Aniversário Além da Contracapa


No aniversário de 5 anos do Além da Contracapa quem ganha os presentes são os leitores!

E para que a festa fosse ainda maior, o blog convidou alguns amigos e também as editoras parceiras para fazer uma super promoção (não deixe de acessar o Além da Contracapa para conferir todos os prêmios). Aproveitem a festa!

Regulamento:A promoção terá início no dia 22 de setembro e término no dia 22 de outubro.
Para participar, basta preencher os formulários abaixo, usando sua conta do Facebook ou seu e-mail, e ter um endereço de entrega no Brasil.
Todas as entradas são opcionais.

O resultado será divulgado no blog e nas redes sociais até três dias após o encerramento da promoção, sendo que o sorteado será contatado por e-mail, tendo o prazo de 48 horas para fornecer seus dados e o blog se responsabiliza por confirmar o recebimento das informações.

Os livros sorteados são:

Além da Contracapa: Loney - Andrew Michael Hurley
Artesã Literária: Mr. Mercedes - Stephen King
Balaio de Babados: A Menina Mais Fria de Coldtown - Holly Black
Casos, Acasos e Livros: Amor nas Entrelinhas - Katie Forde
Caverna Literária: Amor Infernal - Lisa Desrochers
Coisas de Diane: A Sereia - Kiera Cass
Conjunto da Obra: Esta é uma história de amor - Jessica Thompson
Livros: Ontem, Hoje e Sempre: Um Passado Sombrio - Peter Straub
Minha Vida Literária: O Hobbit e a Filosofia - Gregory Bassham & Eric Bronson
My Dear Library: A Escolha Do Coração - Amanda Brooke
Prefácio: Vale-presente Saraiva no valor de 30 reais
The Tony Lucas Blog: Lembrança - Meg Cabot
Roendo Livros: Desvende Meu Coração - Dominic Evans
Tô Pensando em Ler: Melancolia - Jon Fosse

O primeiro sorteado poderá escolher 6 prêmios entre as 14 opções, o segundo sorteado poderá escolher 5 prêmios entre as 8 opções restantes, e o terceiro sorteado ficará com os 3 prêmios restantes.

O prazo para envio dos prêmios é de 40 dias úteis.

A Equipe do Além da Contracapa se reserva ao direito de dirimir questões não previstas neste regulamento.




a Rafflecopter giveaway

Leia Mais
3 comentários
Compartilhe:

Resultado: Seleção de Resenhistas


Olá pessoal!

Depois de anunciar a busca por novos resenhistas para o Conjunto da Obra, surgiram alguns interessados, e eu não poderia ter ficado mais feliz! Agradeço muito a todos que se inscreveram, e principalmente às meninas que agora farão parte da equipe.

São três novas selecionadas, então a partir de agora teremos uma equipe duplicada. Minha intenção é trazer mais resenhas para o blog e comentários sobre um número maior de livros. Espero que vocês gostem da novidade e adoraria sempre de ter o feedback de vocês, ok? Logo vocês devem ver os primeiros trabalhos delas por aqui.

As novas integrantes da equipe são:


Débora


Oi, tudo bem? Meu nome é Débora, mas pode me chamar de Dé. Minha vida é cheia de livros, provas para concursos, doramas coreanos, turismo pela minha cidade, rock n´roll, felinos, moda vintage e café amargo. Tenho muitos planos de conhecer os lugares pelos quais já viajei através dos livros, mas o que eu queria mesmo era sair correndo pelo Louvre.


Thuanne


Paulista, 22 anos, assistente administrativa e estudante de Farmácia ❤ 
Sempre tentando ser alguém melhor e seguindo o lema “levo a vida devagar pra não faltar amor”. Apaixonada por músicas (principalmente as nacionais) e livros.
Aprendendo a gostar de outros gêneros, além dos romances clichês.


Marlene


Apaixonada por livros, amante de séries, sonha em fazer um intercâmbio para estudar, ama ler livros ouvindo músicas de diferentes estilos, seu primeiro contato com a literatura foi através da saga Crepúsculo e desde então esse amor por livros só aumentou. 

Bem vindas meninas!

Leia Mais
16 comentários
Compartilhe:

A Era de Ouro do Pornô - Zeka Sixx

Sinopse: Max tem vinte e nove anos e mora sozinho em um apartamento em Porto Alegre. Faz bicos como tradutor e sonha em ser escritor, enquanto passa os dias bebendo, esperando o fim de um bloqueio criativo que o aflige há três anos. Você já leu essa história milhares de vezes, certo? Não exatamente. "A Era de Ouro do Pornô", primeiro romance de Zeka Sixx, autor do livro de contos "O Caminho dos Excessos" (Edição do Autor, 2015), parte de uma premissa aparentemente batida para se revelar uma fábula maldita, encharcada em álcool, sexo, cultura pop e niilismo. Mais do que Max, o anti-herói central, é a cidade de Porto Alegre, com seus habitantes - do sexo feminino, em especial -, o verdadeiro personagem do romance. O enredo se desdobra como uma montanha-russa, indo do sonho ao pesadelo num virar de página. "A Era de Ouro do Pornô" é uma sátira a uma geração que colocou sobre seus próprios ombros a necessidade de ser criativamente relevante. (Skoob)

SIXX, Zeka A Era de Ouro do Pornô. Editora Multifoco, 2016. 160 p.

Filmes pornográficos existem desde que se inventou a câmera de filmar, ainda na época do cinema mudo. Para o leigo, eles são feitos sem qualquer tipo de preparo, de qualidade e são marginalizados pela sociedade, embora a maioria dessa mesma sociedade já tenha visto, em algum momento, algum desses filmes, na Internet ou na televisão.

Uma informação que a maioria das pessoas não conhece é que os filmes pornô são divididos em categorias, que definem o tipo de sexo que será visto. Por exemplo, se o filme possui sadomasoquismo, se é homossexual feminino ou masculino, se há penetração anal, se acontecem fetiches de fluidos corporais (!), se quem filme é quem realiza o ato, e assim por diante.

Em A Era de Ouro do Pornô, o autor faz um passeio sexual por todos esses gêneros, sempre com mulheres diferentes e com muitos detalhes e explicações. Não é uma viagem para qualquer leitor, porque não há a supressão de adjetivos quanto ao que está acontecendo com os personagens. O sexo é apresentado de forma direta, sem meias palavras, bruto, independente de qual categoria ele se aplique. E várias dessas relações sexuais podem embrulhar o estômago do leitor mais sensível, ou limitado por suas paredes pré-concebidas.


Vou confessar que até ler a obra de Zeka Sixx, Jim Carbonera era o único autor, que eu conhecia, que conseguia transmitir uma história sem um enredo definido de forma interessante, com acontecimentos do cotidiano, com um linguajar rude, mas descolado. Sixx vai a um nível um pouco abaixo, utilizando diálogos mais crus ainda, com situações totalmente livres que qualquer preconceito, transformando a vida do personagem principal em uma sequência de eventos desprovidos de planejamento futuro, onde o que importa é o momento, é o que está acontecendo, é com quem ele está transando.

Os sentimentos de Max, o narrador e personagem principal, são moldados pelos encontros com as diversas mulheres que passam pelo seu dia. Sim, porque seus relacionamentos não costumam durar mais do que algumas horas, apenas o suficiente para conseguir transar. Mas isso não quer dizer que ele abandona a mulher. Suas parceiras são tão efêmeras quanto ele, e sabem perfeitamente o que irão receber e o que irão entregar. Não há subterfúgios para levar alguma delas para a cama. As conversas de conquista são diretas, francas, sinceras, e ambos os lados sabem perfeitamente o que esperar um do outro.

A Era de Ouro do Pornô não é apenas uma descrição de alguns dias na vida de Max, mas uma explicação minuciosa da quantidade de tipos de sexo que um casal pode praticar, ou assistir numa biblioteca de filmes pornográficos. É uma rápida, que deve ser apreciada sem qualquer tipo de preconceito.

Ah, e um detalhe importante: muito bem escrita, tanto a nível de narrativa, quanto de gramática e ortografia, algo que está ficando raro, mesmo nas publicações de grandes editoras, cada vez mais displicentes na revisão das obras.

Leia Mais
11 comentários
Compartilhe:

Novidades #146: Lançamentos Intrínseca Setembro

Se no último sábado conhecemos os lançamentos da Editora Arqueiro em setembro, hoje é dia de conhecer os lançamentos da Editora Intrínseca! E, gente, tem muito livro bom! Vamos conhecer alguns?

A Grana, de Cynthia D'Aprix Sweeney - Leo Plumb estava bêbado e drogado quando fugiu sorrateiramente da festa de casamento do primo, levando uma das garçonetes a tiracolo. No calor do momento, dirigindo para longe dali, os dois sofrem um acidente de carro com graves consequências. Para fazer com que seus problemas desaparecessem, Leo precisou usar o dinheiro de uma conta da família, um dinheiro sagrado: o pé-de-meia que garantiria o futuro dos irmãos Plumb.
Ansiosos para receberem sua parte e horrorizados ao descobrirem que a mãe permitiu que Leo torrasse aquela grana, eles marcam um encontro para deliberar quando e como o dinheiro será restituído. Melody, esposa e mãe de gêmeas adolescentes que mora num subúrbio luxuoso, tem uma hipoteca cara e duas mensalidades universitárias se aproximando no horizonte. Jack, um vendedor de antiguidades, escondeu do marido que, para sustentar seu negócio, empenhou uma das propriedades do casal. E Bea, que já foi considerada uma promessa da cena literária, não consegue mais escrever.
Reunidos novamente, como nunca estiveram, os irmãos terão que superar antigos ressentimentos e as escolhas erradas que fizeram na vida. Uma análise inteligente e afetuosa de como a expectativa desempenha um papel central em nossas vidas, A grana tem o ingrediente mais explosivo de qualquer boa briga de família: dinheiro.
 
Contos Peculiares, de Ransom Riggs - O livro dentro dos livros, Contos peculiares é a coletânea de contos e fábulas citada ao longo da série O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares - o livro com as histórias que os jovens peculiares escutam sua protetora contar e recontar.
Um menino que vira gafanhoto e foge com um grupo de gansos; uma princesa com língua de cobra à procura de um príncipe com quem se casar; canibais ricos que comem braços e pernas de peculiares que têm o dom de se regenerar são alguns dos personagens dessas narrativas que há séculos povoam o imaginário dos peculiares, oferecendo não apenas valiosas lições, mas também pistas para informações secretas, como a localização exata de certas fendas temporais, por exemplo. Compilado por Millard Nullings, o menino invisível acolhido no lar da srta. Peregrine, o livro inclui surpreendentes comentários e notas, além de um desfecho alternativo para a tocante história do gigante Cuthbert, já conhecida dos leitores da série.
Inusitado, surpreendente e divertido, Contos peculiares é ao mesmo tempo um delicioso complemento e uma porta de entrada para o rico universo criado por Ransom Riggs; um verdadeiro presente para quem não resiste à magia das boas histórias.

Fãs do Impossível, de Kate Scelsa - Fãs do impossível conta a história de três amigos, Mira, Sebby e Jeremy, em meio aos complexos conflitos da adolescência. Mesmo sentindo-se despedaçados, sem motivos para serem amados e tentando não sucumbir à solidão, os três lutam pela vida, cada um à sua maneira.

Mira está começando em uma escola nova, depois de passar um tempo no hospital. Ela se sente insegura no novo ambiente e acha que não vai conseguir ficar longe de seu melhor amigo, Sebby, um garoto brincalhão que leva a vida com boas doses de mentira e bom humor, até que seu lado mais destrutivo vem à tona.

Jeremy está retornando à antiga escola, depois de um tempo afastado por causa de um incidente traumático que arruinou seu ano letivo. Tímido e quieto, ele deseja se aproximar de Mira e Sebby.

Juntos, contra todas as expectativas, eles vão viver o impossível.


Nada mais a perder, de Jojo Moyes - Na juventude, Henri Lachapelle foi um cavaleiro de raro talento, entre os poucos admitidos na academia de elite do hipismo francês, o Le Cadre Noir. Contudo, reviravoltas da vida o levaram da França a Londres, onde ele agora vive em um simples conjunto habitacional. Sem nunca abandonar o amor pela antiga carreira, aos trancos e barrancos Henri ensina a neta, Sarah, a montar o cavalo Boo, na esperança de que o talento da dupla seja o passaporte para uma vida melhor e mais digna para todos. Mas um grande golpe muda mais uma vez os planos de Henri Lachapelle, e Sarah se vê entregue à própria sorte, lutando para, além de sobreviver, cuidar de Boo e manter os treinamentos.
Natasha é uma advogada especializada em representar crianças e adolescentes envolvidos com crimes ou em situação de risco. Abalada emocionalmente e em dúvidas quanto a seu futuro profissional depois de um caso terrível, Natasha ainda tem de lidar com as feridas do fim de seu casamento. Um fim, diga-se de passagem, bem inusitado, já que ela se vê forçada a morar com o charmoso futuro ex-marido enquanto esperam a venda da casa da família.
Quando Sarah cruza o caminho de Natasha, a advogada vê na menina a oportunidade de colocar a vida de volta nos trilhos e decide abrigar a adolescente sob o próprio teto. O que ela não sabe é que Sarah guarda um grande segredo que lhes trará sérias consequências.

Legado, de Hugh Howey - A batalha pelo Silo já foi vencida. A guerra pela humanidade só está começando. É um tempo em que, para sobreviver, os humanos precisam se manter em cidades subterrâneas, aprisionados, sem ligação com o mundo lá fora. Esse é o universo de Silo, a série de ficção científica e fantasia escrita por Hugh Howey.
Juliette, uma operária nascida nos subterrâneos, é a heroína da trama apocalíptica. Em Legado, ela se torna prefeita do Silo 18, que está se recuperando de uma rebelião. Seu governo encontra grande resistência por causa da controversa escavação para resgatar os supostos sobreviventes do Silo 17, uma empreitada vista com desconfiança que está espalhando o medo entre os moradores do Silo 18.
Como se isso não fosse um desafio grande o bastante, Juliette também recebe transmissões de Donald, a voz que alega ser líder do Silo 1 e está disposta a ajudar - mas também é capaz de fazer ameaças horríveis. Talvez Donald não seja o monstro que Juliette vê. Quem sabe ele não é a peça-chave para a salvação de toda a espécie humana? Mas será que ainda há tempo?
No último volume da série Silo, as escolhas de Donald e Juliette podem mudar o mundo... ou extingui-lo de vez.

E tem ainda outros lançamentos previstos para este mês, que vocês podem conferir AQUI.

De quais vocês gostaram mais?

Leia Mais
9 comentários
Compartilhe: