Duff - Kody Keplinger

Créditos: Sure, We Have a Blog 
Sinopse:Bianca Piper não é a garota mais bonita da escola, mas tem um grupo leal de amigas, é inteligente e não se importa com o que os outros pensam dela (ou ela acha). Ela também é muito esperta para cair na conversa mole de Wesley Rush - o cara bonito, rico e popular da escola - que a apelida de DUFF, sigla em inglês para Designated Ugly Fat Friend, a menos atraente do seu grupo de amigas. Porém a vida de Bianca fora da escola não vai bem e, desesperada por uma distração, ela acaba beijando Wesley. Pior de tudo: ela gosta. Como válvula de escape, Bianca se envolve em uma relação de inimizade colorida com ele. Enquanto o mundo ao seu redor começa a desmoronar, Bianca descobre, aterrorizada, que está se apaixonando pelo garoto que ela odiava mais do que tudo. (Skoob)
 KEPLINGER, Kody. Duff. Globo Alt, 2016. 328p.


Em Duff, de Kody Keplinger, depois que Wesley conta para Bianca que ela é uma DUFF, ela fica um pouco com baixa autoestima e passa a odiá-lo mais do que nunca. Porém, ela acaba beijando ele para esquecer dos problemas e como eles são obrigados a fazer um trabalho sobre o livro A Letra Escarlate, e sua família vai ficando ainda mais complicada, eles começam um relacionamento de sexo casual. Wesley também tem seus problemas familiares e eles se identificam por isso, e aí começam a nascer os sentimentos.

É difícil para mim não fazer comparações porque eu vi o filme primeiro. Para começo de conversa, aqui Wesley não tem namorada, e sim é o maior pegador do colégio. Mesmo a Bianca e o Wesley se provocando o tempo todo, e ela sendo mesmo muito sarcástica e desajeitada, esses momentos difíceis que os dois passam fazem o livro ser bem mais dramático que o filme. A personagem também passa por outros problemas, tipo a volta do ex-namorado que está na faculdade, e por reflexões sobre feminismo.

A amizade dela com a Casey e a Jessica é bem mais forte aqui, e elas ficam bem chateadas com o modo que ela passa a agir com tudo acontecendo na vida dela. Elas são como todas as outras meninas da escola que adoram o Wesley, a Bianca parece ser a única que não gosta. Inclusive, o Wesley não precisa correr atrás de menina nenhuma, elas que correm atrás dele, até mesmo a Bianca.

Esse é daqueles livros que a gente lê muito rápido, mesmo sendo meio longo. Eu gostei bastante, e mais que do filme. Porém, o filme também é bem legal e tem seu propósito. A inserção da namorada do Wesley foi claramente para deixar ele mais parecida com outros filmes adolescentes, que sempre tem uma antagonista. E o jeito que os dois se aproximaram foi mudado também por isso, pra ser mais parecido com um filme de makeover (transformação da garota "feia"), mas que tivesse um twist.

Um filme que você pode usar para comparar com Duff é Ela é Demais. De fato, era importante ter um filme desses que mostra que você não precisa mudar quem você é pra ele se apaixonar por você, apesar de que a cena final, em outros aspectos, é totalmente contra os princípios da Bianca. Coisa leve que vocês vão descobrir lendo. O fato do livro ter drama, tratar de alguns assuntos importantes e ser menos clichê foi o que fez ele melhor para mim, mas recomendo os dois.
Mah
Mah

Mais uma universitária tentando sobreviver, e como escrever (por prazer) me acalma, resenhas são uma terapia pra mim. Assim como doces, séries e ler.

9 comentários:

  1. Olá!!!
    Esse livros está um tempão na lista de desejados e adoraria ler e depois assistir ao filme já que há diferenças, acho que é um livro que vale a pena a leitura eu também já gostei só pela capa e lembro que teve uma época que estava sendo super bem falado.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  2. O filme parece ser mais uma comédia romântica embora o livro pareça envolver mais drama. Pela resenha me deu muita vontade de conferir o livro. Adentrar na vida de Wesley e Bianca, e entender o porquê de um não gostar do outro mas que acabam se apaixonando.
    Abçs

    ResponderExcluir
  3. Oi! Faz tempo que esse livro tá na listinha, ainda não consegui ler, pelas resenhas que acompanhei o livro é bom e talvez por tantos cometários elogiando a escrita tenha feito eu me interessar pale obra, espero não demorar pra conseguir ler...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Maah. Li o livro mês passado e amei, bem melhor que o filme porque ele é mais 'realista', por assim dizer. Amei ver a interação da Bianca e do Wesley e os comentários muito sarcásticos entre eles, o que tornou a obra muito divertida.
    Beijo!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  5. O amor pode nascer de mil maneiras até mesmo através do ódio. Relacionamento de Bianca e Wesley apesar de começar diferente, gostaria de ler e ver o que acontece com os dois.

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca li e nem assisti o filme, então não sei opinar muito a respeito. Mas pelo que eu vi da resenha, é uma temática adolescente, mas que já possui um questão sobre feminismo que eu gosto muito. Vou deixar pra ler o livro primeiro pra depois ver o filme.
    abc

    ResponderExcluir
  7. Mah!
    Não li o livro e nem assisti o filme, porém, o enredo é um pouco parecido com Ugly e também parece que teve uma novela com esse mesmo tema.
    É descontraído e engraçado, e o principal são os conflitos, porque a protagonista passa a gostar do carinha que pratica bullying com ela e depois, tem uma transformação total.
    “A única sabedoria que uma pessoa pode esperar adquirir é a sabedoria da humildade.” (T. S. Eliot)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. A historia parece ser legal e nos deixa refletindo sobre julgar as pessoas sem conhecê-las direito, pois muitos levam em conta a beleza exterior. A personagem é intrigante ela odeia o cara mas acaba ficando com ele. Não assisti o filme mas fiquei querendo assistir e ler o livro também.

    ResponderExcluir
  9. Oi Mah!!!
    Eu tenho o livro DUFF e já assisti o filme *-*
    Por eu ser aquelas pessoas que gosta de um filme estilo "Sessão da Tarde", o filme DUFF encaixou nesse quesito mas sempre soube que era muito diferente do livro.
    Ainda não li meu exemplar, mas estou louca para ler principalmente depois dessa resenha maravilhosa sua :3

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.