Nunca, Jamais - Parte 2 - Colleen Hoover

Sinopse: A segunda parte do suspense romântico de tirar o fôlego “Nunca Jamais” Um garoto abre os olhos e sequer se lembra que seu nome é Silas. O telefone toca... “Encontrou ela?”, pergunta a voz do outro lado da linha. Quem é ela? Quem sou eu? Charlie se vê presa em um lugar parecido com quartos de hospital (ou de um manicômio). Também não se lembra de nada, nem sequer do próprio rosto. O tempo passa e ninguém vem salvá-la. Ela precisa escapar por conta própria. Aos poucos, os dois descobrem que vêm perdendo a memória em períodos cíclicos. E também que se amam imensamente. Numa corrida para descobrir a razão dos apagões em suas memórias, Silas e Charlie acabam descobrindo muito mais sobre si e os mistérios que envolvem suas famílias. Mas muito em breve vão esquecer tudo de novo. E precisam estar juntos para evitar o pior. (Skoob)
HOOVER, Colleen. Nunca, Jamais - parte 2. Editora Galera, 2017. 144 p.


Quando li Nunca Jamais, fui totalmente surpreendido pelo final, uma vez que não sabia que a história tinha continuação. Ávido para saber o que aconteceria com Charlie e Silas, o casal de namorados que perde a memória a cada 48 horas, comprei o segundo volume assim que ele começou a ser vendido.


Nesta segunda parte, algumas coisas são explicadas, como quem é a cartomante, qual o significado do quadro de uma casa no quarto de Charlie, o que aconteceu entre os pais dos dois, o motivo de Charlie e Silas terem terminado, o motivo do pai de Charlie ter sido preso, quem é a garota cor de rosa, além de uma ideia mais clara do que está causando a perda de memória.

Desta vez, a narrativa é mais centrada em Silas, mas a de Charlie, embora menor, é mais emocionante, uma vez que ela começa presa em um quarto, sem saber quem a prendeu. O que um sente pelo outro, continua forte, mais até, e é fofo ver como, mesmo sem se lembrarem, eles necessitam do toque de pele, da companhia, du suporte.


Outra coisa legal, é o irmão de Silas descobrir o que está acontecendo e ajudá-los. Isso afasta um pouco o incômodo dos dois persistirem em não buscar ajuda.

Infelizmente, o livro é bem, bem, bem curto. Tanto, que li tudo enquanto jantava. Tão curto, que mais parece um conto. Isso causa um pouco de decepção, porque, obviamente, as duas autoras poderiam ter encerrado tudo neste volume.


Nunca Jamais - parte 2 não decepciona em relação ao primeiro. Gostei tanto, quanto. Agora, esperar o dia que virá a terceira parte, para, finalmente, descobrir se os dois resolverão todos os mistérios e poderão aproveitar o amor que um sente pelo outro.
Carlos H. Barros
Carlos H. Barros

Carlos tem várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamenta o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco -, e não saber desenhar. Autor também do blog Gettub

13 comentários:

  1. Oii Carl!
    Ainda não li, tenho mta curiosidade de conhecer a escrita do autor que sempre ouço flar mto bem.
    Adorei a resenha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Ainda não li o primeiro livro, pensei que era livro único, curto muito um suspense romântico e essa resenha me deixou ainda mais curiosa em conferi essa história, porem vou esperar sair logo a terceira parte pois fico muito ansiosa pra ler a continuação.

    ResponderExcluir
  3. Eu li a resenha do primeiro livro e gostei bastante acho que a autora não decepcionou o leitor com essa segunda parte.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Não sabia que esse livro tinha continuação. Achei bem interessante a premissa.
    Espero ter a oportunidade de conferir.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. O primeiro livro esta na minha listinha de compras e agora terei que adicionar o segundo. Esse volume é bom trás algumas respostas para entender melhor os acontecimentos passados. Gostei da narrativa ser mais pelo lado masculino, gosto quando são os homens que narram.

    ResponderExcluir
  6. Oi Carl, desconhecia essa série; muito menos que tinha uma continuação tão curtinha assim. As vezes acho que eles dividem os livros em séries para ganhar dinheiro, pois parecem enrolação; o bom desse volume é que traz alguns esclarecimentos.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  7. Amo os livros da Colleen, mas este ainda não li. O casal perder a memória a cada 48 horas e ainda assim manter uma conexão é uma situação que tenho certeza Colleen leva com maestria. Com certeza vou ler.

    ResponderExcluir
  8. Carl!
    Deve ser horrível você perder a memória a cada 48h e não se lembrar de nada, nem que quem se ama.
    E adorei ver que a família de Silas o apoia, nada melhor do que ter a família do lado, principalmente em momentos onde a saúde e o amor estão em risco.
    Desejo uma ótima semana e um mês abençoado!
    “Muitas palavras não indicam necessariamente muita sabedoria.” (Tales de Mileto)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  9. Gente! Gostei demais dessa resenha, mas tenho que confessar que fiquei agoniada com o fato de ainda existir um terceiro livro, acho que vou esperar lançar tudo pra ler! hahaha Sério, eu não sirvo pra ler séries que ainda estão em lançamento, parece que fico tão incomodada que isso me consome ushauhsa Tanto que a maioria dos livros do Tio Rick (que em geral tem entre 3 e 5 livros) eu só li depois de ter saido a coleção completa :x Esperarei, mas vou ler! Espero ansiosamente a resenha do 3º e, por favor, um final que explique tudo aquilo que tenha sido colocado em jogo nos livros anteriores! Beijocas!
    http://fabricandoalgunssonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Amei a sua resenha, não sabia que tinha uma segunda parte,eu ainda não li o primeiro mas esta na minha lista, vou ter que ter os dois antes de começar.

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Ainda não li o livro, mas já tinha visto varias resenhas sobre eles e todos sempre dizem que a trama e perfeita, a historia te envolve mas também que deveria apenas coloca a historia em um só volume..Quero poder ler ele!

    ResponderExcluir
  12. Ainda conhecia essa série, apesar de já ter ouvido falar na autora. Achei muito interessante a ideia do casal perder a memória a casa 48 horas e mesmo assim sentirem a necessidade um do outro essa conexão, e a perda de memória dos dois dificulta ainda mais a situação porque eles não tem como serem ajudados, ainda bem que depois aparece alguém para ajudá-los, gostaria de saber sobre os mistérios que rondam esses dois e descobrir as respostas a tantas perguntas que o primeiro livro deixou.

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia essa série :/ mas eu gostei da temática de perda da memória dos casal. Achei a ideia bem moderna. Collen Hoover... o que dizer dessa mulher que a maioria das pessoas ler e se apaixona... mais livros pra adicionar e ler dessa mulher maravilhosa *---*

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.