A Árvore dos Anjos - Lucinda Riley

Sinopse: Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado. Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória. Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados, como o motivo para Greta ter fugido do solar, quem ela era antes do acidente e o que aconteceu com sua filha, Cheska, uma jovem de beleza angelical... mas que esconde um lado sombrio. (Skoob)

Livro recebido em parceria com a Editora
Riley, Lucinda. A Árvore dos Anjos. Editora Arqueiro, 2017. 496p.


Completamente arrebatada! É assim que me sinto após terminar a leitura de A Árvore dos Anjos. Um livro grande, mas que pode ser devorado em apenas um piscar de olhos. Nenhum personagem é vazio ou sem sentido para a história, todos estão ali para acrescentar algo essencial a todos os acontecimentos que permeiam as lembranças de uma mulher, Greta, sobre as três gerações da sua família.

Greta e David podem ser considerados os personagens principais, já que é com a ajuda desse velho amigo que ela consegue aos poucos reconstruir o seu passado esquecido após um acidente de carro terrível ocorrido 24 anos atrás. O ponto central, onde todas as histórias convergem, é o solar Marchmont. A maior parte da história se passa em uma noite de Natal, com David e Greta narrando ao leitor o que se passou desde sua juventude, quando ainda trabalhavam no mesmo estabelecimento, até os momentos cruciais ocorridos muitos anos após as memórias de Greta se perderem no tempo e no espaço.

Mas existia também um sentimento que ela não conseguia explicar a ninguém. Todas as outras pessoas do mundo sabiam quem eram, carregavam suas histórias consigo, aonde quer que fossem, ao passo que ela era apenas uma casa vazia, fantasiada de ser humano.

O mais incrível é que logo no primeiro capítulo somos apresentados a um grupo de pessoas que vão passar a noite de Natal juntas no solar Marchmont, inclusive os atuais donos do solar. Quando mergulhamos nas lembranças de Greta percebemos logo de cara o quanto cada um ali tem um peso importante na vida dela e podem nos dar grandes pistas do que esperar pela frente.

Greta, Cheska e Ava são três mulheres fortes, mas com um destino um tanto quanto implacável e cruel. Não vou me esquecer dessas três personagens por um bom tempo, pois elas foram muito bem construídas como eu não via há bastante tempo. David é o tipo de amigo que é praticamente um anjo. Ele foi o grande ponto de equilíbrio de toda a história, o refúgio e a força de que todos precisaram em algum momento.

É tão bom quando o autor consegue fazer toda a história se encaixar com perfeição quando contada em pedaços. Esse é o tipo de livro que faz com que o leitor passe por todos os tipos e emoções possíveis, então estejam muito bem preparados para experimentar todo tipo de sentimentos.

Eu poderia continuar falando sobre A Árvore dos Anjos por muito mais tempo, mas tenho medo de acabar contando algum spoiler e isso poderia tirar todo o encanto do livro. Se eu pudesse fazer uma recomendação fortíssima, seria a de que ninguém perdesse mais tempo e fosse ler essa história maravilhosa o mais rápido possível. 


Dé Lima
Dé Lima

Meu nome é Débora, mas pode me chamar de Dé. Minha vida é cheia de livros, provas para concursos, doramas coreanos, turismo pela minha cidade, rock n´roll, felinos, moda vintage e café amargo. Tenho muitos planos de conhecer os lugares pelos quais já viajei através dos livros, mas o que eu queria mesmo era sair correndo pelo Louvre.

11 comentários:

  1. Olá,
    Estava louca esperando uma resenha sobre esse livro. Amei muito cada vez mais ele, a historia é incrivel, super envolvente e misterio também que a personagem tem para recuperar a memoria daquele tempo que acabou se perdendo.
    Eu já quero ler e tem que ser já..Amei o livro!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Estou doida pra ler esse livro, curto muito a escrita da Lucinda Riley, agora depois de ler essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece mesmo ser maravilhosa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Dé!
    Não conhecia o livro, o enredo parece ser lindo, fiquei curiosa pra conhecer os mistérios que envolvem a Greta...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Já tinha visto nos lançamentos e fiquei interessada, principalmente por causa da autora que já vi falar bem sobre os outros livros dela. Ele tem varias paginas, mas quando o livro bom a gente nem ve passarem.Amei essa capa, é muito linda.

    ResponderExcluir
  5. Desde que vi esse livro fiquei interessada, ainda não conheço a escrita da autora. Fiquei bem intrigada com o que aconteceu na vida da personagem, parece ser algo terrível, que mexe com o leitor e suas emoções e recuperar a memória parece ser algo doloroso para ela. Os personagens parecem nos conquistar.

    ResponderExcluir
  6. Que livro!!!!
    Está na lista de desejados e acho impossível não se apaixonar pela escrita da autora, estava louca para conferir a uma resenha desse livro e o resultado foi o melhor esperado, espero poder ler em breve também e conhecer essa historia emocionante.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  7. Dé!
    Gosto demais da Lucinda Riley, é uma das minhas autoras favoritas, ela sabe como escrever uma história envolvente.
    Sempre mistura o passado e traz para o presente, e no final, tudo fica claro e tudo está interligado, é uma leitura aprazível.
    Quero ler logo que conseguir.
    “Uma pergunta prudente é metade da sabedoria.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Estava esperando a resenha desse livro. Com essa, é a certeza que eu vou ler rsrs Amo histórias bem construídas e com personagens incríveis *----* nunca estou preparada para esse livros arrebatadores, mas quando sei da existência não penso mais em nada! Adorei!

    ResponderExcluir
  9. Estou muito curiosa para ler este livro da Lucinda Riley. A autora tem uma forma encantadora de nós levar para o passado de cada personagem. O livro já está em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  10. É disso que estou precisando, de uma leitura que ''me arrebate'' num piscar de olhos. Depois que li essa frase confesso que não li o resto mais, pois me interessei pra valer no livro que quero muito ler (ñ li para ñ ler spoilers). OBRIGADISSIMA PELA DICAA

    ResponderExcluir
  11. Ainda não conhecia o livro, mas a tua resenha me encanto e sim ele já está na minha lista, o forma como o autor vai juntando as pecinhas de um quebra-cabeça fazendo com que aos poucos ele vá formando um história em cada pedacinho daquele faça sentindo. Um mulher que está descobrindo seu passado aos poucos e desvendando os seus mistério, já quero conferir.

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.