Fraude Legítima - E. Lockhart

Jule West Williams é uma garota capaz de se adaptar a qualquer lugar ou situação. Imogen Sokoloff é uma herdeira milionária fugindo de suas responsabilidades. Além do fato de serem órfãs, as duas garotas têm pouco em comum, mas isso não as impede de desenvolver uma amizade intensa quando se reencontram anos depois de terem se conhecido no colégio. Elas passam os dias em meio a luxo e privilégios, até que uma série de eventos estranhos começa a tomar curso, culminando no trágico suicídio de Imogen e forçando Jule a descobrir como viver sem sua melhor amiga. Mas, talvez, as histórias das duas garotas tenham se unido de maneira inexorável — e seja tarde demais para voltar atrás.
LOCKHART, E. Fraude Legítima. Editora Seguinte, 2017. 273 p.


Quando vi esse lançamento, logo me interessei, pois já li outros dois livros da autora e gostei bastante. Com esse não foi diferente, gostei demais do que encontrei nas páginas e me surpreendi mais uma vez com sua obra. 

Logo de cara nos deparamos com Jule, uma jovem misteriosa que está hospedada em um hotel no México. Bem nesse comecinho já dá pra saber que tem algo errado, pois ao se apresentar para uma hóspede, a jovem usa o nome de Imogen, sua melhor amiga que cometeu suicídio há pouco tempo atrás. Com isso, podemos perceber que ela está fugindo de algo. Mas porquê?  O que a levou a tomar essa atitude? 

As duas garotas tiveram problemas na infância. Imogen foi adotada e Jule teve seus pais assassinados, isso foi um dos motivos pelo qual as duas se sentiam tão ligadas. Também percebemos que logo no começo do livro Jule quer fazer as mesmas coisas que Imogen, usar as mesmas roupas que a amiga... Será que ela ainda não superou a perda?

“Não tinha mais certeza de onde traçar a linha entre elas. Jule usava perfume de jasmim como Imogen, falava como Imogen, amava os livros que Imogen amava. Aquelas coisas eram verdadeiras. Jule era órfã como Immie, uma pessoa que se inventou sozinha, como um pássaro Misterioso. Havia tanto de Imogen em Jule, e tanto de Jule em Imogen.”

O livro é escrito de trás para frente, é isso mesmo! Começa do capítulo dezoito e vai voltando, até chegar ao capítulo um. No final, nos deparamos com o 19º capítulo, que seria um epílogo da história. No começo achei um pouco confusa esse tipo de escrita, mas fui me adaptando, prestando bastante atenção e concluí que seria bem interessante. A cada página ia mergulhando mais e mais na história, que me intrigou a cada acontecimento. A autora vai brincando com o leitor, nos fazendo deduzir várias coisas, mas ao ler os capítulos seguintes vamos vendo que não era nada daquilo que estávamos imaginando, era algo muito melhor.


Ao decorrer das páginas vamos entendendo a relação de Jule e Imogen e os motivos que as levaram a tomar certas decisões. Não vou poder descrever muito sobre a personalidade das duas para não acabar com os mistérios, mas digo que Imogen é muito mimada e acha que o mundo gira ao seu redor e Jule é calculista e esconde muitas coisas. 

Em livros assim, tenho mania de tentar adivinhar o final, e nesse caso, não era nada do que imaginei no começo. A cada capitulo eu era surpreendida e o que achava no capítulo anterior já não fazia mais sentido. Por isso, tratei de correr com a leitura, para saber logo o final.

O final (que na verdade é o começo) me deixou chocada e pensando em como uma coisa levou a outra, como as ações de uma personagem ia se baseando nas atitudes da outra. É só uma pena que o livro seja tão curtinho, desejei ter mais detalhes do passado das duas, para entender melhor algumas coisas. Indico a leitura para todos, mas prestem bastante atenção, porque a escrita atemporal pode dar um nó na cabeça!
Thuanne Souza
Thuanne Souza

Paulista, 22 anos, assistente administrativa e estudante de Farmácia ❤ Sempre tentando ser alguém melhor e seguindo o lema “levo a vida devagar pra não faltar amor”. Apaixonada por músicas (principalmente as nacionais) e livros. Aprendendo a gostar de outros gêneros, além dos romances clichês.

14 comentários:

  1. Quando li a primeira resenha deste livro fiquei me perguntando como começar um livro de trás para frente..rs
    Minha mãe faz isso quando resolve ler(apesar de hoje em dia quase não pegar em um livro pois a visão não ajuda).
    Mas tudo que li sobre este livro foi muito positivo e com certeza, bem além do que se vê na capa ou sinopse.
    Quero muito ler e o livro já está na lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oiie!
    Eu já tô babando nesse livro, li algumas resenhas negativas sobre ele que me deixou com o pé atrás sabe, mas ainda bem que sou insistente e pretendo mto conhecer a escrita, que parece boa sim...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Curiosa com esse livro, adoro mistério e esse é intrigante, fique me questionando enquanto lia a resenha. Adoro quando o desenrolar da trama não é o que espero, desde que seja de uma forma que agrada e surpreenda rs. Essa leitura parece ser daqueles viciante que só consegue parar quando se descobre o que aconteceu.Só achei estranho já começar pelo fim rs.

    ResponderExcluir
  4. Oii
    Depois de ler "Mentirosos" da autora claro que fiquei mega curiosa por esse, principalmente achando a história dos dois geniais.
    Acho esse estilo de começar a contar a história pelo - quase - fim maravilhoso, pode até confundir o leitor um pouco, mas deixa tudo interessante porque desperta curiosidade.
    O enredo desse é incrível, difícil escrever personagens que parecem tão cruéis, a ponto de causar empatia no leitor.
    Espero me surpreender também!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Thuanne.
    Eu li Mentirosos da autora e gostei bastante da escrita e como a autora cria a trama.
    Estou bastante curiosa e animada para ler Fraude Legítima. Adorei saber que a narrativa é regressiva começando pelo final e terminando com o início, mais um epílogo. Deve ser bem surpreendente e espero criar várias teorias e que serão destruídas depois rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Tudo nesse livro me chama a atenção, sua proposta de texto e sua forma de escrita me chamaram demais a atenção. Além de ter todo este mistério em relação aos protagonista, nunca li nada que começasse com o final!! E ainda não tive a oportunidade de ler nada da autora, então o livro já esta na minha lista de desejados e espero poder desvendar esse mistério em breve.

    ResponderExcluir
  7. Thuanne!
    Já gostei de ver que o livro não é mais do mesmo e a trama é bem intrigada, nos instigando a leitura.
    Personagens com habilidades e caráter duvidosos é intrigante.
    Muito bom ver mais um livro que cria anti heroínas, deve ser cheio de ação.
    É a primeira vez que vejo um livro começar do final para o começo, e por ser diferente, deve mesmo causar estranhamento, mas no mundo literário, gosto quando há inovação.
    “Acredite na justiça, mas não a que emana dos demais e sim na tua própria.” (Código Samurai)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  8. Olá! Primeira resenha que vejo desse livro, nunca li um livro que é escrito de trás para frente, fiquei bastante curiosa em conferi essa história, parece ser bem interessante.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Eu li Mentirosos e quando soube desse livro da autora fiquei doida para ler.
    Eu não sabia que o livro era narrado desse jeito, voltando no tempo, e mal posso esperar para lê-lo, para entender e tentar adivinhar o que acontece.

    ResponderExcluir
  10. Sempre me preocupei com a narrativa a temporal dessa trama, com receio de que tudo ficasse confuso porém percebo que isto da um ar de mistério durante a leitura, na qual a cada capítulo somos surpreendidos com uma novidade, que faz com que todas as outras não faça sentido. A autora sabe muito bem escrever um livro bem construído, e desenvolvido, capaz de prender o leitor a leitura. Pela sua descrição e possível notar que a leitura foi bastante agradável, deixando um gostinho de quero mais.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Thuanne!
    Lockhart é realmente bastante conhecida e o seu livro novo não tem como passar despercebido. Aliás já não teria como uma capa linda dessas, amei muito a capa! Em relação a história acho divertido essas histórias invertidas que dão aquele nó se a gente não ler cuidadosamente rsrs
    Gostei da sinopse e adorei a resenha, já estou até adicionando na minha lista dos favoritos rsrs
    Espero ler ainda esse ano e comprar o físico só pra ter essa capa maravilhosa!

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Já tinha visto este livro em algum lugar, mas nunca li nenhuma resenha sobre ele e n sabia do que se tratava, mas pelo que você falou o livro parece ser bem interessante, com mistério e tudo mais, e achei muito legal o fato de o livro ser de trás para frente, somente tinha visto isso em alguns mangás, fiquei muito curiosa em relação ao suicidio de Imogen e sobre todas as coisas que Jule esconde. Com certeza é uma leitura que vai me agradar bastante!!

    ResponderExcluir
  13. Já li Mentirosos e gostei. Quando vi a sinopse de Fraude Legítima fiquei interessada. Um livro que é escrito de trás para frente é no mínimo diferente. O livro é curtinho e imagino que com a curiosidade que ele causa dá pra ler bem rapidinho. Apesar disso é um livro que é preciso prestar atenção pra não se perder. Parece ter bastante mistério, como por exemplo porque a Jule está agindo assim? Porque a Imogen (que nome diferente) cometeu suicídio? Espero ler o livro em breve e descobrir as respostas.

    ResponderExcluir
  14. Thuanne, eu comecei a ler, mas não tava entendendo nada, parei kkkk
    Gostei muito da sua resenha, deu pra entender mais agora as atitudes da Jule.
    Vou voltar a lê-lo então!
    bjss

    ResponderExcluir

Agradeço muito sua visita e peço que participe do blog, deixando um recadinho. Opiniões, idéias, sugestões, são muito importantes para fazer o blog cada vez melhor!
Assim que possível, retribuirei a visita.

Beijos, Julia G.